terça-feira, 9 de setembro de 2008

TROLHADAS CULTURAIS...

Na última incursão a Casa e Vídeo, nossa equipe trouxe títulos que já comentamos...
Mas havíamos esquecido de um, que justamente exibimos onde aqui na redação...

MAR ADENTRO, filme de Alejandro Amenábar, com Javier Bardem...

O que dizer de um filme como esse...? Diferente de Invasões Bárbaras, que também trata da escolha de uma morte digna, o que alguns teimam chamar de suicídio, nesse filme o personagem está preso a uma cama, tetraplégico, em virtude de um acidente em sua juventude...Naquele primeiro, o personagem é vítima de câncer terminal...

Algumas frases, ou diálogos resumem o sentimento de certos filmes...
Nesse caso em especial, o debate, entre Ramón(Bardem) e um padre católico sobre o sentido da vida, há uma sentença especial:
Padre:
-Não há liberdade em decidir acabar com a vida.
Ramón:
-Não há vida sem a liberdade de decidir.

Ramón, por motivos óbvios, depende dos outros para levar a cabo seu estratagema, e libertar-se de si mesmo, ou da prisão que se tranformou seu corpo...
E o roteiro brilhante, como a atuação de todo o elenco, sem falar na bela fotografia e direção de arte, associadas a um cenário natural deslimbrante, a região costeira de La Coruña, fazem a gente passear com suavidade, mas nunca com superficilaidade, pelo universo de temas instigantes...

A angústia suprema de Ramón que decide pela morte, e até para isso conta com a chancela alheia...
A busca de Ramón pelo amor que lhe confira o ato extremo de consumar sua vontade livre e consciente, e como as pessoas tendem a expressar seus sentimentos apenas como resultado de suas espectativas e frustrações, e assim, nunca são capazes de amar plenamente...
Queremos apenas que os ouros caibam nos modelos que sonhamos...

Um belíssimo filme...Melhor se assistido na língua espanhola, com legendas para quem precisa, como nós...

Nenhum comentário: