sábado, 31 de maio de 2008

Garotinho ao vivo (meio morto, meio vivo)...!

Em uma das rádios de seu grupo de comunicação, garotinho napoleão exerce seu direito de defesa...
Os argumentos fracos e questionáveis tentam criar uma nova teoria conspiratória....
Nega a prática de ilícitos, mas não explica o trecho divulgado de sua conversa com álvaro lins sobre a troca de delegados...
O suposto pedido da FIRJAN já foi desmentido...
O ex-governador não explica como seu interlocutor na gravação fala em retaliação por suposta denúncia do esquema junto a corregedoria...
Também não é explicado como Marcelo Itagiba, então secretário de segurança, remete um ofício a governadora rosinha sobre as suspeitas que pairavam sobre o chefe de polícia...
Nenhuma providência...
O napô reclama da edição do trecho das gravações, mas faz o mesmo com a fala do procurador da república que afirma não haver provas de beneficiamento pecuniário (patrimonial) do napô...
Mas o crime se consuma não apenas com vantagens financeiras e sim com toda vantagem ou prevalência de quaisquer interesses, inclusive políticas...


Vamos republicar o trecho do jornal O Dia...


Ligação entre álvaro e garotinho...

Álvaro: Governador, é Álvaro.

Garotinho: Tudo bem, o que manda?

Álvaro: Aquele negócio da Meio Ambiente tá dando problema, tem que resolver logo, fala com a governadora (Rosinha) e manda o Precioso (ex-secretário de Segurança) trocar. Está dando m..

Garotinho: Mas eu já mandei trocar, ela e a Fazendária (delegacia).

Álvaro: E a 90ª DP (Volta Redonda), que é pedido do meu sogro, o vereador, lembra?

Garotinho: Tá. Eu já falei e vou querer saber por que não foi feito ainda.

Álvaro: O garoto que está lá ameaçou denunciar.

Essa ligação é feita pelo ex-chefe de polícia logo após o telefonema entre ricardo hallak e álvaro lins sobre métodos nada ortodoxos de gestão e arrecadação de recursos para o "chefe" através de chantagens, transferências e retaliações...!

Agora o garotinho napô fala que a armadilha política é idealizada por gente "grande"...!

A pergunta: quem iria se preocupar com um político que disputa 300 mil votos na província da planície, e atualmente bate boca com neinha e bacellar...?


Nenhum comentário: