quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

SFI...o diabo mora nos detalhes...

Já citamos a frase em outro post, mas analisando os arquivos em nosso link com as forças públicas de segurança, através de nossos repórteres Mariel Mariscot, Sivuca e Inspetor Closeau, descobrimos uma ocorrência que ilustra bem o momento de SFI, agravado pelos festejos de MOMO...
Nesse caso, uma agressão a socos, sem maiores conseqüências, estão reunidos todos os elementos que contribuirão para que aconteçam crimes de maior envergadura...e "trolha" no contribuinte...
Vamos aos fatos:
"Na madrugada de segunda-feira para terça-feira gorda, um motorista de ambulância da rede municipal foi covarde e violentamente, agredido por um pedestre em Santa Clara, que de acordo com ele poderia ser um dos "seguranças" responsável pelo deslocamento de um trio elétrico de um(A) candidato(A) a prefeitura local...A agressão se deu por disputa de espaço na via pública, onde o "brucutu" inverteu a lógica das prioridades de veículos e mandou a ambulância "se virar", que naquela hora o trio ia passar...
Sem ironias, é justamente para isso é que existe o Estado, porque nesse caso, a agressão (a "trolhada") teria nome, matrícula, posto e lotação...Agora no caso do funcionário privado, foi tudo pela privada...ninguém sabe, ninguém viu...
Nesse episódio, triste episódio, de violência...obtusidade e "jumentice aguda" , a ausência do Estado, quer na organização dos foliões e do tráfego, quer na proteção aos servidores de emergência, contra os mais exaltados...ou ainda policiamento ostensivo preventivo encoraja a valentia, e faz valer a lei do mais forte...
Enfim, para fechar com chave de ouro, o agredido com um soco no olho assim que se livrou do agressor chamou a polícia militar que não tinha viaturas para se deslocar ao local, pois as outras estavam ocupadas em outras ocorrências...Uma beleza de planejamento...
Não admira o índice dos crimes no período em SFI, foi até pouco...acreditem."

Reportagem de Mariel Mariscot:repórter-policial ou policial-repórter da TRolHA

Nenhum comentário: