sexta-feira, 31 de outubro de 2008

A TrOlHa do leitor....

O espaço destinado para o leitor fazer seus anúncios, convites e o que lhe der na telha...É só enviar para o e-mail ao lado...

Está aó o recado do Marcos:
 
Marcos Oliveira 
 para mimlfmunizzmoraes.rol
 Mais opções  13:09 (6 horas atrás)
Prezados Luiz Felipe Muniz, Roberto Moraes e Xacal:
 
Seus Blogs são os que normalmente eu vejo todos os dias e parabenizo a vocês pelo excelente trabalho.
 
Tomo a liberdade de enviar um link, pedindo que - se acharem conveniente - disponibilizem em um de seus posts.
 
Obrigado!
 
Um grande abraço para vocês.
 
Marcos Cardozo de Oliveira.
 
 
P.S.: É de uma indústria química, mas o video em si revela uma busca de diferenciação (e não há - no filme - referência positiva para a referida empresa). Na verdade é uma produção independente da "Tides Foundation".

Tarado dos salões...


Após alguns meses de investigação, policiais civis da 134DP conseguiram identificar Eduardo Gonçalves Barcelos, 41, como principal suspeito pelos assaltos a salões de beleza nas imediações do Centro e Pelinca...

Os policiais reuniram as informações dos registros de ocorrência, e com um método de investigação em bloco, determinaram o modus operandi do suspeito, que observa os salões, e quando há uma oportunidade, com poucas pessoas em seu interior, ele age: rouba as vítimas e depois pratica a violência sexual...

Em um dos casos o assaltante/estuprador chegou ao requinte de fotografar as vítimas...

Os policiais civis, também tiveram informações que outros crimes de mesma natureza teriam sido praticados por Eduardo, mas não chegaram ao conhecimento da Polícia por medo das vítimas, traumatizadas com o episódio...

Eduardo Gonçalves, também conhecido com "lingüinha do faustão", foi reconhecido pelas vítimas através de sua fotografia...

Com a divulgação da fotografia, a Polícia Civil procura alertar as pessoas para que fiquem atentas, e possam avisar a polícia caso o acistem, ou tenham informações de seu paradeiro...

Eduardo, ironicamente, foi candidato a vereador pela coligação prtb/ptn...

Os telefones para informações da Polícia Civil são: 22-27224064, 27224316. Importante: Anonimato garantido, não há necessidade de se identificar ao prestar a informação.


Foto: site do TSE.

Qual a surpresa...?

Não é motivo para espanto que os servidores piratas tenham literalmente invadido a pmcg...

Ora, para quem já usurpou cargos que deveriam ser destinados a concurso público, como piratas administrativos, nada demais fazer seu interesse valer pela coação..."Bucaneiros" atrás do butim prometido...

Na verdade, só pensam estar tomando de volta o que lhes é de "direito", embora não tenham cumprido o rito legal para merecê-lo...

Assim, na terra sem lei do pântano goitacá, quem "berra" mais alto, "mama leite mais fresquinho das tetas do erário"...

Critério...? Princípios...? Formalidade...? Legalidade...? Impessoalidade...? Publicidade...?

Nada disso..."quem tem padrinho não morre pagão...!"

Por aqui prevelece a lógica de que se é público não é de ninguém...

E você, o que espera...?

Corre lá e pega logo sua parte...

Demarcando território...

Políticos são como predadores, se movimentam e definem suas estratégias de sobrevivência com a demarcação de seu território...Se alimentam da derrota do outro, e de sua própria vaidade...!

Isso explica o ressurgimento de rh(agar), o horrível, como grande interlocutor da prefeita eleita com o fim de festa do macabro...

Os gestos e intenções podem não ficar bem claros, mas trazem uma simbologia que sublima a informação: rh(agar) é a lembrança nua e crua do embate que se travou a partir do 11 de março, uma vez que foi um dos seus maiores protagonistas...

A escolha de rh(agar) nada tem haver com suas qualidades, ou com o desejo de uma transição tranqüila e dentro da normalidade democrática...

É um recado claro de que o grupo da lapa vai providenciar, se estiver ao seu alcance, o sepultamento político de macabro, e a imobilização de arnaldo popozão melancia vianna, e quem sabe, o desgaste do capital político que demonstrou ainda possuir...

No aspecto pessoal e individual, a "confiança" depositada pelo "chefe" em rh(agar), o horrível, serve a alguns propósitos: resgatar a auto-estima de quem foi preterido na corrida eleitoral, lustrar sua vaidade, e de quebra colocar à prova sua capacidade...Se falhar, perde espaço e vai para geladeira...Se for bem sucedido, pode levar "algum prêmio de consolação" no governo que ora se instala na pmcg...

Mas não tenham dúvidas que a exposição de rh(agar) nesse conflitante e desgastante processo transitório é para que ele cumpra o bom e velho papel: "bucha de canhão"...ou "limpa trilhos"...

Se ele sonha que terá papel de destaque e influência no futuro governo, é porque ainda não aprendeu nada depois desses longos anos de convivência com seu "chefe"....

Sua fala "ingênua" de reviver o "muda campos" soa ridícula para alguém que reivindica a si uma larga experiência nos meandros da política local....

Derrapada...


Um avião da Air Europa, proveniente da cidade escocesa de Glasgow, com 74 passageiros, teve problemas quando aterrisava no aeroporto da Lanzarote, Espanha...

Os passageiros relataram que o avião estava em velocidade muito alta, e que durante o pouso, perceberam uma forte vibração nasa asas...

As autoridades e as fontes da empresa aérea dizem que o incidente, provavelmente, se deu por uma "abordagem desequilibrada" pela aeronave ao tocar o solo...

As investigações devem revelar se devido a problemas técnicos, atmosféricos ou falha humana...

Felizmente, não houve feridos...

Fonte e foto: El País

A polícia mente....!


Não é a polícia brasileira, mas a internacionalmente famosa por sua eficiência e urbanidade, a Scotland Yard, a polícia dos súditos da rainha...

Durante o julgamento que decidirá pela legalidade dos procedimentos adotados pelos policiais britânicos no caso que resultou com a morte do eletricista brasileiro Jean Charles de Menezes...

Jean Charles foi confundido com um terrorista e atingido fatalmente dentro de um trem do metrô londrino...

De acordo com o jornal britânico, The Independent, as três testemunhas que foram ouvidas disseram claramente que nenhum policial se identificou na abordagem, o que desmente a versão apresentada pela políccia de que seus homens armados anunciaram sua presença para Jean Charles de forma clara e inequívoca...

As testemunhas, Ralph Livock e sua namorada, Rachel Wilson, e Wesley Merrill, foram unânimes em relatar que não ouviram nenhum policial dizer uma só palavra durante a abordagem desastrada...Merrill disse ainda que apenas souberam do que tratava quando deixou o vagão, já em sua estação de destino...

Como vemos, um pouco de pânico, disseminado com sensacionalismo, destrói as instituições e vidas...

Nada que não estejamos acostumados...



Pé no breque...!

A crise financeira internacional começa a contaminar as maiores economias mundiais com um dos sintomas clássicos: a recessão...

Na mesma semana, Inglaterra e Espanha anunciam um refluxo do crescimento de seus PIBs, estagnação da atividade econômica, queda nos investimentos, diminuição no consumo e desemprego em alta...

Para a Inglaterra o tombo do PIB foi da ordem de -0.6%, nesse trimestre em relação ao passado, já os espanhóis amargam uma queda de -0,2%, no mesmo período...Para os espanhóis é a primeira vez em 15 anos que há recuo das taxas do PIB...

Não há, de acordo com a maioria das autoridades monetárias, e analistas internacionais, nenhum sinal de que o processo recessivo perderá força, ao menos nos próximos seis meses...

Resta-nos esperar que nosso governo tenha habilidade para minorar os efeitos que se abaterão sobre nós...

A manutenção dos investimentos públicos em obras de infra-estrutura (o PAC) pode ser uma alternativa para manter aquecida um setor econômico importante, a construção civil, que tradicionalmente, tem um índice de empregabilidade alto, bem como sua posição na cadeia produtiva a leva a movimentar outros setores na indústria de base, e bens de capital... 

 

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Para Antonio.

Para Stalingrado sitiada,
Drumond escreveu sua homenagem.
Para Guernica massacrada,
As tintas de Picasso fizeram do horror, imagem.

O que dizer a,
Antonio,
Roberto,
Fernandes,
Poeta...?

Nada.

Não haverá desfecho trágico,
Que eternize em palavras,
A luta do bardo fidelense.

É melhor celebrar a esperança cafona,
Mas a vitória de Antonio sobre a fatalidade.
Versos mal feitos, e tacanhos.
Sem métrica,
Estética,
Estrutura,
Ou rima.
Para que ele possoa rir deles depois. 

Republicação...

Por sugestão do leitor Marcos Valério, republicamos o post Vinagre ou Melado, que trata dos problemas e perspectivas para a indústria sucroalcooleira da região...

Confira:

Da cana-de-açúcar pode se fazer melado, deliciosa mistura de memória e farinha de mandioca...
Por outro lado, pode-se extrair o vinagre de álcool que pode azedar as perspectivas de futuro da indústria sucroalcooleira...
O debate oportuno, foi provocado pelo blog do Roberto Moraes, com opiniões sensatas de blogueiros e blogonautas...
É a oportunidade de qualificar um debate, quase sempre contaminado por ilações político-eleitorais, interesses oportunistas, e boa parcela de falta de conhecimento e visão estratégica...
Nossa terra parece condenada a um maniqueísmo pobre, um raciocínio binário que não vislumbra possibilidades além dos limites impostos por uma realidade nefasta que vivemos...
Nossa principal atividade agrícola, tradicinal cultura secular, que já nos manteve como protagonistas da economia nacional e regional, hoje patina entre a incompetência e a inviabilidade...
Não basta descrever a situação...Isso já fizemos a exaustão...Precisamos sair do campo da opinião para o da ciência...
Que parcela da nossa economia é ocupada por essa atividade, quem são os produtores, qual sua relação com o plantio de cana, como a cultura canavieira utiliza teconologia, quais os verdadeiros impactos ambientais da atividade, etc...
Sem um diagnóstico preciso não é possível avançar...Apurar dados novos, tabular os que já existem...Projetar cenários, identificar ameaças e oportunidades...Definir um caminho...
Em um passado recente, o modelo de incentivo a cana demonstrou ser um fracasso, em nosso caso...Um montante considerável de recursos foram despejados no setor, que ainda contava com os benefícios de uma demanda provocada pelo pró-Álcool dos anos 80...Não houve retorno esperado, e pior, muito desse dinheiro se perdeu...
Superadas as discussões sobre Estado-mínimo, que até bem pouco tempo dominavam o ideário da gestão no país, sabemos que o setor de produção de energia merece atenção e intervenção estatal...
O problema é que, em nossa região, a busca por dinheiro do contribuinte sempre obedeceu uma lógica contra-empresarial, o que gerou desconfiança e má-vontade da sociedade em confiar seus recursos na recuperação do setor...
Além do desserviço da "demonização" manipuladora, oportunista e míope de movimentos políticos, como o "muda campos", que relacionaram todos os males de nossa região a indústria da cana, mas que a substituiu por um modelo de coronelismo e clientelismo burocrático-administrativo, onde a vida da cidade não sobrevive sem o condão do erário...
É verdade que os episódios recentes da Usina Santa Cruz revelam que muitos dos erros do passado não foram superados, e parecem uma maldição da região: como não inspiramos respeito, atraímos os piores "exemplares" de senhores de engenho, em lugar de industriais com mentalidade de boa governança administrativa...No entanto, outras regiões do país já mostraram que usinas não precisam moer gente...
A importância estratégica da produção de energia nos coloca a obrigação de discutir e encontrar saídas para esse conflito...
O modelo adotado por nossas lideranças políticas, como Fundecam, Fundecana, e outras formas de incentivo fiscal e subsídios não parecem fadadas ao sucesso...
Mais uma vez podemos estar enterrando dinheiro público em um buraco sem fundo...A fábrica de sucos, e a de macarrão são expoentes desse fracasso...
A concessão de benefícios para determinado setor da economia não pode estar desacompanhada da exigência de contrapartidas e condições rigororosas de responsabilidade ambiental, social e de gestão (como auditorias contábeis e fiscais perenes, por exemplo)...
À medida que governos investem recursos públicos em empresas, nada mais justo que interfiram em seu gerenciamento, e até possuam cotas/ações como garantia de pagamento dos empréstimos/incentivos concedidos...
Por outro lado, a experiência de regulação de mercado, com fixação de preço mínimo, e manutenção de estoques precisam de ajuste fino para que não se criem bolhas especulativas, ou desequilíbrio na oferta e demananda...
Não esqueçamos que o mercado de créditos de carbono ainda oferecem boas oportunidades, se os ajustes tecnológicos, como fim das queimadas, forem implantados...
Enfim, ainda podemos utilizar a biomassa resultante dos processos industriais(bagaço) como combustível para geração de energia elétrica, que podem ser aproveitados pelos contribuintes/governos/empresas...
Temos a nossa disposição a tradição, terras, certa tecnologia e saberes gerados ao longo da História...
Também contamos com um legado de erros que nos fornecem informações preciosas de como não fazer...

Certinhas da TRoLha...


Essa é prata da casa...

Mais uma vez, usando como referência o blog do nosso professor Fábio Siqueira, reproduzimos de seu blog a foto de Silésio Corrêa, repórter fotográfico da folha de embrulhar peixe, tirada no Calçadão, enquanto essa pantera desfilava com a faixa, merecida, de Garota Comércio 2008...

A matéria do Fábio só omitiu um detalhe importante: o nome da moça...

Mas fica aí a imagem para deleite dos nossos leitores e leitoras...
Atualização: Com nossas devidas desculpas ao blogueiro Fábio Siqueira, e o agradecimento ao atento leitor Jean, publicamos o nome da Deusa do Ébano, ALINE NEVES...
Vai ver não enxergamos o nome da moça na matéria do blog doFábio, porque, obviamente, estávamos hipnotizados pela imagem...
Parabéns ALINE NEVES pelo título e reconhecimento conquistados...

Os servidores piratas...mais uma vez...!

Recomeça a novela dos "terceirzados", ou ilegais, ou "piratas"...
Com o fim das eleições, e de acordo com uma interpretação da decisão do ministro Joaquim Barbosa, a pmcg estaria autorizada a "recontratar" os ilegais...

Independente da legalidade da medida, o que se vê mais uma vez é uma discussão que já imaginávemos superada, mas ela permanece...

Dos cerca de 6 mil "servidores piratas", "apenas" 1.200 seriam recolocados, em situação "emergencial" na área da saúde...

Novamente surgem as reclamações de parte de alguns ilegais que não há critério, que os 1.200 são "apadrinhados", etc...

Ora, ora, qual foi o "critério" que colocou os 15 mil para dentro da máquina...? O critério "político", o apdarinhamento, o Q (quem) I (indicou)...Como definir "critérios" para contratar sem concurso público...? Há alguém que dirá que trabalha menos que o outro, ou mereça, ou precise menos que o outro...?

Só há um critério...demissão de todos, e contratação através de concurso público...

Verdadeira bomba-relógio...

As atenções da equipe de transição do governo eleito estão desfocadas...

Afinal, se as informações "estratégicas", ou grandes e graves erros, ou até crimes da administração sejam detectados quando a prefeita eleita assuma seu mandato, basta uma completa e multidisciplinar auditoria, bem como a remessa das irregularidades para a Justiça, a fim de que se condene culpados e se restitua o que foi desviado...

O grande gargalo do governo que será empossado em janeiro é o Orçamento 2009...
É lá que se esconderão as "armadilhas" que sufocarão a gestão que se inicia...

E o pior: tudo legimitado com a força da Lei...

Ao invés de jogar para platéia, a prefeita deve descer rápido do palanque e começar a usar mais a cabeça e menos a língua...

A não ser que essa seja uma "tática" para justificar os possíveis insucessos, como um álibi preventivo, ou ao melhor gosto de seu "chefe e marido": um "habeas corpus" preventivo para decepcionar seus eleitores...

A mãe de todas as guerras...

Se a vaidade é mãe de todos os vícios, podemos dizer que a economia é a mãe de todas as guerras...

Mesmo que inflados por motivos étnicos-religiosos, que fornecem um "upgrade" de selvageria nessas contendas armadas, as guerras sempre guardam em seu âmago interesses econômicos, que variam da posse de água( Israel e Palestina), petróleo (Iraque) e outros recursos naturais...

Esse é o caso do conflito Congo x Ruanda, que já atingiu a marca de 5.4 milhões de mortos, o maior genocídio depois do Holocausto...

Muito embora, nós tenhamos aprendido que se trata de um conflito entre etnias rivais tutsis e hutus, que se desenrola na fronteira desses dois países, em em ciclo de genocídio-retaliação-genocídio, a verdade que reside nessa sangüinária competição é o dinheiro...

O Congo é o país mundial com maiores reservas de ouro, diamante, cassiterita, dentre outros...

Um ótimo artigo no jornal inglês The Independent traz à luz uma dicotomia que não aparece nos editoriais patrocinados pelos senhores da guerra: a história oficial e a história verdadeira...

O articulista Johann Hari escreve do local do conflito, e a partir do drama individual de mulheres estuptradas por milícias armadas, perambulam pelas estradas com seus filhos famintos e seus poucos pertences...Elas não pertencem a lugar algum...

O título do texto é claro: How we fuel Africa's bloodiest war...(Como alimentamos a guerra mais sangrenta da África)...

O autor relata como a rede de interesses das empresas transnacionais britânicas e do resto do mundo manipulam esse "jogo" sangrento para auferir mais lucros e acesso fácil a reservas naturais de recursos vitais para suas cadeias produtivas...

Uma "nova" fase de dominação "colonial"...Com uma sensível diferença: antes o domínio era explícito, e implicava em alguma relação institucional metrópole x colônia, agora basta armar uns contra os outros e assistir de longe a carnificina, para depois então comprar barato os despojos da guerra...Os milhões de mortos, famintos, seviciados...? Efeito colateral, ou o custo do progresso...

Espiral de violência...

Mais de 30 pessoas morreram, e pelo menos outras 100 ficaram feridas em mais de uma dezena de ataques a bomba, que explodiram em pelo menos dez alvos diferentes no estado de Assam, nordeste da Índia...

A região no nordeste da Índia é freqüentemente sacudida por conflitos, uma vez que mais de cem tribos ocupam esse território, e ainda há, desde a independência da Índia da Inglaterra, em 1947, um forte luta separatista capitaneada por um grupo denominado Frente Unida pela Libertação de Assam (UFLA, em inglês)...

Os alvos foram zonas comerciais de grande movimento, como a da capital Guwahati, onde aconteceram quatro explosões, e em outras localidades do entorno da capital, como os distritos de Barpeta e Krokajhar, onde foram seis as explosões...

Nesse Estado de 26 milhões de habitantes há cerca de outros 20 grupos separatistas, onde o mote principal, além da autonomia é a questão religiosa entre muçulmanos e hindus...


Fonte: El País.

Sinal dos tempos...

Enquanto a Espanha briga para estar entre os 20 países que se reunirão em uma Cúpula Internacional para discutirem os efeitos e possíveis ações integradas para "desatolar" o mundo do buraco recessivo, que teve início com a farra das hipotecas estadunidenses, O Brasil está lá sossegado, com seu lugar garantido...

Não que a Espanha não mereça estar presente, pelo contrário...Em solo espanhol estão grandes empresas de telefonia móvel, um dos maiores bancos mundiais, e outras empresas de setores não menos importantes para a saúde da economia mundial... Não seria leviano imaginar que se trate de mais uma "canelada" no socialista José Luis Zapatero, chefe de governo espanhol, nesse intrincado jogo geopolítico mundial...

Mas o fato do Brasil ter se firmado como um dos interlocutores internacionais dos países em desenvolvimento entre as potências econômica mundiais é uma ótima novidade...

R$ 50,00...O preço de uma vida...

Alguns jornalistas de coleira da região, nas folhas de embrulhar peixe, insistem em comemorar o "sucesso" da política pública de segurança do (des)governo do cabralzinho língua de trapo...

Reproduzem a lógica "classe média", onde a segregação pela violência, a pirotecnia das "mega-operações", etc, etc, e assim alimentam um círculo vicioso: paranóia-mais violência-mais paranóia...

Desconhecem os "especialistas" qualquer tentativa de discutir o assunto com mais profundidade...
Raramente abordam um problema crucial no tema segurança pública: a valorização e resgate da dignidade do servidor policial, seja ele civil ou militar...De nada adianta recursos materiais como viaturas, instalações policiais, câmeras, e toda a parafernália "vendida" como panacéia pela indústria da segurança, e comprada com avidez por gestores que desejam melhorar seu marketing pessoal...

Essas ferramentas não funcionam "sozinhas"...Por detrás de toda essa estrutura está um profissional abandonado à propria sorte, desmotivado e desvalorizado: o policial...

Mas a elite, com a cumplicidade da classe média, bem como os governos, têm horror a idéia de policiais bem pagos...
Quem desejaria um policial que rejeitasse um "agrado" para resolver aquele "probleminha" do seu filho desocupado, pit-boy enlouquecido...?
Ou policiais que não precisassem se curvar as ingerências políticas de seus chefes...?

Bom, como todas escolha política, essa também tem graves conseqüências...

Ontem, presenciamos, com muita tristeza mais um sintoma dessa política de segurança pública faz-de-conta...

A morte do sargento Ângelo, lotado no 11º Batalhão de Polícia Militar de Nova Friburgo...

Como uma boa parte dos seus colegas mortos em circunstâncias violentas, Ângelo estava de folga...Mas ainda assim trabalhava...Por R$ 50, 00 reais sacrificava seu descanso merecido, suas horas com sua família, e enfim, a sua segurança pessoal para acrescer seus vencimentos mensais...
Alguns reais, que para a parte da sociedade que aplaude essa política de segurança do Estado do Rio, são gastos em alguns minutos nas compras de madame...
Muitos reais para quem ganha pouco, e tem que viver com dignidade e não se vende aos "atalhos" fáceis da corrupção...

Os policiais que fazem "bico" (emprego extra de policiais) ainda sofrem com outra situação esdrúxula e paradoxal: o "bico" é proibido por Lei, mas tolerado e ignorado por todos, uma vez que o Estado não é capaz de "suprir" a lacuna que seria deixada pela extinção dessa fonte extra de rendimento...
Mesmo assim, com a proibição legal, os policiais estão sujeitos a toda sorte de "chantagens e coações" pelos seus superiores, reeditando nos quartéis um círculo de "relações" de "camaradagem", que tendem a desgastar os princípios legais e administrativos do exercício da função (como a própria hierarquia e autoridade)...

R$ 50, 00 reais...Toda experiência e dedicação do servidor policial, sua capacidade e história em sua corporação mortas por uma quantia que o Estado não é capaz de pagar...

Lamentável...

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Sucursal do inferno...

O Paquistão que já sofre com a tragédia humanitária, militar e institucional pelos constantes ataques e invasões que sofre, tanto pelo talebãs, quanto pelas forças de ocupação do Afeganistão (OTAN), acaba de ser atingido por mais uma tragédia...Dessa vez de ordem natural...

Um terremoto de 6.2 na escala Richter sacudiu o oeste do país, na região do vale Ziarat, e próximo a cidade de Quetta...

Até agora, as autoridades confrimaram 160 mortos, mas reconhecem que o número pode ser bem maior...

O local atingido é freqüentemente assolado por esses fenômenos naturais...Em 1935 foram 35 mil mortos, e recentemente, em 2005, o número de vítimas fatais chegou a 75.000...

O exército paquistanês sobrevoa as áreas atingidas, para providenciar resgate e auxílio às vítimas sobreviventes...

De acordo com o jornal El País, é desolador o cenário das cidades e vilas mais próximas ao epicentro do tremor...

Ótima oportunidade...

Deu no blog do Ricardo André...

cabralzinho boca de fossa foi operado ontem na capital fluminense...

Adivinhe qual parte do corpo..?

Isso mesmo...A língua...

O (des)governador que tenta passar a história como o mais boquirroto, e desequilibrado no trato com os servidores, e quer superar até o gás de pimenta nos professores do governo da horda da lapa, parece que mordeu a própria língua, e aí o veneno se espalhou rapidamente...Daí teve que ser levado às pressas para a cirurgia, pois também havia risco de uma infecção provocada pela "boca suja" do cabralzinho...

Precavido, o (des)governador foi para um hospital particular, pois temia que os "médicos vagabundos" arrancassem de vez a sua língua...

O que não seria nada mal...!

Briga de foice...

Como é natural em todo processo de transição, começam as especulações em torno do secretariado da nova administração eleita nesse último 26 de outubro...

Os "secretariáveis" ensaiam um "balé" curioso...Os mais cotados, aqueles que fazem parte do "núcleo duro" do grupo político que saiu vitorioso, tendem a fazer menos barulho, enquanto as "zebras" e os integrantes de facções aliadas, e até mesmo da antiga base do governo que se vai, berram aos quatro ventos suas habilidades, usando os meios de comunicação como terreno fértil para sua pretensões...Uma notinha ali, outra acolá, e assim se forma a nova bolsa de apostas: quem fará parte da equipe de governo...E mais importante, qual será a "cara" desse novo governo...?

Secretarias, gerências, presidências não faltam para acomodar muita gente...

Mas o fato crucial é que se o novo governo pretende começar seu mandato com medidas marcantes e simbólicas, como o desgastado termo:choque de gestão, precisará enxugar a máquina administrativa, pois como disse o Chico Buarque, em Cálice: "(...) de tão gorda a porca já não anda(...)"...

Esse é um dos dilemas que enfrentará a prefeita...

Se equilibrar entre a necessidade de dotar de eficiência a máquina administrativa e a exigência pragmática de acomodar aliados, e quem sabe, dissidentes do governo atual...

Uma primeira olhada nos quadros disponíveis não é animadora...Como o modus operandi do grupo da lapa sempre desagregou mais do uniu, e sempre privilegiou a fidelidade canina a competência e autonomia, restaram poucos "fiéis" capazes de vestir o figurino exigido pelo "chefe": odebiência cega, e dedicação total ao projeto(delírio) de campanha presidencial...

Por outro lado, no governo do macabro, os bons(??) quadros foram tragados pelo descrédito e pelo ambiente de improbidade, o que os marcou indelevelmente...Seria muito desgastante para o novo governo aceitar "adesões", ou arriscar qualquer cooptação...
Afinal, o governo que se inicia se elegeu sob o signo do "novo tempo"...

Enfim, e não menos séria é a relação clientelista com a Câmara, que pressupõe o loteamento de feudos no governo, em troca de governabilidade...

Em uma eleição tão polarizada, a tarefa de "conquistar" vereadores sairá "bem cara"...

Tão importante quanto os nomes, é a forma na qual se basearão as negociações...
A sociedade deve ficar atenta, pois como diz o velho adágio popular: a primeira impressão é a que fica...

Costeando o alambrado...

Seria mais uma demonstração de civismo e tolerância democrática, se não viesse de onde partiu...

A coluna do patrão da folha de embrulhar peixe de hoje está de "embrulhar" o estômago...

Recuo estratégico...? Pedido de "arrego"...? "Vacas magras à vista"...?

Tudo isso, e um pouco mais...A própria incapacidade de executar uma crítica qualificada, torna a folha de embrulhar peixe um pêndulo...Ora é capaz de apelações sórdidas e mal feitas, ora descamba para o adesismo desesperado...

Como já dissemos, até para ser oportunista há de ter talento, senão vira "michê" barato...

Leia as notas e decida por você mesmo:

Em Campos 

Aqui em Campos, a vitória da ex-governadora Rosinha Garotinho está sendo respeitada, e ninguém vai cobrar nada antes da hora. Este jornal publicou na segunda-feira artigo assinado pelo responsável por essa coluna, lembrando que ela se elegeu denunciando o que chamou de “mar de lama” e prometendo um “mar de rosas”. Tomara que ela consiga, porque será cobrada. Mas no tempo certo. 



Coerência 

O que se espera da prefeita eleita é que ela monte um secretariado competente e que governe bem. Obviamente, vai enfrentar problemas políticos, com uma oposição natural, em uma cidade cujo enfrentamento na arte de fazer política foi intensificado pelo próprio grupo que ela representa. Mas não se pode incentivar uma oposição cega, feita com língua amolada. 

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Caso do padre assassinado...

O veículo do padre assasssinado foi encontrado agora à tarde em São Fidélis, no estacionamento do Hotel Leican...

A princípio, a Polícia Civil de São Fidélis, através do Delegado Dr Flávio Botelho Leal, titular da 141DP, determinou o isolamento do local onde o automóvel está estacionado, e solicitou aos peritos criminais que realizem os exames para coleta de material datisloscópicos(impressões digitais), e outros vestígios, possíveis cápsulas deflagradas ou projetis (para confronto balístico), bem como material orgânico (cabelos, pelos, etc) para futuras comparações de DNA...

O carro, inicialmente, fora dado como abandonado, mas assim que os policiais civis checaram a placa do veículo no sistema, para constatar a procedência do carro, houve a constatação de que o VW Gol era do padre morto com cinco tiros, tendo seu corpo sido encontrado na Estrada RJ 158, Campos-São Fidélis...

Com isso, a possibilidade, ainda não descartada pela polícia civil de latrocínio (roubo seguido de morte), perde força...

Ri de quê...?

Dia 28 de outubro, dia do Servidor Público...

Sinceramente, pelo menos nós, servidores estaduais não temos o que comemorar...Só lamentar...

O (des)governo cabralzinho boca de fossa esbanja xingamentos e desapreço pelas diversas categorias sob sua administração, enquanto economiza em respeito e valorização profissional...

Um crime, com a cumplicidade generosa dos meios de comunicação...

Talvez por isso tenha perdido em quase todas as grandes cidades da área metroplitana do Rio, e tenha levado a prefeitura da capital por uma margem estreita...

Por isso a comemoração do dia do Servidor só pode ser entendida como um espetáculo de masoquismo doentio... 

faz alguma diferença...?


Sinceramente, me respondam os blogonautas:

A renúncia do allkayde macabro (foto) faz alguma diferença...?

Creio que não...! Nunca fez, e não fará a partir desss derrota acachapante de seu grupo(quadrilha)política... 

O (des)governo mais incompetente da história da política campista...

A julgar pelas mangas de camisa do allkayde, Guarapari, aí vai ele...!

Fotoreprodução: blog do Ricardo André. www.ricandrevasconcelos.blogspot.com

Espiral de violência...

Terror oficial...

Um ataque aéreo estadunidense matou 20 militantes talebãs no Paquistão...De acordo com as infromações do jornal El País, o ataque ocorreu no domingo à noite, na localidade de Waziristão do Sul, próximo a fronteira afegã-paquistanesa...
O ataque é um dos que se sucederam desde a determinação da administração bush jr em invadir o território paquistanês, sem autorização é óbvio, para "caçar" os militantes talebãs, e da Al Qaeda...
Dentre os mortos, está um importante líder talebã, Eida Khan, responsável por vários ataques a soldados estadunidenses no solo afegão...
Como se vê, para combater o "mal", os estadunidenses se nivelam aos seus inimigos e utilizam os mesmos métodos ilegais, ou seja, cruzar a fronteira...Com isso, a violência só aumenta a níveis insuportáveis, e as ameaças ao povo dos EEUU nunca cessam...


Ódio racial caseiro...

Para aqueles que imaginam ser a selvageria um "dom" dos pobres, estão aí os Ku-Klux-Klan e outras denominações debilóides estadunidenses para desmentirem...
Foram presos ontem, na localidade de jackson, estado do Tenesse, Daniel Cowart, 20 (foto acima) e Paul Schlesselman, 18...Com os dois, planos e armas destinadas a matar cidadãos afro-americanos e, por último o candidato democrata a preseidência, Barak Obama...Os planos previam o assassinato de 88 pessoas, e mais 14 por decapitação...Na comunidade racista de extrema direita, esses números são "cabalísticos"...Os dois serão processados por porte de armas não-autorizadas, conspiração para assalto a loja de armas com registro federal, e conspiração para matar candidato presidencial... 


Fora de controle...

Enquanto isso, a situação no Congo também escapa ao controle...A ONU evacuou seu pessoal da região, que explode em mais um dos intermináveis conflitos políticos e étnicos, alimentados por séculos de invasões estrangeiras, manipulação e divisão, patrocinadas pelas potências colonialistas...O governo de Joseph Kabila da maioria étnica hutu tenta, sem sucesso, conter a revolta liderada pelo general Laurent Nkunda, de etnia tutsi...Os guerrilheiros se aproxima de Goma, capital congolesa e a julgar pela violência dos últimos conflitos e massacres étnicos da região (com milhões de mortos, mutilados e seviciados) a perspectiva não é boa...Mas como lá faltam riqueza que interessem as multi-nacionais, nenhum país rico se incomoda...Afinal, só um bando de pretos se matando...qual o mal nisso...?


Fotos e fontes: Chicago Tribune, Washington Post, The Independent, El País, Uol, Al Jazeera Magazine.

Cópia descarada...

Mas vale uma boa idéia copiada, a uma péssima idéia original...

Fiel a esse conceito, após a ronda virtual, me deparei com uma indicação do professor Fábio Siqueira em seu blog...

Está aí a reprodução da entrevista de Lula ao blog Balaio do Kotscho...

Conferi a sugestão, e repasso a vocês...Gostem ou não, discordem ou concordem...Mas leiam...


27/10/2008 - 10:24

Presidente Lula/Entrevista exclusiva: “Desgastar o governo é uma imbecilidade”

Apurados os votos, no dia seguinte à eleição cada um faz suas contas de quem ganhou e quem perdeu. Políticos e jornalistas de todas as latitudes fazem suas análises sobre os resultados.

Achei melhor para os leitores do Balaio ouvir a opinião de quem entende de política um pouco mais do que eu: o presidente da República, meu amigo Luiz Inácio Lula da Silva.

Logo cedo, ele me recebeu contente da vida, no escritório da Presidência da República em São Paulo, num prédio na esquina da rua Augusta com avenida Paulista. É que hoje Lula faz aniversário (63 anos) e, assim que saiu do elevador, encontrou amigos, assessores, o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, e um bolo de chocolate com morango.

De roupa esporte, com sua jaqueta predileta que tem o brasão da República, ele me levou até a sua sala. Enquanto o presidente comia um pedaço de bolo, falamos só de dois assuntos _ a eleição de domingo e a crise econômica sem data para acabar.

Em seguida, ele teria uma importante reunião com Meirelles para fazer um balanço dos efeitos da crise econômica no Brasil e no mundo. Falariam também sobre a importante reunião do G-8 ampliado, no próximo dia 15, em Washington, para a qual Lula foi convidado pelo presidente George Bush.  

Os dois assuntos acabaram se misturando no meio da conversa, quando Lula criticou quem joga na crise para tirar dividendos políticos com vistas à eleição de 2010.

“Lamentavelmente, temos um grupo de pessoas no país que está pedindo a Deus para que a crise chegue logo ao Brasil para desgastar o governo. O que é uma enorme imbecilidade. O Brasil não merece ser prejudicado porque nós fizemos as coisas certas e não temos que pagar pelos erros dos outros”.

A seguir, a entrevista com o presidente Lula: 

Balaio: Está todo mundo hoje fazendo contas e análises sobre quem ganhou as eleições municipais. Para o Presidente da República, qual foi o resultado mais importante?

Lula: Quem ganhou estas eleições foi o processo democrático brasileiro. Foi mais uma eleição que transcorreu da forma mais tranquila possível. E foi uma eleição atípica porque todos os candidatos, do DEM ao PT, defenderam as parcerias com o governo federal. Como o povo está satisfeito, ganharam todos os prefeitos de capitais que disputaram a reeleição, menos o Serafim Corrêa, em Manaus. O povo mostrou que sabia o que queria. Quer manter as obras que estão em andamento em cada cidade.

Balaio: Mas, do ponto de vista dos partidos, quem cresceu e quem perdeu votos nestas eleições?

Lula: Três partidos perderam: DEM, PSDB e PPS. Os três partidos da oposição foram os que perderam mais prefeituras. E os partidos da base do governo todos eles cresceram: PT, PMDB, PSB, PCdoB, PP, PTB, todos.

Balaio: Em número de votos e de prefeitos o grande vencedor foi o PMDB, que agora está sendo apontado como o fiel da balança para a sucessão presidencial em 2010.

Lula: Ainda é muito cedo para tirarmos conclusões sobre os resultados de domingo. Eu não trabalho assim com esta antecedência porque em política as coisas não funcionam automaticamente, uma eleição definindo a próxima. Eu me lembro do Mário Covas que teve uma grande votação para senador em São Paulo e foi apontado como futuro presidente da República, mas ficou em quarto lugar, em 1989. Quando o Quércia fez do Fleury seu sucessor em São Paulo, também saiu em capa de revista como futuro presidente, mas teve só 5% dos votos, em 1994. Não dá para fazer uma ligação robotizada entre 2008 e 2010. É incorrer num grande erro. Cada eleição tem sua própria história, seus próprios candidatos, uma é diferente da outra. É como no futebol. Eleição presidencial é um clássico, e clássico não tem favorito…

Balaio: Vamos mudar de assunto, presidente. A eleição já passou e agora todo mundo quer saber como ficará sua vida diante desta crise econômica globalizada. O que vai acontecer com o mundo? O que vai acontecer com o Brasil?

Lula: Com o mundo, eu não sei o que vai acontecer… A única coisa certa é que vamos ter esta importante reunião em Washington no dia 15 de novembro em que deverão ser tomadas medidas para controlar o sistema financeiro internacional. Temos que fazer a regulação porque ninguém pode brincar com a economia, a ponto de causar prejuízos para todas as pessoas do mundo, sem produzir nada, apenas com especulação.

Balaio: E como fica o Brasil nesta história?

Lula: Teoricamente, esta crise pode causar problemas ao Brasil, mas numa escala bem menor do que em outros países. No Brasil, temos um sistema financeiro mais sólido, não envolvido no sub-prime. Temos um mercado interno ascendente, com muitas obras financiadas pelo governo federal e por grandes empresas, como a Vale do Rio Doce e a Petrobras, que não vão diminuir seus investimentos. Temos uma exportação hoje muito diversificada, não dependendo apenas de um ou dois países. Agora, sabemos que está faltando crédito no mundo. Não há mais confiança entre os bancos, sequer para funcionar o interbancário (empréstimos de um banco a outro). Mas também neste aspecto o nosso governo, com suas reservas e o compulsório, com bancos públicos bastante sólidos, pode ajudar a combater os efeitos da crise. A Caixa, o Banco do Brasil e o BNDES vão cuidar de irrigar de crédito a economia.

Balaio: O que você diria para um cidadão brasileiro que te perguntasse se deve fazer um investimento ou esperar um pouco?

Lula: Falaria para ele investir. Outro dia, um sobrinho meu, o Rogério, que é caminhoneiro, veio me fazer esta pergunta. Ele estava na dúvida se deveria comprar um caminhão novo. Falei para ele: compra o caminhão.

Balaio: Mas nem todo mundo pensa assim. Alguns políticos e analistas econômicos já estão anunciando que a crise do fim do mundo está chegando por aqui e vai influir em 2010 …

Lula: Lamentavelmente, temos um grupo de pessoas no país que está pedindo a Deus para que a crise chegue logo ao Brasil para desgastar o governo. O que é uma imbecilidade, porque o Brasil não merece ser prejudicado. Nós fizemos as coisas certas e não temos que pagar pelos erros dos outros.

Balaio: Para terminar a nossa conversa, presidente: o que você gostaria de ganhar de presente de aniversário?

Lula: Já ganhei no sábado… O meu Coringão voltou pra primeira divisão

Como...?

Palavras do allkayde macabro em uma das colunas da folha de embrulhar peixe (ou de espalhar bosta):

“Quero encerrar com dignidade o meu governo e entregar todas as grandes obras que iniciei”. 

Bom, das duas uma: ou o significado da palavra dignidade mudou, ou o macabro está necessitado de seus "colegas" psquiatras...Só pode ser...Não acredito que tanto cinismo não seja patológico...

Concorrência desleal...

A Defensoria Pública Estadual, como todos sabem, é o único órgão com atrbuição constitucional para prestar assistência jurídica gratuita...

O surgimento da idéia de disponibilizar ao cidadão/contribuinte um servidor público de carreira, com conduta regida por um estatuto, e sujeito a fiscalização e avaliação de sua eficiência...

A Defensoria não é um favor, é um direito do cidadão...
O Estado reconhece que o acesso a Justiça não é equânime, ou seja, quem tem dinheiro tem mais chances de lograr êxito em suas pretensões, do que aqueles considerados hipossuficientes...

No entanto, desde sua criação, Defensoria sempre foi alvo de toda sorte de degradação da sua capacidade de atendimento...Poucos servidores, concursos esporádicos e insuficientes, falta de estrutura material e logística, etc...

Mesmo assim, a defensoria, às duras penas, contribui de maneira importante para que o fosso entre pobres e ricos diminua na prestação jurisdicional...

De olho nesse filão, o da assistência jurídica, algumas prefeituras passaram a "concorrer" com a Defensoria Pública Estadual, conspurcando assim nossas Constituições Federal e Estadual...  

A idéia de aumentar a rede de auxílio jurídico seria louvável se não fosse alguns detalhes.... e o diabo mora nos detalhes:
A ausência de concurso público para contratação de servidores municipais para a tarefa, entrega nas mãos de advogados, estagiários e funcionários improvisados a "prestação" desse serviço...
Não é leviandade supor que os "contratados" para essa tarefa sejam "apadrinhados políticos", e logo, o direito à assistência gratuita se transforma em "favor" concedido pelos grupos políticos que controlam o setor...
Outra questão importante é que a falta de carreira específica, impede que a sociedade possa cobrar as obrigações regidas por um Estatuto, ou qualquer outro compêndio regulatório...

Mas há uma suspeita mais grave...

A privatização "branca" dos recursos municipais...Como...?
Simples: Os casos mais "rentáveis", aqueles que podem conferir aos patronos das ações, ganhos de sucumbência generosos são "transferidos" para seus escritórios particulares, reeditando o ciclo de hierarquização e elitização do atendimento que, supostamente, a existência do órgão municipal pretendia combater....

Uma distorção tão grave quanto a que gerou a necessidade da Defensoria(segregação econômica), pois segrega pela pretensão apresentada ("causas grandes", "causas pequenas")...

O interessante é que a OAB, ou nenhum outro órgão de classe, ou entidade pública tenha se manifestado sobe o assunto...cumplicidade....? medo de contrariar o senso comum, de que o serviço seria útil...?Não sabemos...

Só temos certeza de alguma coisa: toda vez que os limites e parâmetros republicanos, formais e institucionais são substituídos por "improvisações" e relações precárias, quem perde é a sociedade como um todo...

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Saia justa...

Não há que se questionar a legitimidade do mandato conferido a rosinha napoleão...

Mas um dado relevante merece nossa análise...

De acordo com as contas do blog do Roberto Moraes, mais de 70 mil eleitores votaram branco, nulo ou simplismente não foram a seção eleitoral...

Esses números demonstram:

  • Existe um significativo setor da sociedade que não mais compactua com o modelo de gestão começado com o muda campos, que passou para as mãos dos herdeiros políticos dos garotinho, e que agora retorna ao controle de seus criadores...
  • rosinha napoleão, apesar da festa, tem uma margem de manobra muito restrita, pois esse eleitorado que se absteve, compõe um mosaico de pessoas que, certamente, espera o surgimento de uma alternativa política para redefinir o desenho da política local...
A despeito das regras, ou contas eleitorais, a verdade é que muito mais eleitores "votaram contra" rosinha, do que à favor...
É verdade que 70 mil votos rejeitaram ela e seu concorrente, mas isso só tem relevância para quem ganhou, e não para o derrotado...
Somados ao voto do defunto popozão melancia vianna, são cerca de 180 mil eleitores reticentes...

Será que o pessoal da lapa vai governar de fato e de direito, ou vai reeditar a velha forma: gastar rios de dinheiro em publicidade, para que a mentira mil vezes repetida vire verdade...?





Jogando para platéia...

Tudo bem que as eleições terminaram ontem, e a candidata eleita ainda está enebriada pelos vapores da vitória...

Mas alguém precisa colocar "um freio" rápido na rosinha napô...

Primeiro foi aquela história de presidente, agora vem com corte no salário...

Lugar comum entre 10 dos 10 políticos demagogos, a cantilena da diminuição de salário é sempre alardeada como solução moralizante...Não é...!

Bons salários garantem independência às autoridades...Não há nenhum problema, ou vergonha em prefeitos, governadores, presidentes, juízes, enfim, todos aqueles que ocupam lugares chave na cadeia decisória da República, ganharem bons proventos...

O problema dos salários não é o fixo, são "os extras", o popular "por fora", que vêm a reboque de expedientes escusos, da falta de transparência e da locupletação com a coisa púbica... 

Se a prefeita cumprir seu papel, moralizar os gastos públicos, definir as prioridades de acordo com os interesses da maioria, otimizar a máquina e respeitar a sociedade civil organizada, e não tentar cooptá-la, com sempre fizeram os garotinho, já valerá cada centavo dos 23 mil...

Em tempo: os assessores da rosinha napô devem lembrar que é hora de descer do palanque...!

Pensando bem, não foi assim que começou Fernando Collor...? Deu no que deu...!

TrOlHadINhas...

Vocês sabem, trOlHadinHas são perguntas incômodas, mas necessárias, como exame de próstata...

Vamos as perguntas da semana:

O que vocês preferem...?Um blog que fala mal de "todo mundo", ou um blog que vive a falar bem de si mesmo...?

Será que a bacharel de direito já recebeu proposta para algum ensaio fotográfico erótico...?Será que vai rolar uma "comissão" para seu dublê de "dotô adivogado" e "assessor de imprensa"...?

Onde será que ferrugem, o assessor predileto dos garotinho vai pousar nesse "novo tempo"...?

Onde anda a imelda marcos do pântano goitacá, a ex-última dama de arnaldo popozão melancia vianna...?


Cuidado...o ódio e a intolerância são educados e imparciais...!

Nos anos 60, um fenômeno assumiu formas definidas na política estadunidense....a tal da maioria silenciosa...Autoproclamava-se apolítica, imparcial e refratária a qualquer possibilidade de questionamento, que fugisse as regras que eles mesmos pré-determinam...

A maioria silenciosa é branca, racista e preconceituosa...professa uma religião com extremismo, em cada dez palavras, onze são graças a deus...De cada vinte frases, quarenta e duas são auto-elogios...Como um mantra...repetido até a exaustão para que todos acreditem... (lembram de Goebbels...?)
Sempre são vítimas...nunca atacam, nem se defendem, atraiçoam...!

Não suportam debate, ou qualquer outra admoestação...não reagem , conspiram...

Mas como todo falso moralista, acolhe e alimenta em sua vida privada os defeitos que aponta nos outros, e pior, pratica tudo que diz condenar...

Querem a igualdade da equação, sempre...! O resultado:zero...!

Pois nós acreditamos piamente no desequilíbrio da equação, ou seja, na diversidade e na liberdade de expressão...

Como diria o "oráculo" do filme Matrix, a resolução da equação com querem os Ku-Klux-Klan da planície é a solução final, a morte das opiniões, a harmonia da imparcialidade...o equilíbrio, ou seja fim igual a início...só o silêncio...

Boa parte do ideário xenofóbico, racista e extremista bebe nessa fonte filosófica: a perfeição equilibrada da raça ariana, para Hitler, a segregação da diversidade dos assassinos de Marthin Luther King, ou a pontualidade e os "bons" modos britânicos quando surravam Ghandi e seus seguidores....

A cultura ocidental está repleta de exemplos do ruminar da "maioria silenciosa e imparcial"...

Foram eles que se mantiveram imparciais e silentes frente a caça às bruxas dos macartistas...Eles que ficaram quietos enquanto os "hereges" queimavam na fogueira da Santa Inquisição...!

O sorriso afável e o tapinha nas costas é como "o beijo da morte" das máfias sicilianas....!

Cuidado, ele pode estar sentado aí do seu lado...Na missa, no culto, nos grupos de terapia, nos piqueniques de família, ou na tela de seu computador....!

São os galvão buenos, os william bonners, os jô soares, são os editoriais "imparciais" do extinto micróbio roberto marinho...É o caricato Cid Moreira, a voz do dono...! São os jogadores que beijam toda a camisa dos times que os contrataram, por ocasião da apresentação...!É o imbecil do pelé, que abandonou e renegou uma das filhas, e fala chorou pelas "criancinhas" no milésimo gol...!

Leia agora duas mensagens eletrônicas que recebemos de um desses seres  ignóbeis...Perguntamos...quem mudou, nós ou ele...?Será que a crítica agora fez efeito...?

Cláudio Andrade 
 para mim
 Mais opções  9 set
Caro Trolha!!!!! (ele ou ela).

Seu blog é extremamente interessante. Você possui um sarcasmo fenomenal e tenho por vc enorme admiração, mesmo quando pega no meu pé. Um forte abraço e felicidades.

Cláudio Andrade


O QUE HOUVE?  
 Cláudio Andrade 
 para mim
 Mais opções  30 set
XACAL!!!!

APESAR DE VOCÊ TER RETIRADO MEU BLOG DOS SEUS FAVORITOS CONTINUO SEU FÃ. UM FORTE ABRAÇO.

CLÁUDIO ANDRADE.  

Cabelo em ovo...

O PIG nacional insiste em atribuir uma derrota ao presidente sapo-barbudo...!

Os comentários de alexandre "gracinha" hoje no bom dia brasil foram a quintaessência do absurdo...

Contrariam a lógica e os números que eles mesmos divulgam...

Pois bem, guardadas as devidas proporções e peculiaridades do pmdb, partido da base aliada do governo, temos um resultado inexorável: o psdb e os demos encolheram em número de prefeituras, enquanto o ex-pt, psb, pc do b, pp cresceram consideravelmente...O ex-pt, por exemplo, pulou de cerca de 450 prefeituras em 2004 para mais de 550 esse ano...

Os PIGs são ótimos...quando há uma vitória, com um racha no psdb, como em BH, é mérito do Aécio...Quando ganha o kassab, derrota é do companheiro presidente...

A vitória no RJ é só do Cabral, e por aí vai...

Ora, ora...as eleições municipais têm um componente nacional reduzido, a exceção poderiam ser SP...e o RJ...Mas mesmo assim, o que pesa de verdade é a percepção do eleitor de quem será o melor gestor para os problemas municipais, com os quais ele, o eleitor/contribuinte convive diariamente...

Talvez essa seja a explicação do fracasso de gabeira...a identificação com césar maia e o caos administrativo que se instalou em sua gestão...!

Essa também pode ser a motivação do eleitor de kassab, continuidade e boa governança...pelo menos na visão de quem o elegeu...

A boa gestão administrativa, com certeza, ajudou a eleger candidatos apoiados pelos prefeitos,  ou os reelegeu, em boa parte dos casos...É uma tendência quase natural, consagrada no adágio popular futebolístico: "time que está ganhando, não se mexe."

Aliás, a fala do companheiro presidente é irretocável: o ambiente de estabilidade e tranqüilidade institucional, bem como os números, até então, favoráveis da economia, forneceram o argumento fundamental para que o eleitor desse preferência a quem já estava testado e aprovado...

Portanto, conquista não é do presidente, e não se transfere com seus altos índices de popularidade e apoio...A conquista é da sociedade brasileira, ou seja, o amadurecimento de nossa democracia e de nossas instituições... 

Lógico e evidente que o presidente fez o seu papel político-partidário, afinal, o partido é um capital político que ele tem que aumentar e preservar, pois através dos partidos é que se exerce a política, caso contrário, beiramos ao personalismo "bolivariano" de hugo chávez, por exemplo...

Mas o que fica dessas eleições vai além da mera disputa por hegemonia que tanto o PIG insiste em colocar como agenda prioritária...A população jé entendeu, e parece que já capaz de fazer suas escolhas sem a tutela de ninguém...nem do presidente, e muito menos da mídia golpista...

Mais do mesmo...

Não quero ser estraga prazeres...Mas parece que a relação com mídia vai permanecer a mesma no "novo tempo" da lapa...

Mudou só o nome, mas a "o jornalismo chapa branca" é o mesmo...

Pelo jeito Campos dos G. tem seu novo "diário" oficial...

E não digam que é ranzinice minha...basta ler e comprovar...

Parabéns a prefeita...minhas condolências a cidade...

Democracia é saber ganhar e saber perder...E continuo com a impressão que perdemos todos...Qualquer que fosse o resultado...

Mas é do jogo...

Não fomos capazes de construir uma alternativa, e em política não há espaço vazio, todos sabem...

A rosinha garotinho fez uma campanha para ganhar e ganhou...

Resta saber se veremos se repetir a mesma história...São ótimos de campanha, péssimos de governo....

Pode parecer estranho, ou vocês podem não acreditar, mas, sinceramente, quero "queimar a minha língua", e quiçá a prefeita eleita possa corresponder a espectativa depositada nela...

Foi eleita sob o signo da mudança, e para isso até exilou seu sobrenome político, embora em nossa rasa opinião, a mudança foi muito mais cosmética do que de conteúdo...

Acompanhemos a indicação do secretariado, será um sintoma importante das intenções da prefeita....

Não tenham dúvidas, o povo de Campos dos G. não tolerará mais decepção, e nós permaneceremos de olho...para aplaudir o que for bom (até porque essa é a obrigação do gestor público)e para denunciar o que sair dos "trilhos"... 

Esse é o papel de todos nós, e não podemos renunciar a ele... 

domingo, 26 de outubro de 2008

Obrigado, companheiros...

Aos companheiros que repercutiram negativamente, ou positivamente, o texto Cadafalso, meu obrigado...Em especial aos blogueiros Roberto Moraes, Fábio Siqueira e o farol do jornalismo, Ricardo André...

Pelo jeito os andróides-replicantes da blogosfera, que só "colam" e "copiam" ficaram um pouco frustrados...

Devem se perguntar: Poxa, eu sou tão imparcial e "bonzinho", tão "limpinho" e comportado, escovo minha "boquinha" com creme dental zé pelúcio todo dia, e sempre vou em socorro às mães e bacharéis de direito, por que ninguém me leva a sério...?

Alguém tem que explicar a esse pessoal, que opinião e retidão intelectual são capazes até de conferir credibilidade a pseudônimos...
Já o oportunismo insópido, inodoro e incolor é igual aos fogos de artício: sobe alto, é colorido, chama a atenção, mas no fim explode e vira fumaça...

Com o fim das eleições, os espaços chuchus(não têm gosto de nada) devem acabar, ou reduzir o ritmo...O prazo de validade das polêmicas plantadas para garantir algum espaço para negociar vantagens futuras, ou manter as "bocadas antigas", perdem a utilidade...
Vai faltar assunto também, pois com a pouca leitura e conteúdo cultural, estão fadados a mesmice da reprodução de notícias e comentários alheios...Como parasitas virtuais...

Pobres replicantes-andróides, condenados a viver da memória e da vivência dos seres humanos que tentam imitar...



Como diria o Ibrahim Sued: Sorry, periferia...!

Assinatura...

Essa consfissão de cinismo tem até assinatura...

Leia a nota do diário de espalhar bosta, e tire suas conclusões:

"O Grupo O Diário de comunicação (jornal e rádio) chega ao segundo turno da eleição em Campos consciente de que procurou colaborar, ao máximo, com a democracia. Buscou o quanto pode o equilíbrio na divulgação das candidaturas."

Coluna Painel Diário.

TRolhaDa da semana...


Essa semana não tem para ninguém...!

A "pobre" e "indefesa", mãe e bacharel de direito que disse, não disse, viu, não viu e usou e abusou dos seus "quinze minutos" de fama...

Ultrajada em sua individualidade, não hesitou a se expor, e a sua família ao maior vexame que alguém pode incorrer: a perda do bom senso e da credibilidade...

Tudo isso com o auxílio luxuoso dos jornais de espalhar bosta da região...Motivados pelos interesses que já conhecemos...

A bacharel de direito envolveu e trouxe para seu "oba-oba" até "experientes" causídicos, acostumados ao convívio das "raposas políticas locais"...

Ao que parece, a possibilidade do estrelato (???) enebriou os sentidos aguçados do jurista, e o fez ficar com "cara de paisagem"....!

A TrOlHada da Semana vai para a verdadeiríssima e crível bacharel...Será que é isso que ensinam nas faculdades de direito...?

Cadafalso...

Hoje é um dos dias mais tristes da minha vida...
Para quem acompanha um pouco o personagem xacal, já sabem que temos o péssimo defeito de opinar sobre tudo: desde cabeça de alfinete a combustível de foguete...o xacal está lá, tasca seu palpite sem medo de parecer ridículo, e na maioria das vezes, é justamente isso que se torna...!

Mas hoje, nossa sensação não é de ridículo...é de tristeza mesmo...!

Pela primeira vez anularei meu voto...!

É um pouco como disseram todos os leitores e comentaristas, uma anulação de si mesmo...
A percepção de que nenhuma das opções apresentadas é diferente, não na forma, mas no conteúdo, nos deixa impotentes...

O voto, junto com o exercício cotidiano da cidadania, é um dos momentos mais importantes para a definição e perpetuação de nossas espectativas no futuro...

A anulação é uma sentença de que não esperamos nada, não enxergamos futuro...!Pelo menos não um futuro que se encontre com nossas espectativas...

Pode-se argumentar que dentro do espectro atual, nossos desejos são exigentes demais...

Não...! não são...!
As escolhas é que estão niveladas em um nível muito baixo...

Será que é pedir demais que tenhamos gestores comprometidos com a coletividade, e não apenas com seus projetos políticos privados...?
Ou exigir transparência e eficiência na gestão de uma montanha de recursos, que parece nos soterrar em um pântano de corrupção e ignomínia...?
Será que é pedir demais termos uma imprensa menos "comprada" e manipulada...?

Enfim, será que é pedir demais algo melhor do que o telhado de vidro, ou o pecado capital...?

Não...! Creio que não...!
Queria ter o otimismo anestesiante daqueles que ainda acreditam ser possível retirar algo de bom de uma gestão desse ou daquele grupo, nascido na mesma forma...!

Porém não consigo deixar de fazer um exercício: 
Como não avaliar o passado, os atos, as gestões dos concorrentes para fazer meu juízo de valor sobre seus possíveis futuros governos...?
Com certeza uma boa dose desse juízo é baseado na confiança, mas essa confiança não pode ser alimentada apenas pela "fé"....
Ela deve ser fruto de uma relação verdadeira, de uma análise racional, e não apenas uma "invenção" dos especialistas de marketing...

Enfim, fomos "condenados" ao voto nulo, e apertaremos as teclas como aquele que aciona o próprio cadafalso sob seus pés...!

Mas esse é o preço da democracia, e não inventaram nada melhor para dirimir nossos conflitos...

Mas tenho certeza que hoje morri um pouco...
Foi o dia que disse a minha cidade: 
Tanto faz...