terça-feira, 9 de setembro de 2008

TrOlHa na boca do eleitor...

A voz rouca das ruas...Voltamos com nossa seção de entervistas com eleitores, sobre suas espectativas sobre o(a)novo(a) prefeito(a)....


Antônio Maurrice Lombo, advogado, ex-quase-futuro desembargador...
"Estamos satisfeitos com esse governo, e espero que o novo governo mantenha o ritmo...Essas operações policiais, ações judiciais sobre os poderosos de Campos dos G. é a alegria dos causídicos...Por outro lado, em respeito aos direitos humanos, e ao sofrimento das famílias, o novo governo deveria construir uma penitenciária só para quem tem curso superior, e para secretários e prefeitos, caso sejam presos...É desumano exilar essa gente que tanto fez por nossa cidade..."


Telmo Balangandã, caranavalesco...
"Que o novo(a) prefeito(a) pague as verbas do Carnaval em dia, e que triplique os valores, pois com essa merreca que recebemos só dá para trocar de carro no início do ano, ou comprar um terreninho na Penha, ou no Jóquei...Na verdade, a pmcg não tinha que dar verba, tem que pagar cachê para a gente desfilar para esse povo pobre e horrível, o xandinho macabro já disse isso, e vocês imaginem nosso "sacrifício"...E o Sambódromo tem que ser coisa boa, por que não com aquele teto que fecha em dia de chuva, igual lá na Europa, nos Estádios de Futebol...?Esse negócio de pobreza, como dizia Joãsinho Trinta é para intelectual, a gente gosta de luxo...!"



Don Felipe Escobar Capone, empresário, empreiteiro e financista...
"Ruas mais largas, viadutos, túneis, etc...tanto para eu ganhar as licitações(honestamente, é claro) mas para a gente poder andar com nossas HI-LUX...Outra coisa que acho desnecessário é licitação...Todo mundo sabe que é sacanagem mesmo...Façamos então por sorteio...Vai lá todo mundo se inscreve, e bota lá uma roletinha ou aquele "troço" cheio de bolinhas e tira um número...Armas para a guarda municipal para aumentar a segurança de quem é rico como eu...De que adianta ter dinheiro, e não poder ostentar e mostrar para todo mundo...?

2 comentários:

renato goncalves disse...

Xacal,seu comentario me despertou para uma questão pouco falada mas que me desperta curiosidade;como tem sido a experiência das Guardas Municipais com armas de fogo?
Pelo que me consta municípios com mais de 400mil habitantes podem ter GCM armada,mas só conheço o caso do muniípio de SP assim mesmo sem nenhum dado de estatístico ou de análise de eficiência.
Desde já manifesto minha opinião quanto a dificuldade de imaginar uma Guarda tão mal treinada e por vezes prepotente de posse de armas de fogo,mas a falta de treinamento pode ser contornada então fica a questão da conveniência e oportunidade.
Um abraço,Renato.

Xacal disse...

O limite é cidades com mais de 50 mil...

A tarefa é achar alguém nas forças de segurança habilitado para tanto...

Armas não são respostas para combate a criminalidade, veja só o caso da Metro Police da Inglaterra...

Entrou na paranóia de Bush, armou seus agentes, deu carta branca e olha o resultado...

Não preveniu atentados, e ainda começou a matar inocentes...

Uma polícia antes conhecida por manter a ordem ser armas...

O que faz, em grande medida a lei funcionar é a certeza de que ela funciona para todos...desde o andar de baixo até o de cima...

Caso contrário, todo ladrão vai querer tentar a sorte para tentar chegar ao topo: dinheiro para comprar boa defesa e boas decisões...quem sabe um hc à jato...?

É a lei da concorrência, ou vc pensa que essa lógica se dá apenas em ambiente "legal"...?

E mais...vc pensa que não há uma simbiose perigosa entre legalidade e crime...Quem lava o dinheiro do crime...?