quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

oab de coleira...

Ninguém poderá ser privado de suas opções e manifestações políticas...Esse é um direito inalienável...Todo cidadão pode declarar suas preferências...Aí está a base do Estado Democrático de Direito...

No entanto, alguns cidadãos vão além, e exercem sua cidadania através de mandatos e representações que lhes são conferidas pelos seus pares, nas mais variadas entidades: sindicatos, partidos, ongs, órgãos de classe, etc, etc...

Para cada um desses "cargos" há uma liturgia que, de um lado, amplia, mas de outro limita a ação dessas pessoas...

Não há problema quando integrantes de partido louvam as ações e qualidades de seus líderes...Aliás, esse é uma de suas funções...
Muito embora o aparelhamento do Estado pelo partido e vice-versa seja indesejável...

Porém, quando sindicalistas, representantes de classe, associações ultrapassam o limite da convivência democrática, que pressupõe apoio e crítica, e fazem uma declaração adesista e "puxassaquista" da pior espécie, algo está errado...muito errado...

Vergonhoso o texto do secretário e presidente da comissão de direitos humanos da oab, hoje, nas páginas do diário da corte cor de rosa...

Rebaixou toda a tradição de independência e dignidade da entidade dos advogados, que em tempos recentes, vem sido manipulada, perigosamente, em aventuras político-partidárias...

Com uma postura(ou será impostura...?)dessas, como esperar que a dita comissão possa revelar alguma denúncia ou crítica, vinculada as suas funções na defesa dos direitos humanos, em desfavor da prefeita e do governo, que idolatra em suas palavras publicadas e assinadas...?

Como ficará o conselho de segurança pública diante de uma manifestação dessas de um dos seus integrantes, que faz questão de vincular a entidade a sua pessoa, e ao sua rendição às hordas da lapa....?Esse é o tipo de relação republicana que norteia as ações de um conselho, ou de um conselheiro...?

Mais um duríssimo golpe em nossa lamacenta democracia goitacá...

Leia um trecho dessa lamentável demonstração de como usar uma coleira em um colarinho branco...Será que temos um candidato a "chefe do gabinete militar"...?

"(...)Outras características interessantes são: honestidade, vontade de ajudar a resolver os problemas sociais. responsabilidade, capacidade de observação, capacidade de falar em público, capacidade de distinguir prioridades, capacidade de organizar, dinamismo, concentração, disciplina, espírito de liderança, comprometimento e etc.

Quando a administração da prefeita de nossa cidade, muito bem, está de parabéns, nesses poucos dias, tem feito muito pelo povo. Não tenho dúvida nenhuma de que será uma administração eficiente, responsável, um governo do povo para o povo, e com certeza vai ficar marcado na história de Campos dos Goytacazes. Campos não será a mesma, vai ficar marcada por antes e depois de Rosinha.

Parabéns aos campistas, pelo privilégio de ter Rosinha à frente do governo municipal.(...)"

 

Secretário e presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB,Vice-presidente do Conselho de Segurança Pública

6 comentários:

Roberto Torres disse...

Eta gente ridícula... a OAB honra bem a tradicao campista de produzir seres humanos rastejantes...

Anônimo disse...

Falou em coleira,na OAB?
Pois saiba que o seu confrade de blog, o Cláudio Andrade, quer ser candidato a presidência da Ordem em Campos.
Durma com essa, cara pálida?

Anônimo disse...

Esse Claudio Andrade é um advogado (?) sem opinião.
No blog, só tem notícias coladas, tiradas dos jornais.
No programa de rádio dele é só pesquisa com ouvintes. Quando alguém quer saber alguma coisa dele, como advogado, ele diz que vai responder depois.
Uma lástima. Pobre OAB, entidade de tanta respeitabilidade em outros tempos.

Anônimo disse...

Tempos já foram em que a OAB era respeitadíssima.
Mas, já foram....

Anônimo disse...

coloca o nome desse baba ovo!!!

Axel disse...

Infelizmente a OAB, assim como parte do sindicalismo e dos movimentos sociais "chapa branca", termina, também, sendo vítima daqueles que pretendem fazer daquele espaço um trampolim auto-promocional... Lastimavél. Sinal dos tempos, já que a OAB, em tempos que manteve sua independência, pode ser uma importante defensora dos valores republicanos.

Mas fica a Pergunta, quem é o baba-ovo que escreveu essas asneiras?