sábado, 6 de setembro de 2008

Autobiográfico...

Apareceu a margarida...

O makhoul, médico & monstro 63, volta a ocupar espaço em um hebdomadário local...
Será que os caraminguás do aluguel do ex-pt já acabaram...?

Bom, o texto fala dos royalties, dos mandos e desmandos dos gestores e da postura subserviente de alguns que calam frente as fatos...

O libanês parece inclinado a escrever textos autobiográficos, não acham...?

5 comentários:

Anônimo disse...

Oi!!!
Quanto será que determinado político levou para não sair candidato?

Xacal disse...

Boa pergunta...

Quem sabe ele responda nos seus textos...?

Anônimo disse...

Tem algum sentimento prostotraumático e nada d'angelical nessa postagem. Pô, meus, o cara já está fora do cenário político e vocês sabem que o motivo foi a conspiração feita contra ele. Se fosse venda de prestígio eleitoral, e vocês sabem que não foi, ele teria disputado o primeiro turno e cobrado muito mais caro no segundo, convenhamos.Saim do anonimato e botem a cara na reta.

Zé Bocudo.

Xacal disse...

zé bocudo acaba de passar recibo...

respeito sua opinião, mas não compactuo com ela...

a biografia/folha corrida de malhoul não nos permite enxergá-lo de forma diferente...

é farinha do mesmo saco de arnaldo/macabro/garotinho...

Xacal disse...

ps:

o comentário é tão baseado em makhoul, que zé bocudo analisa o jogo da venda do ex-pt só pela ótica do médico e monstro, e esquece que há outros sócios, os quais makhoul teve que contemplar e que, possivelmente, acharam os "argumentos" de arnaldo muito convincentes desde já...

triste fim de linha...