sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Notícias da vizinhança...

Começou na Argentina o julgamento histórico e inédito de um ex-presidente eleito...

Carlos Menem é acusado de tráfico de armas para o Equador e a Croácia, em dos maiores escândalos de seu governo...

Devido a esse processo, Menem passou 06 meses em prisão domicial em 2001...

Na primeira audiência, o ex-presidente se ausentou, e alegou problemas de saúde...

Junto com Menem, respondem seu ex-assessor, Emir Yoma, o ex- ministro da Força Área Argentina, Juan Paulik, o traficante de armas, Diego Palleros e o ministro da Defesa Óscar Cámilion...

A possibilidade de julgar e punir todos os cidadãos, independente do cargo que ocupem, ou ocuparam, reforça os pilares da cidadania...


Fonte: El País.

Nenhum comentário: