sábado, 17 de janeiro de 2009

Quanta hipocrisia...

Muito se fala sobre Hugo Chávez...Creio, que geralmente, é perigoso traçar perfis ou vestir figurinos em mandatários cuja reputação seja construída apenas por uma parte dos interessados, nesse caso, seus opositores...

Mas não há como negar certos "cacoetes" autoritários no comandante bolivariano...

Agora, os reacionários de plantão, defensores da democracia de "mercado", hoje falida e suplicante por recursos públicos, vaticinam como uma manifestação autoritária a reforma constitucional venezuelana, que permite a reeleição do presidente Chávez...

Bom, primeiro é bom que se diga, que as mudanças foram realizadas dentro dos limites institucionais venezuelanos...Ou seja, dentro das regras...
No entanto, não sejamos ingênuos a ponto de desconhecer o poder de coerção e influência do poder executivo em outras esferas de poder...Como em todo lugar do mundo capitalista...Desde os EEUU até a Noruega...passando pelos primos pobres como Brasil e Índia...dentre outros...
Porém, ainda assim, as mudanças na Venezuela ocorreram dentro de um certo conjunto de regras...

Outro aspecto da hipocrisia dos nossos gendarmes do capital é esconder que tais mudanças sempre foram pretendidas por mandatários ao redor do mundo, quaisquer que sejam suas orientações ideológicas...Assim, a França barrou as pretensões de nova reeleição a Jacques Chirác, quando esse propôs a alteração, em plebiscito realizado no início da década de 90...
O "democrata e defensor dos interesses  democráticos" dos EEUU, o caçador de FARC, Álvaro Uribe tenta o mesmo dispositivo...O prefeito de Nova York acabou de conseguir tal façanha, no meado do ano de 2008, por margem apertadíssdima, na Câmara Municipal local...
Não esqueçamos, também, que o instituto da reeleição foi uma "invenção" do super-heróis dos democratas liberalistas do pensamento único, e estúpido: Sua Majestade Cardosiana...FFHHCC...o príncipe da sociologia, e rei do neoliberalismo mulato...!

Nem mencionemos os 20 anos ininterruptos de Margareth Tatcher no Inglaterra...Afinal, dirão os discúpulos do deus-mercado, lá é um regime parlamentarista...Ok, ok, ok....mas o tema aqui não é alternância de poder...?

Santa hipocrisia, Batman...!

14 comentários:

Anônimo disse...

Sim! Ovelha aprendiz com Jesus. Lendo sua postagem de hoje Xacal, vi que voce usou uma palavra sábia "hipocrisia", é sim... e como vivemos no meio de tanta! muitos querendo falar bonito mas por dentro... como sepulcro caiado. Muitos acreditam em pau, outros pedra e é isso aí, ficamos perplexos. Por isso devemos olhar pro Criador, pois assim deixamos de ser guiados por cegos ou mesmo de depositarmos nossa confiança em homens falhos.Gosto muito de um autor, onde ele diz que "feliz é a Nação, cujo Deus é o Senhor" , Jesus é autêntico, Era, É , e Sempre será, e nunca nos envergonhará.

discípula disse...

Querendo falar bonito??? nunca pretendi falar bonito... Esse é meu jeito jumento de escrever.

Já fiz isto muitas vezes aqui. Por que não poderia fazer isso? Não estou num blog de livre expressão? Esta agora não entendi!!! Pode acreditar. Entenderia a crítica em qualquer outro blog, mas neste, mais democrata dos blogs?????

Tá bom. Digo para o bem de todos: Tira xacal. Estou pedindo. Tira

Se o crente fica quieto, manso, paciente, etc, o crente é tapado.
Se o crente usa da palavra para confrontar, é hipócrita.

~Hipócrita é aquele que diz uma coisa e fala outra...
Eu jamais faria isso em outro blog, pois aqui para mim é o PASQUIM dos anos70.
Todos podem falar o que quiser, se expressar de várias maneiras, mas o crente, caro anônimo, sofre em todo o lugar isso que vc viu aqui.
Isto foi só um pedacinho...
Se ele estiver numa roda de bebida, todos insistem:bebe, deixa de ser bobo, iii é crenteeeeeee.Mas se ele provar a bebida, logo dizem: vc não é crente?

Asvezes para expor corações temos mesmo que nos sujar um pouco.

Não sou perfeita mesmo não. Ainda tem muita hipocrisia ( ah esta não esqueço mais)dentro de mim. E não só isso. Tem muita coisa que me deixa triste mesmo. Quando quero fazer o bem, o mal está feito.
To muito longe, muito longe de ser como Jesus.


Vc pensa que so tenho hipocrizia???? iiiiiiii lá vem o z... (hipocrisia, maisena, neusa...) Nâo. Tenho impaciência, intolerância ainda...
Como queria ser mais parecida com Jesus!

Queria muito ser como Ele.

discípula disse...

Por isso compreendo Xacal.

Anônimo disse...

Será que realmente essa turma da esquerda não vê que pessoas como Hugo Chaves só querem se dar bem, enriquecerem às custas do povo??

