sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Maldade refinada...

O embate entre o complexo propagandístico da lapa, que alguns teimam em chamar de veículos de comunicação, com seus antagonistas da folha de embrulhar peixe tem nos brindado com momentos sui generis do "jornalismo pantanoso goitacá"...

Hoje, o "patrão" da folha de embrulhar peixe acertou o tom, e destilou rara ironia...

Quando fala da "idade" do napoleão da lapa, e compara com a posse do jovem Barak Obama, o "patrão da folha de embrulhar peixe" toca em um assunto caro ao perón da lapa...

Como todo político com traços caudilhescos, é necessário a impressão de uma imagem forte, uma marca junto ao seu eleitorado...Pode ser a do vingador, do caçador de marajás, do moralista, e no caso do peter pan da lapa, essas características estão associadas a sua jovialidade e mocidade, reveladas pelo apelido que adotou como nome, após plagiá-lo de um locutor esportivo famoso da capital: "garotinho"...

O efeito colateral desse apelido é justamente a passagem do tempo, que o transforma em um político com prazo de validade...Ou alguém conferirá credibilidade a um "garotinho" com 70 ou mais anos de vida...?

Daí sua neurose alucinada em chegar o quanto antes na presidência da república, objeto de seu delírio megalomaníaco de poder...

O "patrão da folha" sabe disso...e alvejou bem na mosca...ou serão "moscas"...?


Alguns entenderam, outros não...

4 comentários:

Anônimo disse...

Rosinha e Garotinho vão processar ator Eduardo Moscovis
Em entrevista à "Veja", ator disse que se inspirou no casal para compor personagem assassino, seqüestrador, corrupto e chantagista


Tamanho do texto? A A A A
A governadora do Rio de Janeiro, Rosinha Garotinho (PMDB), e seu marido, o ex-governador e atual secretário de Governo e Coordenação do Estado, Anthony Garotinho, processarão, por calúnia e difamação, o ator Eduardo Moscovis, da Rede Globo, que interpreta o prefeito mau-caráter de Vila São Miguel, Reginaldo, na novela das 20 horas, "Senhora do Destino". Em entrevista à revista "Veja", Moscovis disse que se inspirou no casal Garotinho para compor o personagem - um político assassino, seqüestrador, corrupto e chantagista, que age em cumplicidade da primeira-dama, Viviane, interpretada por Letícia Spiller.

O vilão da novela é um político populista, característica que adversários também atribuem ao Garotinho e Rosinha. Mas as semelhanças param por aí. Além de corrupto e chantagista, o personagem Reginaldo planejou o seqüestro do próprio filho, matou o seqüestrador e ajudou a pôr a mãe, a heroína Maria do Carmo (Suzana Vieira), na cadeia.

"Eles (Rosinha e Garotinho) ficaram indignados pelo aspecto ofensivo, gratuito e injustificado das acusações", disse o secretário de Comunicação Social do Estado, Ricardo Bruno. Segundo Bruno, o ator será acionado pelo advogado particular dos Garotinho, Sérgio Mazzilo. A Procuradoria Geral do Estado estuda se pode processar Moscovis, uma vez que a declaração atingiu a governadora. À revista, o ator declarou que Reginaldo é uma "homenagem a eles (Rosinha e Garotinho)".

Anônimo disse...

PROCESSAR???
Nada disso..............
Depois dessa novela,ELES GANHARAM as eleições em CAMPOS FORMOSA...........

Anônimo disse...

Pois é, cada indivíduo é capaz de alcançar ou não determinados níveis de leitua de acordo com sua capacidade intelectual e bagagem cultural. Não dá para exigir muito de determinadas pessoas.

Anônimo disse...

E a novela vai ser reprisada em "Vale a pena ver de novo".
Hahahahahahahahahah