segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Profissão perigo...

O jornalismo na Rússia há muito tempo se tornou uma atividade de altíssimo risco...
Ontem, mais um jornalista foi morto, ao que tudo indica, por manter um website com linha editorial crítica em relação aos governos aliados, o Kremlin e a administração local, na conturbada região da Ingushetia...

Magomed Yevloyev, um dos jornalistas mais influentes da Rússia, foi morto logo após ter sido levado pela polícia local e deixado nas portas de um hospital, mortalmente ferido na cabeça...

O relato das testemunhas dá conta que o jornalista foi levado pelos policiais quando descia as escadas do vôo Moscow-Nazran, e teria sido atingido dentro do carro da polícia...

As investigações oficiais apontam um disparo acidental, muito embora todas as entidades e órgãos pela liberdade de imprensa denunciem o episódio como assassinato....

A Ingushetia fica na fronteira com a Cechênia, e também conta com maioria étnica muçulmana...
O governador da Ingushetia, Murat Zyazikov, ex-oficial da KGB, foi alçado ao poder pelo Kremlin para conter o ânimo separatista...
Zyazikov tentou por várias vezes fechar o site, e calar Yevloyev...

Parece que achou um atalho...


Fonte: The Independent

Nenhum comentário: