terça-feira, 22 de abril de 2008

A autópsia do Editorial da Folha, e seus efeitos...

No dia 20 de abril último a Folha da Manhã publicou um editorial denominado "Chance única"...
A TRolHA no intuito de interpretar os sinais ali contidos realizou o que chamamos de autópsia do editorial, e pedaço por pedaço expusemos nossas opiniões sobre o que foi dito pela Folha...
Nosso texto se chamou "Chance perdida" e contou com boa repercussão aqui e em outros espaços...

Há muito tempo falamos nas possibilidades oferecidas pelos blogs, principalmente na sua capacidade de permitir uma interação democrática, onde idéias e opiniões circulam livremente....
Lógico, existem blogs feitos apenas para tecer loas aos seus permissionários, e não publicam nada que não lhe sejam elogios...
Esses espaços minguam e definham sem o elemento fundamental que dá vida a esse tipo de manifestação virtual, a polêmica...

Voltemos ao editorial, e os efeitos de nossa análise...
Uma nota hoje da coluna Ponto Final dá um sinal claro de que a Folha acusou o golpe...

Virou manchete A manchete da Folha da Manhã de domingo, “Prefeito 2 X 0 Campos”, foi elogiada nos meios jornalísticos do Rio de Janeiro e São Paulo. Sobre ela é bom esclarecer que não é uma relação direta com as pessoas físicas de Alexandre Mocaiber e de Roberto Henriques. A manchete ilustra o tempo em que o município perde com todo esse tipo de guerra política, coisa que tem origem recente com a entrada em cena da política profissional.

Aqui uma tentativa de respirar credibilidade...e legitimar suas opções editorialísticas...
A tentativa de inflexão a uma neutralidade denuncia que prevalecerão naquele jornal os interesses escamoteados pelo viés noticioso....

Nenhum comentário: