sábado, 26 de janeiro de 2008

Fórum Mundial Social...Rede de Resistência Virtual...

Inspirado pela cobertura do blog do Dom Roberto, a TRolHa segue na trincheira da informação, para "preencher" a "lacuna" deixada pela mídia tradicional, que ignorou, solemente, com raríssimas exceções, o Fórum Mundial Social... Esse ano o Fórum foi pulverizado, e acontece em várias cidades, dentre elas a capital carioca (veja as fotos no http://www.robertomoraes.blogspot.com/).
Por incrível coincidência, a TV Brasil às 19 horas exibiu um documentário ( programa DOC TV, sábados, 19h) da TV PUC, chamado KOLASSUYO...Rodado em La Paz, e na região mineradora Cerro Rico de Potosí, expõe com uma crueza impressionante o processo de transição sangrenta do poder das elites, representantes das transnacionais estadunidenses e inglesas, para a população indígena e mineiros, além do outros movimentos sociais...O documentário se divide na questão mineradora, exploração da prata e na questão dos hidrocarbonetos (reservas de gás bolivianas).
Utiliza imagens de outro documentário, LO FUSIL, LA METRALLA, EL PUEBLO NON SE CÁLLA...
Aterrorizante assistir as tropas da época, 2003, atirar com metralhadoras .50, a esmo, para reprimir a manifstação popular contra o "IMPUESTAZO", medida adotada pelo presidente GONÇALO SÁNCHEZ LOZADA, EL GÓNI, para tapar o rombo nas contas públicas, tudo receitado pelo FMI, e "pilotado" in loco pelo embaixador dos EEUU...Cada soldado recebia U$ 100,00 dos EEUU...O triste episódio é conhecido como "Febrero Negro".
Diante das atrocidades e do sofrimento daquele pueblo não dá para continuar a fezer coro com a classe mé(r)dia que urra pelo gás nos tanques de seus bólidos...
O Brasil não pode substituir o EEUU nesse triste papel de "vampirizar" economias como a da Bolívia...
Não existe contrato, diplomacia, enfim, nada que justifique as imagens dos documentários...
Como dizem os bolivianos, não se vende gás com sangue...
Tudo isso há menos de 05 anos atrás...Para quem gosta de dizer que o "mundo" mudou...
Benção Brecht, benção George Orwell, benção Milton Santos...

Nenhum comentário: