sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Seria cômico...se não fosse trágico...

Exemplo de eficiência...

De acordo com os números divulgados pelos caolhos da cidade, um dos órgãos oficiais reminscentes do mandarinato macabro, são 500 pessoas desabrigadas em nossa cidade...

É realmente um drama, que merece nossa atenção, e que se soma a sucessão de tragédias que atingem esse pântano amaldiçoado pelos royalties do petróleo...

Mas não deixa de ser surpreendente, que uma das prefeituras mais ricas do Brasil, com orçamento maior que da muitas capitais dos nossos Estados, não consiga montar um esquema preventivo para a estação de chuvas, com a manutenção de um estoque de materiais destinados ao socorro de desabrigados pelas chuvas...

É patética e reveladora a entrevista veiculada pelos caolhos, com a última dama, e secretária de "desassistência social", senhora macabro...

O pedido de doações chega a ser um escárnio...Segundo a secretária,  os materiais não chegaram a tempo...pergunta-se: foram comprados com a antecedência necessária...? será que nenhum "gênio" da equipe do macabro conseguiu prever que comprar esses materiais durante a época das cheias, correria-se o risco de ficar desabastecido, devido a demanda de vários municípios...?

Não...nossos gestores adoram uma "emergência"...

Quando a secretária, comovida, diz que comprará do próprio bolso alguns colchonetes em uma loja local, para realizar, ela mesma uma doação, aparece um traço forte do (des)governo de seu marido: o improviso e as soluções "privadas", em lugar das formas públicas e republicanas do enfrentamento das crises...
A tal da "cordialidade" preconizada por Sérgio Buarque de Hollanda...


Lapidar...

Outro momento lapidar do programa caolhos da cidade foi a indignação do bob barby, em relação ao desastre ambiental que atingiu nosso rio Paraíba do Sul...
O jornalista (pelo menos tem diploma) se trai, e esquecendo-se que fez, ou faz parte do atual governo, sapeca em nossos pobres ouvidos: "quem tem segurança em consumir a água, quem pode confiar nas informações?"...

Ué...Não seria o papel do poder concendente (pmcg) exigir da concessionária(águas do paraíba) uma posição sobre os fatos, baseada na transparência e na credibilidade...?
Mas falar em transparência e credibilidade nesse (des)governo é como falar de corda em casa de enforcado...

8 comentários:

Anônimo disse...

Bob nunca discorda do E.T., o programa é patético...um toda hora olhando para o outro buscando uma confirmação positiva do comentário....derrepente pararam de malhar Garotinho....derrepente a prefeitura passa a ser boba, feia e cácá...fico pensando...quando teremos repórter isento de vínculos empregatícios junto aos governos locais? Até agora oq vejo são cabos eleitorais vestidos de jornalistas....
Chico Bento

Anônimo disse...

Não vejo a hora de se ter uma mudança nessa cidade. Mudança, será que teremos? Não sei...
Mudança de pessoas e de pensares. Não quero nem saber se melhor ou pior. Mudança que faça uma reviravolta no cenário tão desgraçado que está a nossa cidade. Olhando o Portal da Prefeitura e vendo a Secretária de Promoção Social se "lamentar" pelo ocorrido, acho que não só eu, como a comunidade inteira se inflama pela inércia, pelo desgoverno de descrédito do Sr.Mocaiber. Onde está a Secretaria de Obras dando o aval para construção desenfreada de prédios, as galerias obstruídas e tantas outras coisas?Ainda bem que tanto o Secretário de Saúde como o Gerente de Infra Estrutura , apesar de morarem no alto Pelinca tiveram as calçadas de suas casas alagadas com as últimas chuvas. Não sei se melhor ou pior mas, que desejo vê-los fora do poder, desejo.

Xacal disse...

Caro anônimo,

me preocupa que as mudanças sejam para melhor...

se é para piorar, manda a sabedoria popular que é melhor que fique como está...

o problema é que quem se anunciou como mudança, na verdade, é uma variação do mesmo tema...ou melhor: é a própria versão original do mal que assolou nossa cidade...macabro, arnaldos, sérgios mendes, etc, etc, são todos filhotes políticos da mesma niinhada da lapa..

Anônimo disse...

O termpo dirá quem está com a razão!!

Xacal disse...

Nossa mãe!!!

Será isso uma sentença, uma ameaça, uma visão do futuro, uma praga, ou uma benção..?

Cuidado, às vezes o tempo nos prega peças: descobrimos que ninguém tem razão, ou as razões são diferentes das que esperávamos que o tempo trouxesse...

Uma coisa é certa: até agora só perdemos tempo...!

Anônimo disse...

Xacal,
lembro-me bem que fiz referência a mudanças especificando se para melhor ou para pior.Também, tenho um olhar muito CUIDADOSO para o moço da Lapa que, bem esperto, poderá nos pregar uma peça. O certo é lançarmos nossa Fé em dias melhores. Tanto que amo a minha cidade, tanto que choro suas mazelas. Seu blog é crítico mas, nos favorece uma excelente leitura .

Flávia disse...

Xacal, tb fiquei embasbacada com o pedido de doações para ajudar as vítimas da enchente. Não que me negaria a ajudar, nunca, mas uma secretaria, de assistência, já mais do que acostumada com enchentes, com a grana que rola, pois há mais ou menos 15 dias, foram depositados mais de 200 milhões nos bolsos da Prefeitura por conta dos royaltes. Cadê essa grana???Me poupe, como vc disse, chega a ser ridículo, mas, só damos o que possuímos, então, não tem como exigir desse governo algo diferente!!

Flávia disse...

Xacal, por falar em cômico, tirei essa notícia do blog do Cláudio(??):A dispensa dos terceirizados vai afetar a Junta do Serviço Militar em Campos. Sem poder contar com esses trabalhadores, que foram cedidos pela Prefeitura, os serviços serão paralisados.
Caraca, até o exército depende dos terceirizados...pô, não vou nem dormir hj com tanta preocupação, realmente, muita falta vai fazer esse serviço...é sacanagem, né??Inacreditável!!Os jovens homens de Campos agradecem por não terem que perder um ano de suas vidas!!