quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Ajuda estatal.

Pátria mãe do capitalismo e do liberalismo econômico, a Inglaterra se curva ao intervencionismo do Estado na Economia.

O Primeiro-Ministro, Gordon Brown, anunciou um pacote de 1 bi de libras para socorrer famílias que estão em dificulades para quitar suas dívidas com as empresas de energia, que atingirá cerca de 10 milhões de residências.

Com a escalada dos preços, as contas de energia corroeram boa parte da renda dos britânicos e a inadimplência do setor pode inviabilizar as empresas de energia, e desencadear uma crise de liquidez no setor.

Medida semelhante já foi adotada pelo governo dos EEUU.

De acordo com o jornal The Independent o programa de reestruturação se estenderá até 2011.

Nenhum comentário: