sábado, 11 de outubro de 2008

Lágrimas de crocodilo...

Um dia desses cismei com a expressão: lágrimas de crocodilo... 

Por que o crocodilo chora, e por que suas lágrimas são associadas a falsidade de sentimentos...?

É porque o réptil, quando fecha sua bocarra para triturar suas presas pressiona suas glândulas lacrimais que provocam as lágrimas...

Foi essa sensação que tive ao ver a foto do arnaldo popozão melancia vianna, na edição de ontem da folha de embrulhar peixe...

Ainda mais com o afago carinhoso do pastor hélio ano(r)mal, o campeão de votos de Vila Nova...

Uma cena emocionante...Lágrimas do ururau do telhado de vidro...

3 comentários:

Anônimo disse...

Peço aos que estão indecisos ou os que votaram na minha amiga Professora Odete que optem pela Alternância de Poder em Campos! Mesmo que não seja a sua opção original. É a opção possível!
Peço que não lavem as mãos diante do sangue das crianças maltratadas, de jovens desesperançados, de velhos desassistidos, de professores, médicos, dentistas, enfermeiros, técnicos os mais diversos, que não podem assumir sua vaga nos quadros do serviço público municipal, pois estes estão ocupados por grileiros do emprego legal. São cerca de 30 mil grileiros injustamente ocupando a vaga de um honesto concursado. Quantos eu conheço que esperam a sua chamada, após ser aprovado honestamente em concurso!

É diante disso que muitos esperam manter as “mãos limpas” nos aparentemente digno voto nulo.

Não meus amigos, o voto nulo é uma ação pilatesca. Ele não quer sujar-se na condenação de Jesus e abstém-se de julgar.
O voto nulo é um abster-se de escolher um que fatalmente nos governará.
“Mas eu não sujarei as minhas mãos com nenhum dos dois.”
Como não?
Ao anular o voto, abdicando do direito de dizer “sim” ou “não” a atual administração municipal, representada nesta eleição plebiscitária pelo Arnaldo, vê-se dois erros:
1- Manter-se em posição confortável e supostamente “acima do bem e do mal”. Qual o erro dessa decisão? Ninguém pode colocar-se em posição neutra diante de questões graves, pois somos
necessariamente cidadãos e vivemos de nossas escolhas.
A pretensa neutralidade pode estar escondendo um sentimento de superioridade.
2- Ao ser um beneficiário dos serviços municipais, podemos nos sentir um dia que abusamos em sermos usufrutuários que não puderam ao menos, participar da escolha.

Portanto, peço sinceramente o voto para Rosinha, com alternativa de reformulação total do primeiro, segundo e terceiro escalões do poder, o que fatalmente dará ares de renovação política, econômica, cultural, social e moral em nossa Campos.

Xacal disse...

renovação de rosinha napô:

ranulfo do vidigal;
tia telettubies freitas;
ana lúcia boynard papai noel da fenorte;
ferrugem, o homem de lata;
ave-linus;
suledil o andróide replicante;
hélio " o cordeiro";
feia mara;
barbosa "não lemo, nem escrevemo";
alcione, a salomé das saúde...

com um primeiro escalão desse, o que esperar do resto...?
só o resto

Anônimo disse...

descurpa o prozeiom mas só uma perguntinhazinha

E no cuzinho, vai nada não?