segunda-feira, 31 de março de 2008

Da série..."POETADAS DA TROLHA"...Bilhete de ida...

Agora não importa,
Não sou natureza morta,
Essa navalha ainda corta.

Podes abrir a porta,
Leva tua vida torta,
Para o lugar onde a comporta,
Para os braços de quem a suporta.

Nenhum comentário: