sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Faça o que eu falo,mas...

Não faça o que faço...!

Só assim poderemos entender a "mensagem" do governo, publicada no "diário oficial"...

De todos os lados, de acordo com interesses de cada setor (comércio, partidos políticos, imprensa, e até blogs) vai se construindo o argumento da inevitabilidade e do fato consumado...

Um estelionato político gigantesco...

Leia a nota do "diário oficial", e conclua por si mesmo:

"Terceirizados
A esperança dos terceirizados da Prefeitura de Campos está depositada, agora, na prefeita eleita, Rosinha Garotinho, que garantiu tentar entendimento na Justiça para manter os contratados que trabalhem até que se recupere receita própria do município e concursos públicos possam ser realizados."

13 comentários:

Eduardo disse...

Cara, a mulher esta tentando ajeitar as coisas e você atirando pedra.

Acho que vc devia usar seus poder extraordinários e virar Médico e ir atender o povo nos postos que estao fechados... que coisa owwww....

Você com sua enorme inteligencia sabe que nao ha como a cidade viver, de forma imediata, sem estes trabalhadores contratados. Para bicho te tentar confundir as pessoas com seus pensamentos radicais e intolerantes.

A mulher esta tentando não deixar a cidade em caus... deixa o povo trabalhar sossegado... e faça assim... se vc tiver uma ideia melhor.....post ai no seu blog,..que sabe sua inteligencia incomum nao encontre uma soluçao .

Ate agora estava engraçado ler vc, mas vc é uma pena... e não esta mais valendo a pena.

Bater por bater ou só pra dizer que esta batendo nao faz sentido.
Passar bem, vai se tratar brow.

Xacal disse...

Frase lapidar:

"tentando ajeitar as coisas"

é a cidade do "jeitinho"...

radicais e intolerantes são os que criticam e defendem as práticas republicanas...quem se refestelam e se locupletam nas boquinhas e "jeitinhos" são pessoas sensatas e equilibradas...

vá tomar no seu c(´), ó miliciano girondino da lapa...

e fala um favor a nós dois...vá procurar um blog de coleira para ouvir loas ao "jeitinho" da vossa prefeita...

Xacal disse...

editando: (...)e faça um(...)

Anônimo disse...

Eu leio o que eu quiser seu idiota.

Xacal vai se tratar, pois vc deve mesmo ser uma mácula em todos os ambientes que frequenta.

Deve ser um péssimo filho, um marido terrivel e brocha , um pai de se envergonhar ...emfim....um cara de merda.

É a vida é assim mesmo, em todos os lugares tem este tipo de gente- GENTE DE MERDA.

Anônimo disse...

Xacal

Como você, sou de opinião que os terceirizados devem ter os seus contratos rescindidos imediatamente.

Esse papo de que a prefeitura não funciona sem prestadores de serviço é balela.

Se fizermos um levantamento, do numero de funcionários municipais, em municípios do mesmo porte de Campos, vamos verificar que os estatutários são suficientes para tocar toda a maquina administrativa municipal. Basta ter uma gestão eficiente e fazer com que o pessoal cumpra o seu turno de trabalho e não use a prefeitura como bico.

Se isso for feito, certamente ainda vamos ter mais funcionarios do que a maioria dos municipios do porte de Campos, só que agora de funcionarios concursados.

Xacal disse...

mas sou um amante genial, pergunte a sua patroa, ó anônimo exemplar...

Xacal disse...

Engraçado, não....

Como a legião dos imbecis do politicamente correto não resistem a uma história triste, desde que bem "maquiada" com um apelo midiático, quer seja das crianças esperanças da globo, ou das matérias melosas da folha de embrulhar peixe...

Mas ao primeiro sinal da miséria como ela é, suja, fedorenta e com nariz escorrendo, nossos baluartes da solidariedade humana fecham o vidro do carro, mudam de calçada, ou berram pela força policial e pelos costumes, que deveria recolher essa "choldra", que polui nossas vistas...

Bando de hipócritas, cafetões da miséria alheia...

Está aí, basta denunciar a manipulação sentimentalóide que tenta empurrar terceirizados "goela abaixo", com a exploração vil da tragédia de uma criança, que os "parasitas da desgraça" correm a vociferar...

Que parasitas de merda...sádicos de merda...

eu não sou otário! disse...

se a madame rosinha conseguir um Novo TAC até a Prefeitura ter receita própria para realizar concurso vai ficar claro o poder do casal sobre o MP e MT , isso é grave, antes não podia? agora pode? a madame não desconhecia a origem da receita do município nem a justiça... que merda heim.
Não pode ter concurso para efetivar? processo seletivo para contrato temporário. Se trabalham , se são bons no que fazem com certeza passaram em qualquer avaliação, terceirização , licite as empresas , cumpra -se a lei !

Anônimo disse...

Tens razão, Xacal, quando se refere à Campos como uma cidade de merda...Afinal voc~e mora nela!!!
Seu merda!!!!!!!

Anônimo disse...

É Xacal...acho que vc vai desistir de teu blog neste governinho facistóide que se inicia...o patrulhamento é nojento, vc deve ser mais jovem, não conviveu com o autoristarismo tacanho do governo do primeiro damo... vai ter saudades do que se vai, te asseguro.

A minha discordância com vc é ter nivelado por baixo as duas candidaturas, achar que é farinha do mesmo saco...e não é, apesar das aparências. O do primeiro damo é orgânico, portanto mais letal para Campos, o outro é só um ajuntamento transitório... menos nocivo.

Não há política sem alianças, descolada da realidade.

Quer saber a nua e crua realidade? Neste ano de 2008, até a telhado de vidro foi gestada como pilar da estratégia política eleitoral vitoriosa do primeiro damo; cada passo de sua repercussão, minuciosamente estudado.

Não é a primeira vez na historia que a classe média entra de gaiata suscetível que é aos apelos moralistas de qq ordem, pela ORDEM.

boa sorte (pra quem acredita na sorte como obra do acaso),
Josélia

Anônimo disse...

Josélia, vc deve ta doida pra dar o cú neh, parte pra cima do Xacal que se ele tiver tomado algumas e feito a cabeça quem sabe ele te encara no escuro.

Anônimo disse...

Por aqui só andam, putas, viados, drogados e pscopatas como o Xacal.
Ô time ruim heinnnnnnnn...cruz credo.

Anônimo disse...

Política da insegurança...
A política de manutenção dos empregos do pessoal terceirizado é um atentado claro à democracia, aos valores constitucionais da igualdade, da isonomia e aos princípios da moralidade e legalidade. Traduz favorecimentos e, por conseqüência, aniquilação da justiça, na medida em que impede que outras pessoas tenham a mesma chance de obter um emprego, ainda que de forma temporária. O orçamento apertado não autoriza tamanha discriminação, sustentada em esquálidos e desleais argumentos, que induvidosamente não serão capazes de convencer o Ministério Público a firmar um novo TAC para a manutenção dos atuais contratos precários. Aliás, mesmo que um improvável TAC fosse assinado, não haveria, como se supõe, segurança alguma nem para os contratados, nem para o Município e muito menos para a sociedade, posto que continuaria sendo possível a propositura de ações para anular referidos contratos, inclusive por qualquer cidadão através da Ação Popular. É melhor governar com o olhar firme na Constituição Federal, não somente para ter segurança jurídica, mas também política.