quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Fim transitório da moderação...

A democracia não prescinde de medidas de força...Quase sempre impopulares...Assim é a moderação dos comentários aqui nesse blog...!

Como, aparentemente, os nossos problemas cessaram, voltam os comentários sem prévio controle...

Façamos justiça ao blogueiro co-irmão, Roberto Torres, lá do outroscampos.blogspot.com/...Sua reivindicação foi atendida...

Se os milicianos da lapa e os quadrilheiros de vidro não aprenderem a se expressar, voltamos com a mordaça...O que eles devem entender, é que o debate dos conceitos e argumentos (mesmos que com alguns exageros) é fundamental para que eles possam fazer a defesa de seus pontos de vista...

Caso contrário, vão ter que ler o que não concordam, sem poder retrucar...

9 comentários:

Gustavo Landim Soffiati disse...

Uma transição sem necessidade de equipe! E, curiosamente, com poucos comentários como aqueles cuja publicação se pretendia evitar. Entre seus sete últimos textos, o único comentado foi um sobre religião. Será que em função de já ter se passado o tempo da política - expressão de uma antropologia (da) política usada em tal campo basicamente para caracterizar o período eleitoral -, e, por conta disso, arrefeceram-se os ânimos?

Xacal disse...

Com certeza, meu caro...note bem que a temperatura tende a "subir" quando abordamos um o outro tema mais caro as facções que se engalfinham pelo poder...

Mas o fim da gincana eleitoral afastou naturalmente os milicianos e afins...ainda bem...

zeca diabo disse...

XACAL,
Se você é tão autoritário, agressivo, insano, ditador, desequilibrado, alterado, manipulador, debochado, hipócrita, cínico...
Imagina se dessem a você o poder de um prefeito como você seria nojento e insuportável. Vai brincar de voduzar os outros em outro lugar, você parece um verdadeiro bruxo.

zeca diabo disse...

Claro que as reações as suas postagens idiotas contra Rosinha e Garotinho, continuaram, só não eram publicadas.
O ditador era você, as regras eram suas, os cortes eram seus o Hitler era você.

claudiokezen disse...

Esse Zeca Diabo não me engana...essa coca é fanta...eu, hein!!

Roberto Torres disse...

Zeca Diabo, que tipo de reacoes plausíveis podem haver contra as críticas sempre fundamentadas do Xacal ao casal? Eu realmente fico curioso em saber que tipo de argumento um crente convicto do casal poderia usar numa discusao, sem ter que xingar, gritar e fanfarronar a vitória obtida com a ignorancia da populacao?

Zeca diabo disse...

Prefiro me calar diante de tanta ignorancia e o ódio de derrotados.
Vocês não se conformam, então pra que ficar aqui 10, 20 ou mais anos debatendo com meia duzia de ignorantes e gananciosos que perderam o jogo mas que se viciaram em Garotinho. Garotinho foi deputado estadual, prefeito de Campos por 2 vezes, Governador do estado, elegeu Rosinha governadora agora Rosinha se elegeu prefeita de Campos e a filha Clarissa se foi uma das vereadoras mais votadas do Rio de Janeiro.
Milhões de pessoas reconhecem os politicos que eles são enquanto meia dúzia iguais a vocês ficam aí tentando desmoralizar e tripudiar em cima dos nomes deles.
Vão procurar ser uteis em algum lugar porque isso que estão fazendo tem nome, é inveja e imcompetencia de chegar aos pés deles e fazer história como eles fazem.
Nunca na política do estado uma família de políticos obteve tantos reconhecimentos e aprovação como a família Garotinho está obtendo.

Xacal disse...

Esse depoimento do jeca diabo é um resumo acabado de pensamento girondino dos fanáticos da lapa...

uma carreira em queda livre, que teve que "recomeçar" pelo gueto que o lançou...

parem e pensem: quantos partidos políticos esse exemplo de líder já usurpou e saiu, após esgotar seu espaço...hoje, o napô da lapa se resume a cortejar zito, e se prestar a ser palanque para zé serra...

não falemos dos pecados capitais, da segurança s/a, do guilherme da tucum e suas fitas, etc,etc,etc...

ora, ora, ora..zeca diabo, esse argumento do sucesso eleitoral é o mesmo que sustentou acm na Bahia...

e aí, qual o legado do napô e sua "famiglia" para nossa cidade: uma ponte-piscinão, cadeia de papel...?

ou um modelo de gestão que gerou sérgio demente, arnaldo popozão e alexandre macabro...?

bom, nem adianta falar que o possível futuro dos napô é uma condenção por improbidade, e tomara, a inelegibilidade...

vcs, fanáticos do napô sempre dirão que as investigações se contaminam por razões políticas...mas quando se trata dos adversários do napô é justiça...

bando de pobres-diabos(zecas ou jecas)

Xacal disse...

PS: como sempre, nenhum argumento...nada que vá da desqualificação dos críticos e das críticas...

ahhh, mas querer que vcs sejam capazes de construir qualquer pensamento autônomo, é pedir demais...vcs não foram adestrados para tanto....pega, rola, deita, finge de morto...amigo, amigo, amigo...calma jecadiabo