sábado, 10 de janeiro de 2009

O fim da picada...

O apelo dramático do perón da lapa em seu blog, reproduzido em outros blogs de coleira é um acinte contra a inteligência do eleitor, inclusive, e principalmente os seus...

Dividir a responsabilidade pela fiscalização e controle da "biografia" das pessoas chamadas a "colaborar" com o "novo" governo é transferir à população uma prerrogativa exclusiva da prefeita...Logo ele que não divide nada com ninguém...Ahhh, divide sim, é claro...só o ônus...tinha esquecido esse detalhe...!

Dirão os fanáticos e milicianos da lapa que o papel do cidadão é ajudar no acompanhamento e nas denúncias acerca dos atos e das pessoas envolvidas na administração...Tudo bem...

Ora, ora, ora...Mas não é o perón da lapa que cobra de todos os governantes, a exceção de si próprio, a total vinculação com as escolhas políticas que faz para compor o estafe governamental...?
Então é possível que Lula nada soubesse sobre o zé comandante dirceu...? E o macabro, pode ter sido enganado...? Ou essa ignorância é um privilégio exclusivo da segurança s/a e pecado capital...?

Se é possível que escape aos mandatários a ciência da vida pregressa dos seus auxiliares, como entender que esse critério não se estenda a todos os adversários execrados pelo napoleão da lapa...?

Que mudança, não...?

O casal de prefeitos deve de uma vez escolher qual o papel que desejam desempenhar...Não dá para ser um "torquemada papa doc madre teresa de calcutá"...

Esse tipo de comportamento dúbio pode "fundir" os dois neurônios de uma parte de seus eleitores...vejam bem, falei apenas da parte mais fanática...

4 comentários:

Tecnenfermaginando disse...

Bom dia Xacal!
Que belo sábado de sol teremos hj.

Pois é, o peron nunca (em nehuma esfera) soube trabalhar esta relação bônus/ônus.

Ele só se preocupa mesmo em ficar com os lucros, de qq situação, de qq espécie.

Mas sabe p q a divisão de responsabilidades?
Pq na hora da cobrança, há de dizer: "mas trabalhamos em conjunto, contei com o apoio da população!"

Pura hipocrisia.

Gustavo Landim Soffiati disse...

Acompanhe então o Fala Garotinho, que voltou ao ar hoje, e você ouvirá isso e muito mais. Para variar, estou na escuta.
Um abraço.

Xacal disse...

também já estou...

Vate Füder disse...

Essa é uma maneira simples que o tal sujeitinho encontrou para se livrar de culpa quando o nome de algum indicado seu (sim, porque é ele quem está indicando o staff da ex-posa) seja apanhado em alguma falcatrua.

Tipo se surgir algo como a Operação Pecado Capital, em que vários de seus secretários foram presos por desvio de dinheiro e outras práticas ilegais. Aí então ele irá para os órgãos de comunicação dizer que "não sabia de nada, não viu nada, e que a população é que tinha de ver isto", já que ele havia passado para ela essa responsabilidade de fiscalizar os atos das pessoas por ele indicadas.

Alguém tem dúvidas sobre isso? Alguém acredita no "caráter ilibado" de várias dessas pessoas que hoje ocupam cargos de confiança na prefeitura? Sobre algumas delas, basta recorrer aos jornais de alguns anos atrás.

Alguém se lembra de como Roberto Henriques saiu da presidência da Fundação da Infância e da Juventude? Alguém se lembra de como Ranulfo Vidigal saiu da prefeitura de São João da Barra? E outras coisitas mais sobre outras tantos que hoje lá estão?

Pode ser considerado sério um governo que abre espaço para um Feijó da vida?

Não se preocupem: toda a "farra" futura será culpa da população, que não tomou conta direitinho desse pessoal. Simples, assim, para o Napô da Lapa tirar a culpa de seus ombros.

Que nojo, hein?