segunda-feira, 7 de julho de 2008

Cabral, de ursinho puff a pinóquio...

O (des)governador que queria ser embaixador, cabralzinho, o ursinho puff, deu entrevista ontem na Band, às 23 horas...
Não perdi meu tempo, nem meu sono...Mas o blogueiro Cláudio Andrade sim...
Seu blog, www.blogclaudioandrade.blogspot.com/ traz um post sobre a parte da entrevista que o (des)governador fala que na sua gestão não há relação promíscua entre políticos e policiais...

Foi promovido a pinóquio nosso (des)governador: cara de pau e mentiroso...

Enquanto permanecerem as "punições geográficas" para delegados, policiais civis, comandantes e policiais militares, estarão intactas as estruturas que tornam a polícia refém do humor dos chefes políticos locais...

Para quem não sabe, "punição geográfica" é a forma que os secretários, governadores e outros políticos utilizam para afastar para bem longe policiais que contrariem seus interesses...

Outro aspecto é a desvalorização profissional e a falta de uma política de segurança pública, que torna os policiais meros capitães do mato...

Baixos salários não justificam corrupção e desvios de conduta, mas pense: se o servidor pode descumprir a lei para atender afilhados políticos, por que não fazer em causa própria???

cabralzinho, o pinóquio: mentiroso e cara de pau...ninguém merece...!

Um comentário:

Maycon Bezerra de Almeida disse...

É isso aí Xacal, contra o governo Cabral, fortalecer a unidade na luta do funcionalismo estadual. Neste momento hiostórico o conjunto das entidades representativas dos servidores públicos - que, na prática, tem sido o último bastião de defesa dos serviços públicos de qualidade para a população - estão unificadas para lutar e exigir que o govbernador Sergio Malandro cumpra suas promessas de campanha. um abraço!

P.S: dia 13 é dia de paralisação geral dos servidores estaduais.