segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Diploma.

Os antigos diziam quando alguém se julgava muito mais esperto que seus interlocutores que: "fulano quer dar diploma de burro".

Na entrevista de Rosinha Garotinho ao jornal Folha da manhã, extremamente mal conduzida, como aliás é uma marca daquele grupo, a candidata mantém sua fala decorada.

Insiste na tese do transporte a 1 real, sem deixar claro como vai equilibrar os interesses das empresas de transporte, dos ilegais e da população.

Escorrega e tenta escapar ao tema "garotinho", e acaba por dar mais munição ao entrevistador, que não esconde seu interesse em constranger a entrevistada nesse tema, e esquece, por covardia, incompetência ou ambos de questionar e se aprofundar sobre temas espinhosos para a candidata como por exemplo aEducação, e por que a candidata se negou a participar de reunião com o Sindicato da categoria, o SEPE.

A candidata reafirma sua visão equivocada de usar fundos municipais para "atrair" empregos, injetando dinheiro público em empresas que pouco retornam a população e que nada têm haver com a vocação econômica regional, tornando caríssimo cada posto de trabalho gerado. E com fracasso retumbante, como foi o caso da Fábrica de Sucos, anunciada pelo casal Garotinho como a redenção dos fruticultores da região.

Mas a pedra de toque da entrevista foi a resposta da candidata ao final do encontro, quando Rosinha Garotinho nega que a eleição em Campos dos Goytacazes faça parte da estratégia eleitoral de seu marido para retornar ao Palácio Guanabara.

Leia abaixo "o diploma de burro", com o qual fomos graduados:

"(...)Folha — E o projeto de Garotinho de se candidatar ao governo do Estado em 2010?

Rosinha Garotinho —
 Pode ser um projeto, mas tem muita água para rolar.

Folha — Estamos em final de 2008 já.

Rosinha —
 Mas tem muita coisa. Temos uma eleição municipal pela frente.

Folha — Mas passa pela eleição municipal o projeto dele de candidatura?

Rosinha —
 Não, de forma alguma."


8 comentários:

Anônimo disse...

Nada disso deveria causar espanto,
quem já acompanhou Rosinha em outras ocasiões passadas sabem que
a candidata é detentora de um conteúdo quase próximo ao ZERO ABSOLUTO.Incapaz intelectualmente
de protagonizar qualquer ação de
Govêrno sempre foi usada por Garotinho para que ele governasse
com o mandato dela.O querido e sempre atento blogueiro deveria enfatizar este aspecto,que é o serviço que melhor podemos prestar à população de Campos neste momento
crucial para nosso futuro imediato.

Anônimo disse...

Acha mesmo que Rosinha é burra?

Ingenuidade sua, Xacal.

Foi pensando assim que Arnaldo agora esta desesperado atrás de voto.

Anônimo disse...

O primeiro anônimo está parecendo algum daqueles da "boquinha", não?!

Anônimo disse...

Não se preocupem, ela tem o pecado capital!

Anônimo disse...

Respondendo ao terceiro anonimo que falou que devo ser daqueles da boquinha,
informo que n.moro em Campos,moro no Rio ha 20 anos e nunca fui da boquinha,sou apenas uma carioca que sofreu muito com os 8 anos de rosinha e garotinho no governo do Rio de Janeiro e como tenho parentes em Campos que n.fazem parte do governo ,mas precisam de politica de desenvolvimento
e n. politica de 1 real,defendo o banimento dessa dupla de larapios.
A tempo: n. estou defendendo a candidatura de outra faccao,so estou defendendo um basta a corrupcao como tenho aplaudido a prisao desses ladroes todos desse mandato do macabro.
So pra esclarecer ok?

Anônimo disse...

Pobre Rosinha...

Ferreira disse...

O analista deste blog é um energúmeno por parte de pai e um idiota por parte de mãe. Verme.

Kbrunco disse...

Avelino Ferreira, o último comentarista,

Que bom que nos deu o "ar de sua graça" por aqui.

Obrigado pelos comentários educados, e pela ótima análise e contraposição dos argumentos que você fez.

Dignos de um jornalista da sua importância.

Volte sempre.