sábado, 6 de setembro de 2008

Barril de pólvora...

Asif Ali Zardari, o viúvo de Benazir Bhutto, a líder oposiocionista paquistanesa morta em um atentado suicida, ganhou as eleições presidenciais naquele país...

O partido PPP, Partido Popular do Paquistão, conquistou 480 votos dos 702 do colégio eleitoral...

Zardari tem o enorme e quase impossível desafio de "pacificar" o país que se espreme entre o secularismo e o fundamentalismo islâmico, que deseja instalar um estado teocrático...

Outro aspecto crucial é o interesse estadunidense na região e no país, que até hoje tem apoiado os yankees na sua cruzada no Afeganistão contra os Talebãs...

Ingredientes perigosos em uma receita explosiva...

Nenhum comentário: