quinta-feira, 20 de março de 2008

O incêndio do REICHSTAG....

Durante a caminhada de Adolph Hitler ao poder, tornou-se comum uma prática engenhosa de confusão da opinião pública naquele regime...
Como a Alemanha vivia uma efervescência institucional, com o enfraquecimento das instâncias democráticas, o Führer achou por bem "apressar" as etapas...
Atos de vandalismo, cuidadosamente provocados, eram atribuídos à esquerda, única força política, então, capaz de frustrar os planos dos SA, braço miliciano do Partido Nacional Socialista...
Com o incêndio do parlamento alemão, REICHSTAG, a direita nazista teve o argumento que precisava para arregimentar a amendrontada Alemanha, e por que não a Europa, na luta contra o avanço de regimes simpáticos a Moscou...
Não há indícios que sustentem uma ação parecida em Campos dos G., mas quem seria idiota de invadir um ambiente filmado, sem desligar o sistema, ou danificá-lo, já que a tese dos "especialistas" defende que houve uma "facilitação"...?
Se era para "destruir provas", bastava um saquinho de batatas "RUFFLES", com material laminado, colocado dentro de uma caixa de interruptor...curto-circuito certo, sem rastros...Qualquer filmereco B de Hollywood já ensinou... Ou aquela série CSI...
Outro detalhe, e o diabo mora nos detalhes....
Quem pratica ações desse tipo ficaria cerca de cinco horas no recinto...?
Só se não soubesse o que procurava, o que mais uma vez não combina com a possibilidade dos invasores estarem a serviço de quem lá já trabalhou...
Por outro lado, diante dos "rastros paquidérmicos" deixados pelo ALLKAYDE e sua "tchurma"nos outros setores da PMCG, não há de se afastar nenhuma hipótese...
Fico com duas menos prováveis:
1-Um recado para dizer que estão dispostos a tudo;
2-Uma ação diversionista para causar espécie e desviar a atenção da falta de competência do improvisado governo provisório...
O que podemos dizer, sem dúvida, é:
Qualquer que seja a origem de tais eventos, Campos dos G. parece que tornou-se uma Chicago dos anos 20, ou território siciliano...
Vão encontrar os "culpados" quando descobrirem os "autores da sabotagem" da carruagem de prata do ALLKAYDE...

Intervenção já...

Nenhum representante ou força política dessa cidade conseguirá estabelecer um consenso mínimo para recuperar o tecido esfarrapado da normalidade democrática...

2 comentários:

Anônimo disse...

Concordo com vc. O que aconteceu na SMEC tende para as suas duas linhas de raciocínio. Para alguns, quanto pior, melhor.
E o despreparo na cena do "crime", segundo eu soube, foi totalmente primário. Jornalistas, curiosos, as "novas autoridades" municipais, enfim... coisa de criança.
E salve Al Capone!

Boa Páscoa!

xacal disse...

Ana Karla...
Obrigado por postar..
Chicago é aqui...e não temos os "Intocáveis"....

Bom feriado...