quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Pediu arrego...

Quem não se lembra dessa frase dos tempos de criança...?
Quando colocávamos um oponente, durante nossos jogos e ritos de passagem, em situação de desvantagem, estendíamos o "suplício" até a rendição...

Foi mais ou menos o que fez o mega-hiper-super-power empresário Antônio Ermírio de Moraes, donos de um dos maiores oligopólios nacionais...

Após anos e anos a criticar o governo Lula, a louvar as virtudes do tucanato, e as teses do Estado mínimo, e todas as imbecilidades do Consenso de Washington, o selfmademan agora é mais um dos que se achegam para "mamar" na bolsa-empresário...pediu arrego...!

Como se não bastasse essa contradição(descer a lenha em um governo, para depois estender a mão), mantida a custa de muita hipocrisia, o grupo Votorantim afundou após "especular" no mercado, e tentar se beneficiar da farra dos derivativos e outras peripécias cambiais...Moraes não se cansava de criticar o setor financeiro e a política monetária de Lula, que em sua opinião sufocava o setor produtivo...
Pois não é que, justamente, o Banco Votorantim é que sugou o grupo para a beira do abismo...Quanta ironia, não...? E quem poderá nos salvar agora...? O chapolin colorado, batman ou super adam smith...?Qual nada...Vem aí bom e velho dinheiro do Banco do Brasil, que muito embora seja uma sociedade de economia mista(estatal/privado-ações), tem a maior parte de seu capital social controlado pelo erário...49% das ações do grupo Votorantim agora pertencem ao BB...logo, ao governo e ao contribuinte...

Antonio Ermírio de Moraes é gente que faz...!(lembram da propaganda...?)gente que faz merda e divide o prejuízo com todo mundo...
É o nosso primeiro beneficiário do bolsa-empresário...

Para quem era odiado pela Fiesp, a ponto de na campanha de 1989, Mário Amato "decretar" que se fosse eleito, 800 dos maiores empresários fugiriam do país, até que o presidente lulamolusco parece ter sido "bem domesticado"...
Primeiro rasgou a Lei para possibilitar a fusão BrTelecom e Oi, tudo às custas do BNDES, e para alívio e regozijo do rasputin de Brasília, Daniel Dantas(quem embolsará mais de 1,5bi)...
Agora abre as "torneiras" para o empresário do cimento...

Quem será o próximo...?

Esse post é dedicado a Maycon Bezerra de Almeida...



7 comentários:

Anônimo disse...

Xacal,
Acrescente-se, aí, as duras e intermináveis críticas do PT ao Proer de FHC, na época, salvação da "lavoura" financeira do país.
Assim, mais do que nunca, num governo progressista, como se apregoava, as teses conservadoras, tão combatidas, é que vigoram.
É o Brasil!

Anônimo disse...

O Brasil tem sido roubado desde do império,um bando de safados que os livros "oficiais"não contam, o que realmente vem acontecendo no brasil.Todo mundo agora quer ser "político",pois é sinônimo de inrequecimento ilicito,e esse carcará do Antonio Erminio,mais um 71,moralista,quer ser dono da verdade,e tá lá comendo sal grosso no cocho do poder.
valeu pelo artigo e um grnde abraço
carlos pereira(São Francisco de Itabapoana)

Marcos Valerio disse...

E o nosso bom e velho dinheiro dos impostos (pagamos até pelo puns) socorre mais um aristocrata, ou sei lá como chama essa classe!

Maycon Bezerra de Almeida disse...

Valeu Xacal, estamos juntos!

discípula disse...

E acrescente-se também os intermináveis dicionários e gramáticas novas que os brasileiros terão que comprar por causa dessa mudança sem propósito outro que não seja o de fazer brasileiro de palhaço.

Anônimo disse...

perfeita a definição: bolsa empresário

Anônimo disse...

se ele meteu o pau no governo Lula fez muito bem
FORA LULA