sábado, 13 de dezembro de 2008

Dieta da improbidade...

Os argumentos do intelectual ave-lynus, em seu blog de coleira, que dedica a preservação e desagravo ao casal da lapa, beiram a patologia psquiátrica...

A ave de rapina da fcjol publicou um texto de singelo título: pura maldade...Onde procura justificar as ações de improbidade, as quais seus "donos" são réus como perseguição política...

Ora, ora, como se não bastasse a hipocrisia explícita, que esconde ser os casal da lapa os maiores pistoleiros e executores de reputação da região e do Estado, ainda há o expediente de macular a legitimidade do Judiciário e do MP por cumprirem os seus deveres...Alguém aí se lembra do marfran moraes, e de outros desambargadores nomeados pelo casal, que logo após, em sinal de "gratidão" prolatam senetenças favoráveis, como a extinção da inelegibilidade do casal, decretada em 2004...?

Mas o que mais assusta é a simploriedade dos fundamentos...ave-lynus repete como mantra que é tudo parte de um plano para impedir os planos eleitorais do napô e sua esposa...

Então quer dizer que candidatos, e mandatários nunca devem ser investigados...? Ou devemos conceder um habeas corpus preventivos à todos...? Deveriam ficar acima da lei...? Toda e qualquer apuração sobre seus atos estarão sempre sob o signo da suspeição, e da perseguição política...?

O mais estranho é que o casal e seus fanáticos seguidores só esperneiam, e não apresentam um dado sequer que possa desconstruir as acusações que pesam contra si...

Bom, quem sabe o napô e sua esposa façam uma nova greve de fome...Mas não vale comer jujuba escondido...

Pobre ave-lynus, o que tem que fazer para ganhar uma DAS1...

14 comentários:

Auci disse...

Ave-lynus é ótimo! por alguns instantes pensei estar lendo a Deeva. rs

Xacal, querido, embora nunca deixe comentários (dispensáveis, no meu caso... seus posts são sempre pertinentes e magníficos; seria "chover no molhado"), saiba que o leio sempre, viu?

E quanto a este post, especificamente, só uma coisa a dizer: eu sabia que veria, ainda, muita coisa antes de desencarnar, mas... eu olho, olho e, juro que às vezes não creio no que vejo e ouço. Afe!
:(

abração!

Tramem disse...

avelynus de rapina foi Das no governo Arnaldo Vianna, era diretor do teatro de bolso, se dizendo indicado pela arta perdeu a boquinha, e embora nunca aparecesse para trabalhar ficou mais um bom tempo recebendo o mesmo valor do Das 3 como prestador de serviços, fantasma tb não trabalhava, recebia generosas ajudas da FCJOL, tanto na gestão de chorando leite quanto na de luciana ( tem apelido?) recebendo por pesquisas , fotografias e venda a varejo de sua filosofia barata, de macabro recebeu mais de 16 mil por uma pesquisa que não fez e quer receber mais, a tal pesquisa custava mais de 30 mil, tb contam por ai que quando o cara foi preso foi o popozão que bancou boa parte das despesas para que a ave de rapina ganhasse a liberdade, bom todo mundo sabe o que ele passou a dizer de macabro e de popozão basta rever edições de seu jornal que lá está ele abraçado ao lado de "seu amigo arnaldo" mas era um Das 3 , agora por um Das 1, avelinus por certo entrega o que Vivianus mandar!

Turcão disse...

Pela pança que o menino maluquinho anda desfilando por aí ele deve estar se empaturrando das mariolas do macabro, hehe...

Anônimo disse...

Xacal, você é mais um "corno" do time que dançou....pena que é incorformado.
Tens mulher, não, panaca?
Vai que a Rosinha descobre que tu tá querendo dar pro Garotinho......
Karai, mermão, nas suas postagens só dá o Casal e sua equipe,meu!!
Tom-Pelinca.

Anônimo disse...

O que acham sobre essa materia que o Avelino postou sobre o Franklin?


Lobby por Franklin
Postado por Avelino Ferreira às 06:04
Parece até que está havendo lobby para que Franklin Cherene se eternize como secretário da prefeitura. Ele, cuja omissão quanto à corrupção na prefeitura foi denunciada por mim em diversas ocasiões, defendeu um modelo de gestão que nada tem a ver com o que está sendo proposto pela prefeita eleita.

Foi às ruas e defendeu Campista contra Pudim. Defendeu Mocaiber contra Pudim e, agora, defendeu Arnaldo contra Rosinha. Ou seja, não desejou ser pessoa de confiança do governo que se instalará em breve. Nem faz parte, como Zacarias Albuquerque, outro que defendeu uma proposta radicalmente contrária a que está para ser implementada, da cota dos partidos que se aliaram para dar sustentação ao governo na Câmara.

Então, não há como entender a insistência de alguns setores na manutenção de Franklin no Procon. É também um desmerecimento à pessoa indicada para substituí-lo. Além do mais, colocam-no como insubstituível e isso, sabemos, não existe em qualquer administração. Esquecem-se de que, quando assumiu o cargo, Franklin estava na condição de qualquer pessoa leiga no assunto.

A equipe que vai assessorar a prefeita eleita é competente. Ela escolheu sem pressa, mesclando técnicos e políticos afinados com as pastas que vão assumir. A quase totalidade dos secretários é de gente nova na administração municipal. Isso foi o que a maioria da sociedade queria e ela está atendendo. Mudança na maneira de pensar, mudança na maneira de agir

Anônimo disse...

Acordemmmmm!!!
Paulo Feijó, Zacarias, Aveseiláoq...que mudança!!! Kd Claudeci, Toninho Vianna e Fernando Leite?? Já que começou termina pô...

Anônimo disse...

Quer dizer então que a casinha da Lapa etá bloqueada pela Justiça????
Mas é só isso que está bloquado??

Marcelo Gato disse...

Pior é ter de ler o festival de erros, verdadeiros risotos de crases, no blog do "jornalista aculturado" do governo Rosinha. Um presidente de "fundação cultural" não pode escrever tão errado assim. Outros até podem, ele, não.

Anônimo disse...

O que acham de jogar um buraquinho, ta ai um site bom.... www.jogatina.com.br

jose carlos disse...

Arnaldo Vianna, anda muito quietinho e o meu palpite é que ele deve estar mexendo os pausinho$$$$ com a turma que ele sustenta em Brasília e no Rio para derrubar a qualquer prêço e a qualquer custo, pois dinheiro ele faz aparecer do nada para comprar até o presidente se for preciso. Pelo menos é o que dizem.
Precisamos investigar e denunciar os envolvidos com corrupção na justiça aqui do Rio e de Brasília também, chega de ser enganando e ser punido por sermos honesto e pagarmos nossos impostos em dia.

Anônimo disse...

Uma ação entre amigos. Um jogo de cartas marcadas. Assim poderiam ser descritos os esquemas de contratação irregular e desvio de verba da Saúde que, segundo denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), funcionariam no governo do Estado na época em que a prefeita eleita Rosinha Garotinho (PMDB) era governadora. O esquema, ainda segundo a denúncia, teria mais de R$ 100 milhões aplicados de maneira irregular e, destes, R$ 60 milhões teriam sido desviados. Pelo menos cerca de R$ 6,4 milhões teriam sido pagos em favor de empresas sem comprovação de serviço prestado ao Projeto Saúde em Movimento. Algumas dessas empresas doaram recursos para financiar a campanha da pré-candidatura de Anthony Garotinho à presidência República em 2006.
De acordo com a Ação Civil Pública 2008.001.377.406-7, assinada por seis promotores do Rio, o esquema de contratações irregulares de pessoas e serviços envolveria a secretaria estadual de Saúde, a Fundação Escola de Serviço Público do Estado do Rio de Janeiro (Fesp), e Organizações Não Governamentais (Ong’s). A ação e provas apresentadas pelo MPE levaram à juíza da 6ª Vara de Fazenda Pública (Rio), Geórgia Vasconcellos da Cruz, a decretar, na última sexta-feira, o bloqueio dos bens do casal Anthony e Rosinha Garotinho, do ex-secretário estadual de Saúde, Gilson Cantarino - que chegou a ser preso em 15 de julho junto com outras 11 pessoas, durante a Operação Pecado Capital - além de 26 réus.
Na ação, os promotores afirmam: "Constitui fato notório que o Governo ROSINHA GAROTINHO adotou um modelo de contratação de entidades privadas mediante dispensa irregular de licitação para execução de seus projetos, valendo-se de convênios firmados com a FESP . O uso da FESP para a execução de projetos do governo, contudo, foi objeto de inúmeras denúncias dirigi-das a órgãos de controle como os Ministérios Públicos Federal, Estadual e do Trabalho e o Tribunal de Contas do Estado".
Segundo as provas descritas pela Promotoria, para a execução dos programas e/ou projetos para os quais havia sido contratada, a Fesp sub-contratava entidades privadas, supostamente sem fins lucrativos, também mediante dispensa de licitação. Estas terceirizações realizadas pela Fesp, também sem respaldo legal, não raras vezes originavam outras novas sub-contratações, caracterizando as denominadas "quarteirizações" pelas quais se fornecia indiretamente a mão-de-obra necessária à execução das atividades-fins do Estado.
Os promotores afirmam serem inúmeras as ilegalidades detectadas no curso destas contratações, "podendo-se afirmar, sem sombra de dúvida, ter havido uma orquestração dentro da FESP quando da escolha das entidades que seriam ‘selecionadas’ para execução dos projetos de cada órgão do Estado, formando-se verdadeiro ‘jogo de cartas marcadas’, segundo o texto da ação a qual teve acesso a Folha.

Folha da Manhã (14/12/08)

O Bacalhau online disse...

Se não deu nada pra Arlnaldo, Mocaiber e essa cambada que ainda está roubando e desviando o restinho de recursos que restam nesse desgoverno Mocaber, vocês acham que essa armação toda contra Rosinha e Garotinho vai dar?
Fala sérioooooooooooooooooooo

Anônimo disse...

Xacal,
cada sociedade tem o escroque que merece...tenha nenhum dó...ele se ri por dentro.

Bonoi disse...

Esse "jornalistazinho" de merda não passa de um escroque.