quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Declare seu amor a Campos dos G.. Vote nulo...

Já dissemos aqui, em outro post que mantido o cenário com as opções eleitorais que se apresentam, não há outra possibilidade senão anular o voto...
O resultado de nossa enquete demonstra um nível alto de pessoas que concordam...A metade exata dos pesquisados, o que é um índice alto...
Nesse atual contexto, em Campos dos G., anular o voto não é um gesto despolitizado como querem alguns...É antes de mais nada, um grito de SOCORRO....
Os campistas estão ABANDONADOS à própria sorte, e ao "apetite" voraz de duas oligarquias políticas, a do Napoleão da Lapa e a do Jaleco branco...
Tiveram a chance, pelo menos dois mandatos cada uma, para demonstrar algo que se aproveitasse...
Essa não é uma queixa moralista, daquela bem ao gosto do demo-tucanato...
Mas o problema é quando "ganhar" eleições torna-se um fim em si mesmo...quando montar uma "máquina eleitoral" passa a ser a única preocupação dos gestores...Antes, em um passado não muito distante, perto das eleições, surgiam projetos e obras que chamavam de eleitoreiras...Hoje nem isso...Ficou apenas o pior tipo de clientelismo, disseminado em todas as camadas sociais...
Hoje, em Campos dos G. quem seria capaz de determinar, ou distingüir, os projetos políticos das duas facções que disputam o poder...?
Qual o modelo de desenvolvimento que apresentam, ou melhor, que executaram ao longo desses longos anos de "dinastia"...?
Lembre algum projeto, algum feito que tenha marcado definitivamente Campos dos G., que tenha mudado a lógica perversa do desperdício de recursos, da incapacidade de planejar e prever situações advsersas, da universalização dos serviços e recursos, da transparência...Você lembra de algum...?
Quando alguém lhe perguntar qual foi a marca, o grande símbolo das administrações desse pessoal, criadores e criaturas, qual será a resposta...?
O Governo Lula por exemplo, dependendo do interlocutor pode ser definido pelo mensalão, pelo apagão aéreo, etc. Mas pode ser lembrado como o governo da maior distribuição de renda até então, da boa gestão financeira, da geração de empregos, etc.
Agora, e em Campos dos G. pare... e pense em uma palavra que simbolize o atual governo...Para não ser leviano diria: DESPERDÍCIO.
Os seus defensores (ou cúmplices) dirão, talvez...Paz...Sim, mas e daí...? O Haiti também está em paz, mas sua situação por lá continua insuportável...
Nós, campistas, sabemos bem o "preço" dessa PAX XANDINISTA...
Seria essa PAX uma convergência a um projeto, aos interesses coletivos e republicanos...?
Ou será mera adesão a quem tem a "chave do cofre"...uma cooptação que varre para baixo do tapete uma disputa surda e, nem sempre leal...?
Qual será o preço da paz entre o prefeito e o ex-prefeito...?
Qual será o preço da paz na Câmara dos Vereadores...?
Enfim...
Quem irá nos socorrer agora...?

Nenhum comentário: