terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Péssimas palavras...péssima imagem...

Estava sintonizado na rádio educativa...Dentre os anúncios publicitários, que deveriam ser proibidos em uma rádio vinculada a uma entidade de ensino com o viés pedagógico, houve um de estarrecer...

Nas palavras do texto, lido pela locutora: "(...)A Santa Casa realizará partos humanizados(...)"...

Ué, quer dizer que todos os partos até agora foram bestializados...? Era obstetrícia veterinária...?

Pobres mães...

20 comentários:

claudiokezen disse...

A rádio educativa é um exemplo de deseducação no sentido da falta de preparo pessoal dos seus integrantes para exercer a locução radiofônica ou o jornalismo.

Anônimo disse...

É uma contradição lamentável ,pois a RE deveria ser um laboratório vinculado ao aprimoramento dos estudantes do curso de Comunicação Social.E a progamação musical... arrrgh! Cadê o Paulo André Barbosa???

Anônimo disse...

É, Xacal,desta vez vais perder a piada;parto humanizado é uma técnica que envolve as dimensões (biológica,espiritual e psicológica) que incrementam a qualidade de vida da parturiente e
do recém-nascido. Podes até achar bizarra a denominação,mas... Não foi bola fora da FM.

Gustavo Landim Soffiati disse...

Infelizmente, existem mesmo essas redundâncias. Basta lembrar de um lema já usado pela secretaria de educação: "Humanizando a cultura". Animais, vegetais, minerais, seres do reino protista ou monera produzem cultura?

Axel disse...

Sim, sim. Parto humanizado surgiu como uma alternativa ao parto que exige internação hospitalar e isolamento da gestante e do recém nascido.

A denominação pode não ser boa, mas que outra seria melhor?

rodrigocherene disse...

o Xacal não é tão HUMANIZADO assim

nem existe no dicionário a palavra XACAL, o mais próximo é a palavra abaixo

chacal

do Turc. shakal


s. m.,
Zool.,
quadrúpede feroz, da família dos cães.


paz

Xacal disse...

Bom comentarista das 12:17,

Não vou perder a piada...piada é a medicina ter que utilizar termos "humanizados" para encontrar "direferenciais" de mercado para denominar suas práticas...

Parto é parto...esses subgêneros são apenas para "consumo"...quem pode pagar pelo melhor tratamento, ótimo...enquanto isso, a plebe fica com os tratamentos "bestializados"...ou como vcs querem, "não humanizados"...

Quanto ao rodrigo...bom deixa para lá...não merece nossa atenção, deve ter sido um desses acidentes que aconteceu em alguma sala de parto bestializada...

Tecnenfermaginando disse...

Xacal, mandou bem aí nos comentários!

Abç,

Teresa

discípula disse...

Sabe, a coisa tá muito desumanizada hoje em dia. È falta de humanidade para tudo quanto é lado.

Nas palavras, no trato uns com os outros, o desumanamento chegou ao patamar até dos blogs!!!!!!!Sabia?

É muita desumanização!!!

Esta desumaneidade bestial antidialógica opressora entre os iguais e diferentes em alguns bloggers ( tá escrito certo?) ainda vai dar o que "não falar".

Haja humaníveis para suportar os desumanóides por aqui...

A falta de preparo humanístico dos integrantes para exercer a locução blogal é para deixar qualquer humano besta mesmo!
E a contradição lamentável está no não aprimoramento dos blogueiros. Cadê o Xacal????
Já sei. Tá procurando a piada perdida...
hihi...

Xacal disse...

díscípula, ou será "jumentinha"...vá dar o cú para o capeta...

tá bom assim, ou quer algo mais "animal"...?

discípula disse...

Você me desculpa Xacal, eu pensei até que você ia gostar do jogo de palavras e da brncadeira. Foi só uma brincadeira. Jamais pensei que você fosse chegar a esse ponto.
Eu te perdôo por isso... Que o dito cujo não te perturbe de jeito nenhum e que você tenha paz.

Retiro as palavras , retiro a brincadeira, não foi minha intenção te causar isso, pensei que você fosse levar na brincadeira, afinal vc brinca muito com todos. Usa de seu jeito... Meu jeito é esse... Mas tudo bem. Valeu. A discípula aqui tem muito ainda o que aprender.

Desculpa-me, por favor. Retiro o que disse.E, se quiser, pode tirar o comentário.
Não venho mais aqui, pode deixar.

Anônimo disse...

Xacal,
Trata-se da participaçäo de näo-médicos na assistência ao parto, em particular, de enfermeiras obstétricas, acreditando-se que o trabalho dos profissionais näo-médicos poderia ajudar a reduzir as intervençöes no parto. Parte do princípio que médicos e parteiras trabalham orientados por paradigmas assistenciais opostos, que em seu extremo, säo complementares: as primeiras, orientando-se pelos limites da mulher, e os últimos, pela da tecnologia; que os näo-médicos poderiam garantir o espaço do parto humanizado e naturalizado, em um tempo onde a obstetrícia médica mostra-se täo empenhada em antecipar-se à natureza; e que a assistência materna poderia ser substancialmente melhorada com a participaçäo de näo-médicos no parto.
É um tema controverso. Se por um lado o profissional não médico se propõe a garantir o parto humanizado, por outro não corresponde às necessidades de intervenção nas situações onde há intercorrências e complicações.
Talvez um trabalho conjunto seja a solução, se os lados conseguirem não ser os detentores absolutos da verdade

Anônimo disse...

Parto humanizado é na verdade uma questão de mercado. Os defensores do parto humanizado só querem atuar nos grandes centros, ninguém quer humanizar o parto no interior onde existe carência de profissionais médicos. Sem contar que é mais uma solução pobre, para pobres. Ou alguém já ouviu falar em parto humanizado para ricos? Existe parto humanizado na rede D'or?

Anônimo disse...

Xacal, você é meu ídolo, ou melhor sou seu fã.

Quando você manda dá o C'. ao capeta, e muitas vezes o quero falar. Voce e corajoso.

Anônimo disse...

Taí a explicação! É por isso que ele é assim esse menino o Xacal. Freud errou de novo, deveriam inserir mais uma fase no esquema da formação da mente (alma? sigaroto num tem não!): entre a vida intra-uterina e sua infância aconteceu algumtrauma porreta p/ ele ficar assim! Algum humanista de plantão humanizou o parto do Xacal. Mas não fique aperreado, vóis micê um dia vai ser compreendido.

Schopenhauer

Xacal disse...

Ué, jumentinha-discípula...a brincadeira só tem sentido na linguagem e no tom que vc escolhe...?

Se não vai aparecer mais por aqui, ótimo...seu fanatismo religioso lapiano não é bem aceito por aqui...muito embora, democraticamente, publiquemos tudo...

Mas, enfim: vc parece ter entendido, e resolvido queimar a rosca com o tinhoso...

Anônimo disse...

A NOVA COORDENADORA REGIONAL DE EDUCAÇÃO.

Uma reunião na manhã de hoje vai marcar o início da nova gestão da Coordenadoria Regional de Educação do Norte I da Secretaria de Estado de Educação. A professora Marinéa Abude de Cerqueira Martins assume a coordenadoria no lugar de Joilza Abreu Rangel, que por muitos anos esteve a frente do órgão estadual e, na primeira semana de janeiro, foi nomeada pela prefeita Rosinha Garotinho como atual secretária municipal de Família e Assistência Social, em Campos.

Fonte- O Diário

COMO PODE ELA TB ESTÁ NA EDUCAÇAO MUNICIPAL?

Portaria N° 0155/2009
A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE
CAMPOS DOS GOYTACAZES, no uso
de suas atribuições legais,
RESOLVE, designar, com base no
Decreto nº 001/09, Marinéa Abud de
Cerqueira Martins, para exercer na Secretaria Municipal de Educação, o cargo em comissão de Diretor do Departamento Pedagógico, Símbolo DAS – 03, com vigência a contar de 01/01/09.
PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPOS
DOS GOYTACAZES, 05 de janeiro
de 2009. Rosinha Garotinho - Prefeita

discípula disse...

Bem!!! Já que que vocês democraticamente publica os comentários, então eu posso continuar.
Olha, Xacal, por que esse ódio a mim? Fanatismo está muito ligado a uma posição sectária e violenta. O fanático é sempre intolerante, porque quer de qulquer maneira impor suas ideias e não aceita o diálogo.
Até pesquisei aqui para ver se estou mesmo nesta categoria... Você me assustou, sabia? Caramba! Eu fanática????

" O fanatismo é a intolerância extrema para com os diferentes. Um evangélico fanático é incapaz de diálogo e respeito para com um católico ou um budista. Um fanático de direita não quer diálogo com os de esquerda. Organizações como a Ku Klux Klan são intolerantes igualmente com negros adultos, mulheres e crianças. Por isso se diz que há em cada fanático um fascista camuflado, pronto para emergir em atos de exclusão e eliminação.

O semiólogo e filósofo italiano, Umberto Eco, reconhece que o protofascismo está presente nos movimentos fanáticos."

Bem, Xacal, se você me conhecesse de verdade, vc veria que não sou este bicho de 7 cabeças!!!!

OLha, eu procurei saber o que é "trolha". E encontrei: Pá de servente de pedreiro e figuradamente: pessoa insignificante.
Mas eu quero dizer a você que você não é insignificante não. Você pode ser até uma pessoa revoltada com algo muito mais forte que os "fanáticos", mas insignificante você não é. E, olha, nem ligo de você me xingar, sabia? Não me ofende. É a sua forma de expressão.

O Fanático é irracional, não gosta de diálogos, é agressivo, violento, estas coisas. E por eu não ser essas coisas, eu sei que não sou fanática. Religião torna mesmo as pessoas fanática,mas eu não tenho nenhuma religião. Admiro e amo Jesus porque este mundo vilento de reliosos fanáticos me cansou. Quero apenas a mansidão de Jesus. Só isso.

Ah... quero comentar sobre os palestinos e israel... Gostei muito do posted.
Paz!

discípula disse...

Péssimas palavras... péssima imagem.
Tchau!

Anônimo disse...

Quanto a NOVA COORDENADORA DE EDUCACAO,ESQUECEU QUE O SOBRENOME É O MESMO DA ESPOSA DO SR DEPUTADO ESTADUAL(DE 1 MANDATO SÓ)"ABUD"?????????????
é SÓ AGUARDAR O casalsinho,NA POSSE DA INDICADÍSSIMA(2 CARGOS-PREFEITURA E ESTADO)INDICACÃO DO MESMO DEPUTADAÇO............