quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Confusão entre público e privado II...

Hoje haverá a solenidade de diplomação da prefeita eleita no Teatro Trianon...

De acordo com o "diário oficial da corte cor de rosa", o pianista Artur Moreira Lima brindará os presentes com uma apresentação musical...

Quem pagou o cachê do pianista...foram recolhidos os devidos tributos...?

E mais: se a manifestação tem caráter privado, o Teatro foi devidamente alugado para tais fins, ou saiu dos bolsos do contribuinte...?

Um governo que alardeia ser transparente não pode deixar tais dúvidas em aberto...Afinal, se os primeiros atos do pré-governo já nascem sob o manto da confusão entre público e privado, o que nos reserva o futuro...?

20 comentários:

Gustavo Landim Soffiati disse...

Não seja tão cruel, Xacal. Moreira Lima veio como amigo de Rosinha. Ou você não se lembra que ele até deu depoimento favorável a ela no horário eleitoral gratuito?

Xacal disse...

Bom, caro Gustavo...

É bem possível que seja amigos, e que o show seja uma cortesia...

Nada demais...o problema é a falta de informação...pois sabemos até onde nos levam as "amizades" entre determinados setores (artistas inclusos) e os administradores...

Não é essa forma republicana e de "mudança" que foi proposta pelo "novo" governo...?

Pois bem, se essa forma não se manifesta em pequenos "detalhes", o que dizer das grandes empreitadas...?

E o trianon, foi emprestado ou alugado...?

Gustavo Landim Soffiati disse...

Deixando de lado a ironia que orientou meu primeiro comentário, penso que o Trianon deve ter sido emprestado. Afinal, trata-se de evento do poder público.
Mas, ainda quanto às "amizades", realmente é curioso que tantos se disponham a atuar gratuitamente durante a transição. Quem bancou o curso do final de semana? Como diz uma tia minha, só Roberto Carlos tem um milhão de amigos.

Anônimo disse...

Agora Campos vai mudar; observem as pessoas do "novo" governo municipal:

Ferrugem, Pudim, Ranulfo, Zacarias, Auxiliadora, Feijó, família Barbosa Lemos.

Anônimo disse...

cara, vcs nao tem nada de útil a fazer??

Procurando piolho na cabeça de macaco... que porre, viu.
Pessoas mesquinhas discutem pessoas, bora discutir idéias, vcs podem.. sei que podem.

Anônimo disse...

Xacal ,mas tu é chato viu.

"Hoje haverá a solenidade de diplomação da prefeita eleita no Teatro Trianon..."

Diplomaçao é uma solenidade pública, logo deve acontecer em um local público, ou o TRIANON é privado?

Ah tenha paciência, queria que Rosinha fosse diplomada aonde? Na sala da casa dela?

Vai tomar seu remédinhos xacal.

ops...sacal.

Anônimo disse...

Hoje pela manhã enquanto coloco meu tênis para minha caminhada vejo na tv o E.T. comentando sobre as chuvas e as enchentes e aquele Bambi comenta...."é...e ainda estão preocupados com os shows de farol". Me poupe Bambi!! Quem és tu para fazer comentário sobre esse assunto?? Logo você que sempre apoiava isso?? Passeatas Gay enquanto o povo agonizava em alojamentos feitos de isopor, fora as centenas de prioridades inúteis que inclusive voce ia para a tv divulgar....muita cara de pau sua Bambi!!!

Anônimo disse...

quem é Bambi que é ET?

Anônimo disse...

Gente, vocês estão confundindo tudo. A cerimônia de diplomação é promovida pela Justiça. Gastos e arranjos devem ser cobrados, portanto, do pessoal da Justiça que organizou e presidiu o evento. A prefeita e os vereadores são convidados, como os demais, creio eu.
Abraços.

Anônimo disse...

Como disse o comentarista acima a responsabilidade pela diplomação é da Justiça, desde a escolha do local até os atos da cerimônia. A posse é que é organizada pelos pelo cerimonial da prefeitura, mas só o básico, quaisquer "extras" (como shows) devem ser pagas pel(a) prefeito(a) ou partido.
Em 2003 até teve uma polêmica sobre uns shows na posse de Lula.
Mas seria pedir demais pro Xacal pensar antes de escrever qualquer coisa...

Gustavo Landim Soffiati disse...

O anônimo de 20:05 está certo. Sorte minha que só entrei aqui para ironizar. O questionamento que mantenho é em relação ao curso de fim de semana.

Anônimo disse...

Como foi dito acima, a cerimônia é de responsabilidade da justiça eleitoral, e não da prefeita eleita.

Gustavo, em relação ao curso, óbviamente não foi pago com o dinheiro público isto posso lhe adiantar, não tenho certeza mas creio que tenha sido gastos do PMDB-Campos.

Anônimo disse...

Xacal, será cada vez necessário a vigilância a começar pelo futuro Procurador Geral do Município. Ou bem ele defenderá os interesses da municipalidade ou bem os interesses pariculares da pessoa física do marido da prefeita. Falar pelos dois entes fica complicadíssimo.

Anônimo disse...

Ai meu deus...
Tá faltando um pouco de glamour nos comentários...Por isso, meu foco é outro...vamos falar de banalidades...que modelito foi aquele q a nossa prefeita escolheu(?)
Moda tbém é cultura!!!!!!!!!!!!
Ah, estão me dizendo aqui q foi presente...

Xacal disse...

Senhores,

A cerimônia de diplomação, ato realizado pela justiça eleitoral, geralmente um evento discreto(diferente da posse)se realiza na sede da justiça, em nosso caso o fórum, ou na câmara de vereadores...O xacal sabia exatamanente, e publicou o "post" como uma provocação a discussão...

Uma pena que os girondinos da lapa ainda se achem acima de qualquer suspeita e detentores de "um cheque em branco"...

Está claro, mais uma vez, que a "escolha" pelo trianon, para criar mais um "factóide" não foi da justiça, a não ser que os tribunais tenham embarcado no esquema de marketing do casal napô...

Ahhh...pela primeira vez vejo uma diplomação com show de piano...não há registro semelhante na história...e fica a pergunta: quem pagou o cachê...? a justiça eleitoral, a prefeita, seus colaboradores, o partido, ou foi um "favor" do artista...?

Agora, vejam vcs: se os milicianos da lapa pulam e espumam de raiva ao menor sinal de questionamento sobre temas "supérfluos" (nas palavras deles), o que pensar quando as dúvidas forem sobre "grandes temas"...?

Anônimo disse...

Realmente, nunca vi diplomação com show de piano, mas todas as recentes foram no Trianon (e a posse também). Agora, é fácil falar besteira e depois dizer que já sabia e foi só provocação... Imaginem se o Garotinho falasse algo parecido...

Xacal disse...

não entendi qual a relevância, se falei besteira, nada demais, vcs vivem falando besteira, e eu continuo a manter essa "espelunca" aqui...

o xacal já demonstrou por várias vezes sua autocrítica, e corrige seus erros...

embora haja uma distância quilométrica entre um blogueiro e um ex-governador e que delira em ser presidente, e que agora detém o controle de uma "prefeita"...tenho certeza que o alcance dos meus "erros" são bem menores...pelo menos para a maioria da população...

agora, retorno ao seu "ilustrado" comentário para perguntar: onde está a relevância: se eu sabia ou não de que a posse seria promovida pela justiça ou a dúvida sobre o cachê e os custos da festa...?

alguém já respondeu de onde veio o cachê: do bolso do casal napô, dos empreiteiros "amigos", uma cortesia do músico "amigo", quem sabe...?

não, não, o mais importante é saber se o xacal fala besteira ou não...

Vate Füder disse...

Esse Gustavo Landim por um acaso é primo de Beth Landim, secretária de Educação? Há, tá! Só queria entender...

Vate Füder

Vate Füder disse...

Aviso aos navegantes: a pronúncia correta de meu sobrenome (origem alemã) é "Filder", ok?)

Vate Füder

Gustavo Landim Soffiati disse...

O anônimo sob pseudônimo de 23:14 do dia 18 foi tão certeiro na pergunta que fez que parece já ter a resposta dela. Sou, sim. Mas poderia muito bem esconder meu sobrenome materno. Há algum problema em ser primo de Beth Landim?