quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Duplo sentido...?

A candidata rosinha ex-garotinho napô parece que não resistiu, e cedeu ao apelo eleitoral que páira sobre a questão dos terceirizados ilegais...

Em seu próprio site de campanha a ex-governadora faz uma declaração enigmática que reproduzimmos a seguir:

"Rosinha aproveitou o corpo-a-corpo no Calçadão, na manhã de hoje, para explicar que, assim que assumir a prefeitura, irá rever a situação dos terceirizados. “O vice-prefeito Roberto Henriques garante que aqueles que recebem super salários e os funcionários fantasmas não foram afastados. Vou fazer justiça com os que trabalhavam e ficaram desempregados de uma hora para outra”, afirmou a ex-governadora."

Como pretende a ex-governadora fazer justiça com "(...)os que trabalhavam e ficaram desempregados(...)"...?

Vai recontratar ilegalmente todo mundo, como aliás já fez seu criptomarido, garotinho napô quando foi prefeito...?

4 comentários:

Robson Luiz disse...

Em 1997, quando assumiu a prefeitura, Garotinho fez a mesma. Denunciou a existência de excesso de contratados. Demitiu muita gente e, logo depois, começou a inchar de novo a prefeitura, contratando pessoas suas. Quem não se lembra da criação de uma cooperativa para justificar a "legalidade" da contratação desse pessoal? No frigir dos ovos, são todos farelo do mesmo saco.

Bruna Abreu disse...

Fazer justiça com os que trabalhavam e foram afastados pode simplesmente significar impedir que outros que deveriam ter sido demitidos e não foram, justamente por nunca trabalharem, continuem mamando nas tetas da prefeitura, essa vaca profana.
Não acha, Xacal, que aqueles que foram demitidos sem nenhum critério e que trabalhavam (mesmo tendo sido contratados ou mantidos no trabalho irregularmente) já não se sentiriam melhor se os que nada fizeram ou fazem forem chamados a responder por seus atos, sei lá - talvez tendo de repor, de alguma forma, o prejuízo que causaram atuando como agentes públicos? Será que os que, de boa fé, ficaram tanto tendo prestando serviço não têm direito a nada, a não ser serem afastados sem mais nem menos? Será que os contratados que agiam de má fé, recebiam salários mais altos que outros que exerciam a mesma função ou que sequer trabalhavam não devem ser responsabilizados por isso? Será que não há previsão de punição para isso na lei? E se houver, Rosinha ou quem quer que assuma o próximo mandato não estará fazendo justiça ao responsabilizar esses inúteis? Eu me sentiria justiçada se pelo menos isso fosse feito.
O que você acha?

Xacal disse...

Cara Bruna,

Nesse caso só há uma forma de se fazre justiça, e não é só com os "ilegais" trabalahadores ou "fantasmas"...

A justiça, nesse caso, é com todos os contribuintes e pessoas que desejam acessar o serviço público pelas regras certas...A justiça é demitir todos os que mantêm vínculo irregular e ilegal com a pmcg...

Agora, sinceramente, não acho (é minha opinão, que talvez vc discorde)que a candidata fala nesse aspecto, senão por que deixar essa dúvida no ar...?

Anônimo disse...

voces nao enxergam que o governo dos Garotinhos irá seguir o mesmo lema populista, de enganar os menos abastardos,a quem eles podem manipular. A verdade que nao temos escolha, "sai da lama e cai no atolero". Lembram de Roberto Henriques ?, quando entrou para seu governo relampago na PMCG? Numa página do monitor campista ele demitia, na outra página ele admitia. E colocava seus apadrinhados, depois quer dar uma de sábio, de moralista... Me engana que eu gosto, ele é o verdadeiro culpado pelo que está acontecendo com as demissões, com os terceirizados pois foi ele que saiu por aí com a lista na mão. Politico que nao olha seu rabo. ACORDEM CAMPISTAS!!!