sexta-feira, 19 de setembro de 2008

A questão do sigilo da fonte...

Muita tegiversação e manipulação sobre a obrigatoriedade, ou não, da revelação da fonte da informação apurada por um jornalista...

Primeiro, não se trata de atacar essa garantia quando os fatos revelados não constituem um ato ilícito, ou são obtidos como fruto desses atos...
Divulgar dados sigilosos é crime, portanto, se o jornalista optar por manter o segredo da fonte, responderá pela infração a lei...
Outro ponto é que o sigilo da fonte pode esconder práticas cometidas pelo próprio jornalista para obter informações...

Leia o comentário de um comentarista do blog do Nassif:

Por Daniel Pedrini

LN,

Na verdade o jornalista não é obrigado a revelar a fonte, mas, caso não o faça, seria responsável pelo vazamento. Isso é lógico. Como há uma ato ilícito, que é o vazamento de informação sigilosa e o jornalista assina o ato ilícito, o mesmo deve ser punido. Nesse caso, ele é o responsável pelo vazamento. Caso ele informe quem foi o responsável pelo vazamento, ele se exime da culpa.

Lembre que o jornalista pode obter os dados de forma ilícita e querer se preservar com o argumento de manter o sigilo da fonte.

Há um exemplo concreto disso, que ocorreu nos EUA.

Uma jornalista revelou a identidade de uma espiã da CIA. Pelas leis americanas, isso é crime. A jornalista foi presa por revelar a identidade e por manter o sigilo da fonte.


Nenhum comentário: