terça-feira, 1 de janeiro de 2008

Nota triste.

O ano começa com uma nota triste. Foi sepultado hoje um dos maiores intelectuais de nossa terra. Delimitar seu campo de atuação seria injustiça, mas podemos afirmar sem medo, que Waldir de Carvalho era um homem das letras. Mais uma baixa nessa terra que enriquece (e apodrece) o "corpo", mas empobrece, cada vez mais, a sua "alma". Nossa responsabilidade é não deixar "partir" com Waldir de Carvalho o legado que ele nos deixou.

Um comentário:

FÁBIO SIQUEIRA disse...

Salve Xacal, meu editor-chefe preferido!
Por incrível que pareça, depois de nosso último encontro, só hoje estou tendo acesso à rede. Esse hiato se relaciona a essa "nota triste" na medida em que estive justamente desfrutando da hospitalidade de Walnize e Gustavo em Farol por alguns dias, logo, vivi ao lado da família a dor da perda e um certo alento pelo fim do sofrimento imposto ao grande Waldir Carvalho pela enfermidade que o vitimou nos últimosa anos. Depois disso, dediquei dois dias de atenção "full time" a meus rebentos. Como ainda não encontrei patrocínio para meu lap, só hoje pude acessar essa nova Tribuna virtual.
Saúdo "A TroLha" e manifesto compromisso com nossa rede virtual de resistência. Vou acessar meu ocupadíssimo double de colaborador operacional do "Comentários" e coordenador de comunicação de um importante Emirado da região para colocar um link desta "TroLha" em nosso modesto blog.
Abs,
Fábio Siqueira.