sexta-feira, 25 de julho de 2008

Telhado de porcelana...

O problema da ausência de um debate de propostas entre os candidatos demonstra o óbvio...
Absoluta falta do que falar, pois nossos "valorosos" candidatos, não detêm a mínima idéia de como gerir a cidade, e alguns deles já demonstraram isso nas desastrosas experiências que pontuam suas biografias...
Limitam-se a polir suas táticas eleitorais, em uma "gincana de popularidade", onde a forma vale muito mais que o conteúdo...
Outro ponto nevrálgico é a impossibilidade de reivindicar as suas candidaturas a autoridade moral e ética exigida pelo momento histórico que vivemos...Com receio se serem cobrados pelos seus atos, nossos concorrentes fogem das discussões que possam expor seus frágeis currículos ao arbítrio do eleitor...

Nenhum comentário: