sábado, 30 de agosto de 2008

A flor do fascio...

Segue a folha da manhã tentando justificar o injustificável...
Como pode um grupo de comunicação atacar a liberdade de expressão, que deveria ser a principal matéria-prima de sua atividade...?

O alijamento, a exclusão anti-democrática e fascista dos candidatos que apresentam índices inferiores a 5% na disputa eleitoral deveria ser apurado pelas autoridades judiciais, que, ultimamente, parecem tão "preocupados" com o equilíbrio da disputa...

Mais grave de tudo é que a pesquisa que balisa essa "escolha" é contratada pelo próprio grupo...Um acinte...!

Mesmo que consideremos a lisura da consulta, há um conflito de interesses que contamina o processo em sua gênese...

Por outro lado, essa mesma pesquisa relaciona um alto número de indecisos e abstêmios, na casa de 20%...

A restrição da participação dos outros concorrentes é um desrespeito aos eleitores desses, e mais além: é vedar clamoramente a possibilidade desses candidatos a disputarem os votos dos que não aderiram aos primeiros colocados...

O grupo de comunicação(???) parece que já definiu por Campos dos G. qual é o perfil dessa eleição, e sob o argumento nefasto de um suposto padrão "global" nacional de cobertura, curva-se aos seus interesses econômicos e políticos escusos e anti-populares...

Desabrocha entre as folhas das manhãs, a flor do fascio...

Nenhum comentário: