quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Ofensa a soberania.

O jornal New York Times em sua página eletrônica de hoje traz uma notícia preocupante.
As forças militares e o serviço secreto dos EEUU, através das ordens de seu comandante-em-chefe, o presidente George W. Bush poderão realizar incursões em solo paquistanês sem autorização do governo daquele país.

Os ataques visam enfraquecer a resistência talebã, que por várias vezes cruzam a fronteira com o Afeganistão e se abrigam sob solo paquistanês.

O governo do Paquistão reagiu, e o governo local disse que reagirá as ofensas a integridade e a soberania do Paquistão.

Essa atitude pode desencadear um movimento ainda maior de rejeição a interferência dos EEUU no Paquistão. O recém eleito presidente Asif Ali Zardari pode ser levado a reagir de forma mais intensa, e interromper anos de colaboração com os EEUU, sob pena de enfrentar o enfraquecimento de sua autoridade.

As invasões, não sejamos ingênuos, devem acontecer com mais freqüência que imaginamos, mas agora a divulgação dos fatos torna o assunto uma crise diplomática.

Mais lenha nessa fogueira. 

Nenhum comentário: