sexta-feira, 1 de agosto de 2008

A morte da eleição...

Dois dos principais jornais da cidade, a folha e o diário, representantes dos grupos que antagonizam a corrida eleitoral desse ano, arnaldo e rosinha, respectivamente, têm encontrado enorme dificuldade em fazer a cobertura política...

Quem faz uma leitura diária dos hebdomadários pode perceber uma repetição e superficialidade das matérias publicadas...

Em nossa opinião, há vários fatores que incidem sobre a situação, e dentre os principais estão:

O acirramento da disputa no período pré-convencional, e também a enxurrada de denúncias que se abateram sobre os dois personagens e seus grupos políticos provocou uma "overdose" que afastou o leitor/eleitor, tornando a corrida eleitoral monótona...

Outro aspecto é a postura parcial desses órgãos de imprensa que atinge em cheio a democracia e a liberdade de expressão, na medida que a credibilidade das notícias veiculadas estão sempre sob a suspeição de interesses inconfessáveis...

Com isso, os órgão de imprensa pisaram "no freio" e recuaram, pois afinal de contas ninguém gosta de perder dinheiro e leitores...Contribuiu também para essa autocensura, a possibilidade de medidas judiciais interpostas pelos departamentos jurídicos dos partidos...

Por outro lado, os candidatos selaram uma "paz armada", com intuito de evitar um desgaste tão profundo que abrisse espaço para uma candidatura outsider...

De seu lado, a justiça eleitoral redobrou a vigilância sobre o pleito, o que de certa forma "estrangulou" a espontaneidade das manifestações políticas...

O resultado da soma desses e outros ingredientes é desastroso:

Uma campanha pobre e sem debate sobre os temas que afligem a cidade, falas, discursos e táticas repetitivas e sem criatividade, condenando o eleitor a uma perigosa continuidade representativa...

O muda campos de garotinho napoleão/rosinha, junto com seus filhos bastardos, arnaldo e alexandre macabro, conseguiram "matar" a eleição na planície, e agora disputam tal qual abutres a carcaça da "defunta"....

2 comentários:

Talita disse...

Enfim disseram o óbvio. Realmente é dispensável a leitura das matérias de política dos jornais de Campos, pois nada trazem (quando trazem) além da agenda dos candidatos. Mais informados ficamos quando buscamos notícias em alguns blogs.
Adorei o texto. Realmente a imprensa também está sendo responsável pela "morte da eleição". Aliás, a assessoria desses candidatos deveriam enviar seus eleases para vocês, dos blogs divulgarem e criticarem.
Boa!!!

Xacal disse...

grato, talita pela participação...

mas creio, sinceramente, que os candidatos e seus respectivos partidos não estão preparados para esse convívio democrático...

aqui em nossa cidade, pasme vc, alguns blogs existem apenas para tecer loas aos donos...