domingo, 23 de março de 2008

Os replicantes...

Como no filme de Ridley Scott, Blade Runner, o caçador de andróides, existe no cenário político campista uma espécie rara de seres que falam como humanos, andam, comem, sorriem, etc, mas são cópias...
E como tais, não lhes foi dada a permissão para pensamentos autônomos...foram programados para servir a um espécie de Poder Central, que determina seus passos e suas atitudes...
De acordo com a sofisticação do modelo, parecem mais ou menos cultos, ou ainda, se destinam a tarefas mais ou menos gloriosas...
Alguns se rebelam, e imaginam poder pensar por si mesmos, mas sempre se remetem a uma força dominadora superior...um programador...
Os modelos av-lyn-os tem um lustre de inteligência, mas apresentam um defeito de série grave, são repetitivos e sem qualquer carisma...
Há o modelo telettubbie, que hoje serve na secretaria de educação...engraçadinho, meigo, mas incapaz de distingüir um número de uma letra...
O modelo Su 987 lediw é um gerenciador, organizador e transmissor de comandos...defeito:não tem visão periférica...
O modelo RH 786 Falcon é um andróide relações públicas...Detém algum carisma e capacidade oratória, mas seu programa já está obsoleto e sus retórica já não convence ninguém...
Mas todos esses replicantes têm em comum uma fidelidade canina, que Laerte, o cartunista expressou em seu personagem Fagundes, o puxa-saco.

3 comentários:

Anônimo disse...

Quem faz as vezes de Deckard?

xacal disse...

A modéstia me impede de dizer..heh,heh,heh...

xacal disse...

E não se esqueça que le também era um deles..um replicante...