segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Até ano que vem!

Para todos, feliz ano novo. Além de esperar, vamos construí-lo.
"Hasta la victoria, siempre"

Trolhadas Culturais

Toda semana, escolheremos uma forma de expressão cultural, e se possível, todos os dias, postaremos títulos que recomendamos.
Contamos também com sugestões.

Mas veja bem, hein, é só recomendação, nada mais!

Essa semana acolheremos a literatura, de língua pátria e internacional. Detalhe, os livros, CDs, DVDs estarão armazenados, tanto nos posts, quanto nas seções:

Títulos:
1-Breviário de decomposição (Cioran-Ed.Rocco)
2-Memórias de minhas putas tristes (Gabriel García Márquez-Ed.Record)
3-Mentes Inquietas(Ana Beatriz B.Silva-Ed. Gente)
4-Elite da Tropa(Luiz Eduardo Soares, André Batista e Rodrigo Pimentel-Ed.Objetiva)

domingo, 30 de dezembro de 2007

TROLHADINHAS

As TROLHADINHAS são perguntinhas imbecis, mas que ninguém responde:
1- Se a velocidade máxima é 110km/h ou 80km/h por que os carros vêm com motores que alcançam 220km/h?
2-Se beber e dirigir não combinam, por que uma marca de cerveja patrocina o GP de F-1?
3-Se um trio elétrico montado custa cerca de 600.000 reais, por que alugar um a 1.400.000,00?
4-A imprensa fiscaliza tudo, e quem fiscaliza a imprensa?
5-Os deputados e senadores são eleitos. Os prefeitos, governadores e presidente são eleitos. Por que os ministros do STF são indicados?

Rede Virtual de Resistência

Por aqui todos já sabem. Temos um lado (o democrático), uma escolha. Mas isso não está disfarçado em notícia. Concorde, discorde, debata e proponha, ou se não quiser, tudo bem. "Faça o que tu queres, pois é tudo da Lei".
Ontem, em uma conversa com outro blogueiro, surgiu a idéia de lançarmos eventos reais, a partir de mobilização virtual. Agir em rede, como os "donos do poder" fazem.
Depois do carnaval amadureceremos a idéia do 1º Encontro de Escambo Cultural. Um dia de debates sobre cultura e politica cultural, e de troca de Cds, DVDs, Livros, Fotos, e etc.
Fica a idéia de fazer, se possível, no CEFET. Os outros encontros seriam no entorno da cidade, quem sabe, nas comunidades...
Vão pensando, e depois a gente conversa....

TROLHADA DA SEMANA

Com atraso de um dia, pois a semana terminou ontem, postamos a seção "TROLHADA DA SEMANA".
Esse espaço se dedica a destacar o fato da semana que expõe nossa incrível capacidade gerencial do governo municipal, estadual ou federal. A escorregada também pode ser em outras áreas de interesse.

Essa semana, a equipe da redação da TRolHa ,por unamidade , resolveu destacar a "feliz" idéia da Secretária de "Promoção pessoal" de juntar milhares de pessoas sob o sol para receber o vale-alimentação. O episódio foi (in)digno das maiores "trolhadas" que a população levou até agora. Com direito a censura de notícia no site da PMCG (pago por você contribuinte), operação abafa, com as críticas "dormidas" do Secretário da Comunicação (?), e por fim, uma entrevista elucidativa com o Alcaide.
Valha-nos Nossa Senhora da Perna Grossa.

Cavalo de Tróia.

Deu na Folha da Manhã:

Apartamentos populares entregues pelo Alcaide não têm água ou luz.
Por fora bela viola, por dentro pão bolorento.
Com a palavra a EMHAB, e os ex-companheiros do ex-PT que durante a semana incensaram a Aliança(?), e o trabalho(?) dos ex-petistas no Governo.

Dois pesos e duas medidas

Flashes da imprensa nacional:

Caso 1
-Infraero. Caos Aéreo. Meses de cobertura, filas, entrevistas, vídeos amadores, quebra-pau, quebra empresa, etc, etc,. Demissão de ministros, responsabilização do Presidente.
-Incêndio no HC. Governador Serra diz que o HC tem autonomia orçamentária, portanto, a culpa, se assim ficar provada, é dos gestores daquela unidade de saúde.
Perguntas: A Infraero tem autonomia orçamentária, mas o raciocínio da mídia parece diferente, não? Investigar para apurar a culpa parece o mais racional, não?

Caso 2
-Pará. Menina de 15 anos violentada por semanas em cela masculina em Delegacia. Governo do Estado convocado em Brasília. Força tarefa dos direitos humanos no Pará. Barbárie, todos os analistas convergem em entrevistas e editoriais. Justificadíssimo, aliás.
-Semana de Natal. PM invade casa e mata um menor durante sessão de "interrogatório". Causa mortis: IML diz fibrilação ventricular, no popular: parou o reloginho(coração) por causa dos choques elétricos que levou na "entrevista pró-ativa" (Manual da CIA, Guantánamo, Cuba). Governador indenizará a mãe. PMs presos. Mais nada, nem uma comissão de deputados, nem uma audiênciazinha pública no Congresso. Economia total.

Para encerrar: Durante o feriado de Natal, presos de 50 unidades se recusaram a entrar nas celas, e só o fizeram quendo quiseram, ao final do dia. Sincronia e demonstração de poder do PCC. Imprensa silencia.

sábado, 29 de dezembro de 2007

Feliz ano velho

Pois é meus caros, mais um ano foi embora...e parece que só mesmo o costume que temos de acreditar que tudo vai ser diferente nos salvará. É hora de começar as dietas, maneirar na "birita", enfim, refletir sobre a vida e os deasfios que estão postos.
No plano regional, o ano de 2008 promete. Eleições que trarão o mesmo bang-bang de sempre, e muito, muiiito pouca discussão sobre os problemas e perspectivas para transformar a maldição dos petro-royltaies em motivo de orgulho. Pelo que assistimos até agora, vei ser pedreira.
A conjuntura nacional, muito embora os indicadores nos tragam motivos para satisfação, é preciso cautela.
Explico: Andei por alguns blogs de economistas, e dos comentários por lá pude perceber que há uma queda de braço enorme no dito mercado e nos bastidores do Governo. A taxa de juros pode voltar a subir para:
1-Conter o surto inflacionário enxergado por alguns setores;
2-Aumentar a poupança externa em moeda forte, com a entrada de dólares que procuram taxas atrativas;
3-Evitar uma "trolhada" cambial, que de acordo com alguns está na porta, pois os países do G8 vão recolher seus recursos para tapar o rombo da crise na economia do Tio Sã(tanás).
É esperar para ver, e torcer que alegria de pobre não dure tão pouco!

Lançamento

É isso aí, meus caros amigos, depois de infernizar os blogs dos companheiros, O xacal virou vidraça.
A partir de hoje, inauguramos mais um espaço democrático nessa guerra de guerrilhas virtual. Sejam bem-vindos.