sexta-feira, 30 de maio de 2008

Só falta o galinho garnizé da lapa...

Os presos pela operação "segurança s/a" devem ter inimigos poderosos também na redação do Dia...
Essa é uma das matérias com link na página eletrônica do jornal O Dia...

Lins, Hallak e Francis Bullos estão em cela conhecida com 'galinheiro'
Bartolomeu Brito
Rio - O deputado estadual e ex-chefe de Polícia Civil do Rio, Álvaro Lins; o policial Ricardo Hallak; e o atual sogro de Álvaro, Francis Bullos, que é vereador em Barra Mansa, passaram a noite em uma cela conhecida com "galinheiro", na Superintendência da Polícia Federal no Rio.
O local de seis metros quadrados tem apenas colchonetes e cadeiras. Para ir ao banheiro, que fica é área externa, os presos precisam tocar um campanhia e um agente os acompanha. Eles acordaram por volta das 7h e pediram que o café da manhã fosse comprado, com recursos próprios, em uma padaria próxima. Eles lancharam sanduíches, café e sucos. A cela é monitorada por câmeras 24 horas.
Eles foram presos nesta quinta-feira na operação da Polícia Federal chamada Segurança Pública S/A. Os três devem ser transferidos nesta sexta-feira. Um opção seria o presídio de Bangu 6, no Complexo Penitenciário de Gericinó, mas lá estão outros policiais que foram presos por eles.

Nenhum comentário: