sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Mais informações...

Todos sabem das restrições que fazemos ao PIG, e seu maior representante, a rede globo...
No caso do "terrorista italiano", Cesare Battisti, sobre o qual fomos provocados a opinar pelo Vitor Peixoto, do blog outroscampos, a vênus platinada manteve sua linha de fragmentar a informação para fazer valer sua versão dos fatos...

Há cerca de quatro dias, a rede globo, em todos os seus telejornais publica que o suposto terrorista teria sido condenado por crimes comuns na Itália, e não crimes políticos, como o réu e sua defesa reivindicam...Hoje, espremido no fim de mais uma matéria, a rede globo, sabe-se lá por que, resolveu estender sua cobertura, e possibilitar alguma chance de contraditório...

Vamos ao que entendemos da reportagem da correspondente Ilze Scamaprini:

O réu, Battisti foi condenado à revelia a prisão perpétua, ou seja, sem estar presente, o que contraria todos os princípios de direito, muito embora esse processo tenha se baseado em uma Lei de Exceção, promulgada na década de 70(Século XX), no ápice do combate às organizações de esquerda, naquele país...

As cortes italianas não permitiriam uma revisão processual, caso o Battisti retornasse...

Na Itália, não há distinção entre crimes políticos e crimes comuns, o que torna todos os atos praticados em nome da contestação ao regime, delitos equiparados a todos os outros...Ou seja, quando a globo, e toda a imprensa, e todos os outros reacionários rotulam Cesare Battisti de criminoso comum, o fazem em afronta ao nosso ordenamento jurídico, o qual estamos vinculados e sob o qual devem ser julgados os pedidos de asilo e extradição...

Na Itália não houve uma anistia, como houve por aqui, portanto, como já falamos, é legítimo que os países considerem os pedidos de asilo conforme a sua orientação jurídica, e não baseados em estatutos consagrados nos países que requerem a extradição...Essa, inclusive, é uma garantia de que perseguidos políticos possam recorrer aos princípios internacionais de direito, que porventura sejam desrespeitados em seus países de prigem...

Francisco Cossiga, o formulador da Lei de Exceção, que possibilitou a condenação, a revelia, de Cesar Battisti, hoje defende a anistia a crimes políticos, e em carta endereçada aos advogados de Battisti, reconhece que essa é a natureza dos crimes que praticou, e ainda, elogia e defende a posição do governo brasileiro...

Como dissemos, há várias nuances que merecem nossa atenção antes de embarcarmos nessa ou naquela versão...Definitivamente, não é Cesare Battisti que está sob julgamento, nem seu pedido de asilo: quem está sob julgamento é todo um sistema político-jurídico, baseado na execeção e demonização de movimentos políticos de resistência...

18 comentários:

discípula disse...

Parece que não tem nada a ver, mas tem: Para mim, Garotinho é um político de resistência. Teve a coragem de colocar a cara na reta sobre Corrupção na Prefeitura; tem sua linha de informação fragmentada por opositores sem causa para não fazer valer a verdade; Tudo o que é falado e escrito sobre ele vem sempre um: "teria sido"... "sendo investigado"... "supostamente"... e por aí vai...; Tudo o que é em relação a ele é estendido em cobertura para possibilitar alguma chance de contraditório; as pessoas vão ao que entendem e não ao fato em si; muitos princípios de direito são contrariados em relaçao a ele;vivem querendo fazer revisão de processo que não existe para arranjar uma forma de colocar os eleitores contra ele; vivem dizendo que ele vive na corte napoleônica...hehehe.
Garotinho, o "não -réu", vive sendo condenado a prisão mesmo não tendo cometido crime para tal...
No Brasil,não há distinção entre o que comete o crime e o que é acusado, o que coloca todos no mesmo saco, sem contar que aqui o não- réu ainda vira " farinha", é um saco isso! Nem usam da criatividade, é a mesma lenga lenga...
Ou seja, quando a "folha manhosa" e alguns Globs, (ops!)Blogs hehe e todos os outros reacionários rotulam Anthony Matheus de "populista", "lapeano",o fazem em afronta a que ordenamento juridico?? Com isso corremos o risco dele querer não mais ser Presidente. Quem vai pagar o prejuízo?.
Brasil que é lugar de tanta anistia, por que querem expulsar Garotinho??????????
Que o nosso querido Garotinho, como perseguido político possa recorrer aos princípios brasileiros de direito que porventura sejam desrespeitados justamente aqui, em sua terra de origem.
Dr Pá de Servente de Pedreiro ( vulgo Trolha),o formulador da confusão toda contra Garotinho, hoje, defende a anistia de Battist e deixa todos nós confusos quanto a não perdão do pequeníssimo crime de garotinho, seu conterrâneo, etc e tal.
Como a pá de servente de pedreiro ( vulgo Trolha) mesmo disse: Há várias nuances que merecem nossa atenção antes de embarcarmos nessa ou naquela versão...
DEFINITIVAMENTE não é Anthony Garotinho que está sob julgamento, nem seu pedido de paz, quem está sob julgamento é todo um sistema político- partidário baseado na execeção e demonização de movimentos políticos de resistência...

Bem, quem fica quem vai?
Eu já decidi:
Vem Battisti, pois o moço merece perdão.
Fica Garotinho, pois quem merece perdão é a pá de servente de pedreiro ( trolha).


Não fica zangado! O texto é seu mesmo. Eu jamas faria tal texto, mas isto é tudo o que penso sobre o "terrorismo" acirrado em nosso maior representante.

Algum advogado de Plantão?
Obrigada Jesus! Você sempre me ajudando, hein, afinal sou jumentinha... burrinha... adubando em qualquer lugar... comendo muito capim ... Obrigada!

Anônimo disse...

Por que "pá de servente de pedreiro" ? Não entendi.

Anônimo disse...

Discípula, você é uma chata à soldo!

Xacal disse...

eu não acredito em deus, mas se ele existe, deve ser um grande filho da puta...como explicar a "discípula"...? só pode ser vingança, à moda do antigo testamento...

assim temos, as pragas do Egito, Sodoma e Gomorra, O Dilúvio, e na era digital: a jumentinha...

prefiro ser queimado na fogueira da Inquisição...

Xacal disse...

é esse o tipo de gente que se produz na seita fanática da lapa...

aguardem, outros virão...e gritam: "morte aos infiéis"...

cínicos, calhordas, todos travestidos de boas intenções e discursos "sacros"...

mentem e distorcem todo o tempo, odeiam a crítica, tem verdadeiro pavor da democracia, embora a invoquem todo tempo...

manipulam os interesses e demandas da população, fazem acordo espúrios da calada da noite...prometem passagem a um real...qual nada, pura fantasia e estelionato eleitoral...

proíbem as fitas da tucum de serem publicadas, por que...?

pedem HC preventivo, por que...?

fazem uma ridícula e falsa greve de fome, chantageam, esperneiam quando investigados, por que será...?

comem no mesmo coxo dos segurança s/a e pecadeiros capitais, e dizem nada saber...mas essa regra vale para todos mundo, ou só para os "inocentes" napoleões da lapa...?

"compram" vereadores com emendas, e trazem para perto de si os cúmplices do telhado de vidro, que dizem ter denunciado...por que...?

são réus em ações de improbidade, mas fingem que elas não existem, e vivem em um mundo imaginário...por que...?

é esse o tipo de gente que nos governa, e ainda paga discípulos imbecis para fazer uma defesa tosca, melosa e sentimentalóide...

vão todos dar o cú para o capeta...!

Jamú disse...

Prejuízo de Garotinho NÃO ser candidato à Presidência?!

... é... talvez os programas de humor percam uma excelente oportunidade.


Oh, my godness! No more words.

discípula disse...

Porque a palavra "trolha" significa "pá de servente de pedreiro", só isso.

Mais um informação sobre...

Roberto Torres disse...

Sempre soubemos da má fé congenita de Garotinho e seu grupo.., principalmente no cultivo e na instrumentalizacao da ignorancia do eleitorado e da crítica como forma de se legitimar no poder. Mas eu nao sabia que tinha também a ignorancia articulada, descarada, de militantes como essa senhora. Imagine a quantidade de bobagens que ela deve falar o dia inteiro com os vizinhos...

discípula disse...

Tá vendo quem mente? Vc está dizendo que sou paga por ele para fazer isso. Pois é. É assim que muitos fazem.

Não estou sendo paga.
Estou pagando. Só isso.

Não estou aqui por causa do Garotinho, em sim por causa de "todos" os "garotinhos e garotinhas" deste Brasil, que precisam acordar enquanto é tempo.

Ninguém acredita que alguém faça algo de graça...com graça...

Em momento nenhum, te ofendi e nem ofendi sua "não- fé".
Usei apenas de argumentos que podem ser usados... ou não podem???
Tudo bem, não faço mais isto aqui,eu sabia lá que não podia???? Afinal o blog é seu.Tira o comentário. Como vc escreve muito bem, pensei que vc ia fazer uma réplica. E seria até interessante!!!!! Porque do jeito que vc é inteligente já sei no que ia dar:Eu ia acabar "treplicando" :"Ôpa! Vou tirar meu jumentinho da chuva..."
Eu já estava esperando, afinal antes de comentar aqui, procurei ver seu estilo Xacal de debater...

Amo debate, e isso é o que torna interessante para nosso cérebro, não?

Ou Blog não é para debate???
Não é essa a intenção???

Tudo você fica com raiva.
Não to aqui para isso.
E com está. SAIO DE VEZ.
PRONTO. VC ESTÁ LIVRE PARA DEBATER só com os seus.
Como vc disse, desde o início, em outros campos...: " Ninguém te suporta por aqui..."

Fazer o quê, Xacal.

Um dia, depois que o tempo passar, quem sabe, nossos netos se encontrem por ai, e vamos dar boas rizadas de tudo isso aqui.

O mundo vai de mal a pior, e tomara que vc suporte o que está vindo por aí. A globalização não perdoa, cara. Seremos apenas um número...

Que pena!!!! Para ser sincera, tava gostando de estar aqui...

discípula disse...

Torres, boa idéia!
Se eu tivesse a oportunidade de falar com cada vizinho, te garanto que cada um seria "um garotinho".

E como o Brasil precisa de crianças... pois na verdade adulto é muito chato.

Criança ama a Deus pelo o que Ele É.
Anda na inocência, e acredita mesmo nEle.
Mas ás vezes, a criança é levada pela vontade de crescer. Torna-se independente e deixa de simplesmente crer.

E sem Fé, rodamos, rodamos, rodamos, e não vamos a lugar nenhum, pois sem fé, queremos manipular tudo e todos, pois não acreditamos que Deus intervém na História.

E se alguém me oferecesse qualquer dinheiro para eu mudar de lad, eu diria: Fica com teu dinheiro. Eu fico com a VERDADE.

E se amanhã, for PROVADO que Garotinho é tudo o que muitos querem que ele seja,quero apurar para não ser injusta e venho a público dizer: Infelizmente perdemos. Brasil, já era!

Se vocês pensam que Garotinho está me apoiando, vcs estão muito enganado. Não quero nada dele. Só quero a VERDADE> INTEGRIDADE> HUMILDADE.
COMPREI ESTA BRIGA PARA O BRASIL.

Agora é tudo ou nada.
Eles conheem a Bìblia. É só seguíla e terem o caráter de Cristo. SE partirem para outro lado, como muitos fizeram:
Tô FORA!
Como agora aqui.

Paz!Saúde! Alegria! E tudo de bom para todos nós.

Nâo vamos sair daqui zangados, e muito menos inimigos.

discípula disse...

Um perfil diz muito bem quem é quem. Leiam meu perfil no meu blog. Aquilo ali não são palavras apenas... aquilo é a mais pura verdade.
Somos o que falamos o que expomos e o que escrevemos e o que agimos.Não estou aqi escondida em meias palavras. Breve vcs saberão quem sou. E não será outra que não seja esta: uma jumentinha discípula, chata ( termo usado por adolescentes em colegio de segundo grau, como lutava com isso...).

Viu como tenho defeito? Mas um dia chegarei lá. A Bíblia diz que estamos sendo aperfeiçoados até à Volta de Cristo.
Ele está Voltando. Creiam as pessoas, ou não. Não importa o tempo, cada segundo é uma eternidade.

Quando vier o "chip obrigatório", todos os que se dizem livres vão colocar e ficar nas mãos dos "Grandes".

Vamos ver no que vai dar isso...
Parece "história de carochinha"....mas as evidências estão aí, basta ler entre as linhas.

Entre estar nas mão dos grandes, prefiro estar nas Mãos do Todo Poderoso que é JUSTO.

fim

Anônimo disse...

Já vai tarde....

Anônimo disse...

Boa viagem(sem regresso).

Anônimo disse...

Às favas! Lembremos do processo que conduziu à condenação dos criminosos de guerra e líderes nazistas, uma completa aberração jurídica que solapou as mais comezinhas garantias processuais, como o juiz natural e a imparcialidade judiciária. O Tribunal de Nuremberg foi de exceção, criado unicamente para julgamento dos acusados, tendo, para tal, como julgadores dos vencidos os próprios opositores e vencedores.

Seria melhor deixá-los livres?

Então, eis que se começa uma nova cantilena, agora por conta desse criminoso, Battisti.
Extradição sumária, às escuras, em tempo record só aquela que despacha 3 coitados de volta às garras da ditadura castrista.

O governo Lula, cujos lucros dos bancos são records, sustentado pelas classes baixas e média, cujas brechas tributárias permitem que grandes fortunas não sofram tributação, cujas relações de poder são dignas das mais repulsivas combatidas pelo Partido dos Trabalhadores durante sua história, sempre dá um jeito, vez outra, recorrendo a um atavismo ideológico que faz ressurgir tudo que há de pior nos valores comungados pela esquerda, entrecortando seu governo que deve pouco à direita, menos ainda à esquerda e nada à corrupção. Tudo em prol da governabilidade.

Roberto Torres disse...

O último anonimo tenta mobilizar uma boa retórica para sustentar seu argumento liberal para condenar a história da registencia de muitos movimentos em regimes policiais escancarados, como se elas no fundo fossem a mesma coisa dos criminosos nazistas, que embora tenha sido julgados em regimes de execao juridica, podem ser julgados moralmente ao longo da história; e isso nos obriga a diferi-los de movimentos de registencia como houveram muitos no Brasil.

Mas, como manda a bao tradicao do liberalismo realmente existente, o argumento apela para homologias difusas, sem qualquer conexao das partes entre si. Onde o seu argumento vincula a "má fé" congenita da esquerda com o crime congenito do nazismo é o terremo do oportunismo retórico, típico de nossa tradicao bacharelesca, a lá goytacá, onde se recomenda o uso ponposo das palavras para lubibriar o público.

Anônimo disse...

Roberto, pois veja só você, meu caro, a confusão dessa pangéia ideológica que se entregou a esquerda leva-lhe a atribuir a mim a alcunha de "liberal".
Seu comentário, afora os aforismos, só repisa aquilo que afirmei.
O governo Lula é a expressão máxima do que há de pior no liberalismo econômico (afrouxa-se o laço do patrão e socializa-se com o suor dos que batem cartão -nenhuma simpatia com aquele partidinho mambembe, apenas ironia-), somado às pinceladas socializantes para agradar a companheirada.
Institucionalmente a máquina permanece suja e lubrificada com as velhas práticas de outrora (para isso a entrevista do Protógenes na Caros Amigos de Dezembro é um deleite).

Rememoro acerca do imposto sobre grandes riquezas, que jaz na complacência venal dos poderes a espera de uma lei que o institua desde a promulgação de nossa Carta atual, que já o prevê. Defendo a desoneração da classe média e baixa que proporcionalmente são as que mais sangram na sanha tributária do Estado brasileiro. E ao final, o mais improvável ocorre, sou chamado liberal.

Veja que a crise de identidade chegou ao ponto de vestir-se inconscientemente daquilo que sempre causou repulsa e ainda repetir, tal qual um mantra, o velho bordão.

Liberal e liberalismo deveriam ganhar verbete no Aurélio, algo como imbecil, estúpido, idiota cairia melhor, dada a usual falta de senso de seu uso.

A guinada à esquerda sul-americana, já pungida pela carga histórica, se deu justamente por aquilo que a direita sempre se mostrou incompetente em fazer e que é hoje o sinal de sua derrocada: unir-se. A fragmentariedade em que marcha a esquerda, seja por experiências totalitárias, seja por desvirtude de seus valores a levará também ao abismo. Mas sem desespero, tanto um quanto o outro permanecerão sempre vivos, a chama das incongruências e da dissimulação conferem sobrevida ao que já morreu há tempo, principalmente se somadas às paixões. Nada como um discurso bem popular e sentimental para domar o financiamento público da iniciativa privada e todos sorrirem.

Roberto Torres disse...

Caro anonimo, eu concordo com sua crítica ao governo Lula sobre o consenso político, cedendo ao liberalismo economico, em benefício do sistema financeiro. Mas discordo que isso tenha algo a ver com uma desvirtuacao da esquerda, uma espécie de "má fé" dissimulada como voce parece descrever. Isso tem a ver com a hegemonia do liberalismo economico em nossa cultura política, tanto no senso comum como na vida intelectual, de modo refratário em grande parte da esquerda, que pensa segundo os mesmos esquemas, apenas de modo invertido. O seu argumento continua refletindo, mesmo que voce nao tenha consciencia disso, os esquemas decisivos do pensamento liberal. Sao dois esses esquemas, e andam sempre juntos. Primeiro, a falácia de que há um Estado atravancador, tributarista, a mesma coisa que os tucanos pseudo-esclarescidos chamam de Estado patromonialista. O Estado é a fonte de nossos males, e esquerda foi meio que destinada para encontrar esse estado e dinamizar seu potencial maleficamente interventor. O outro esquema é a idéia de uma sociedade potencialmente virtuosa, nao fosse este Estado pesado e cheio de vícios... como se a máquina suja fosse outra coisa senao produto da mesma sociedade onde ele se cria.

Nao se trata de um rotulo, mas sim de uma classificacao precisa essa que eu dei a sua opiniao, e assim ela parece continuar. Por mais que voce possa parecer engajado contra o liberalismo economico, voce reproduz a forma de pensar dele.

Anônimo disse...

Senhores me apresentem a diferença de assassinato e crime político, que apresentarei um cretino. Quando o indivíduo se opõe a um regime não democrático considero um crime político. Mas temos em mãos um comunista que fez barbaridades em sua pátria se refugiou na França e correu, para o nosso país, mas todos estão esquecendo do caso dos boxeadores cubanos que vivem em um regime de esquerda e ditatorial que lá existe e quando pediram auxilio ao nosso governo o mesmo foi negado. Entao hipócritas comunistas que pregam a igualdade entre os outros todos sendo miseráveis enquanto o governo enche as burras com dinheiro público, já vimos isso na Rússia. Só rogo que Hugo Chaves e outros pseudolíderes sejam dispostos e que o governo vá para as mãos das pessoas de bem que trabalham e que pagam impostos e não que vivem deles.