Tentar ver algo de honesto em Hugos Chaves da vida só pode ser coisa de muito ingênuo ou má fé.

Bincadeira!!"!!!!!

Anônimo disse...

Mas que mala essa mulher...
Xacal, pega logo... senao vai ficar essa perseguicao aqui...

discípula disse...

Um perfil diz muito bem quem é quem. Leiam meu perfil no meu blog. Aquilo ali não são palavras apenas... aquilo é a mais pura verdade.
Somos o que falamos o que expomos e o que escrevemos e o que agimos.Não estou aqi escondida em meias palavras. Breve vcs saberão quem sou. E não será outra que não seja esta: uma jumentinha discípula, chata ( termo usado por adolescentes em colegio de segundo grau, como lutava com isso...).

Viu como tenho defeito? Mas um dia chegarei lá. A Bíblia diz que estamos sendo aperfeiçoados até à Volta de Cristo.
Ele está Voltando. Creiam as pessoas, ou não. Não importa o tempo, cada segundo é uma eternidade.

Quando vier o "chip obrigatório", todos os que se dizem livres vão colocar e ficar nas mãos dos "Grandes".

Vamos ver no que vai dar isso...
Parece "história de carochinha"....mas as evidências estão aí, basta ler entre as linhas.

Entre estar nas mão dos grandes, prefiro estar nas Mãos do Todo Poderoso que é JUSTO.

fim

Anônimo disse...

Sim! Ovelha aprendiz com Jesus. Gente! Falar nos Bode, oh! Hugos Chaves da vida... eles vão ser os primeiros a correr dos lobos, nem se fala das mãos de Jesus, eles são mercenários, até isso Jesus nos deixou de orientação, Ele é lindo, não? e que cuidado Ele tem conosco... AMO ELE... "JESUS"!!!!

Anônimo disse...

Vão dar o cú ao capeta!

Anônimo disse...

kkkkkkkkkk a jumenta tá se achando kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

17/1/2009 05:56:29
discipula - Paraty

Essa não, Garotinho! Vim aqui trazer este texto para você de presente.Fiz na "a Trolha", parafraseando Xacal. Mas não poderia imaginar que iria caber como uma luva em sua postagm recente. Cara!!!! È Elaaaaaaa e é Vocêeeeeeeeeee.... Nâo tem jeito!!!
Se quiser corrigir, melhorar, e usar,jogar fora.O que quiser. É seu.Pode ficar à vontade. É de graça pra você, pois quem me ajudou, já pagou tudo para mim.

Parece que não tem nada a ver, mas tem: Para mim, Garotinho é um político de resistência. Teve a coragem de colocar a cara na reta sobre Corrupção na Prefeitura; tem sua linha de informação fragmentada por opositores sem
discípula - Paraty

Iiiiiiiiiiiii Garotinho, não sabia que o texto ia dar tanta confusão!!! Por favor, se isso for te prejudicar, não posta não. Quanto a mim, não tem problema, só não quero te prejudicar de jeito nenhum. Quero ser bênção na sua vida. Vc decide aí. No problem e sem delírios....

Anônimo disse...

Então essa égua fica fazendo gracinha aqui para aparecer no blog do pivete da lapa? Tem gente que se presta a cada coisa...

Anônimo disse...

Se essa jumenta tem coragem de dar o cú ao capeta ou tem medo de arder tenho minhas dúvidas mas a XOTA a Garotinho isso com certeza ela está doida para fazer e de graça !!!!!

discípula disse...

Desculpa voltar, mas não poderia deixar de dar esta contribuição aqui.
perdoem-me:

UMA ENTREVISTA COM PAULO FREIRE.

(É este PT que eu cria. Se não for este... não é PT.)

VOCÊS ME ENTENDERÃO AGORA!!!


A militância partidária nunca atraiu o senhor?

O único partido que poderia ter me atraído era o Partido Socialista. Por várias razões ele não chegou a me tocar fortemente. Por outro lado, eu também não tinha, como continuo não tendo, características exigíveis para um certo tipo de militância que um partido como o PT exige. Eu não dou para ir para boca-de-urna, eu não dou para comício. O próprio Lula já descobriu. Ele insistiu, eu fui e foi um fracasso. Eu não sei falar para uma multidão, eu sei dar aula, eu sei discutir, mas não sei falar quando me põem diante de um palco, de um palanque para 10 mil pessoas. Fico falando como se estivesse na PUC. Naquela época, os partidos teriam feito exigências às quais eu não responderia.

E o PT?
Hoje, eu posso militar no PT e o partido não vem me pedir nenhuma dessas coisas porque sabe que eu não vou mesmo. Eu acho que sou útil a ele e que minha presença o ajuda. Quando me perguntaram porque o PT, eu respondi que tinha passado quarenta anos esperando por ele. Porque o Partido dos Trabalhadores na história política do país é o único que nasceu de baixo para cima; não é resultado de meia dúzia de intelectuais de bom gosto, de bom senso e de bom sonho, que traçaram um esquema de projeto socialista e começaram a tentar falar desse esquema aos operários. Pelo contrário, nasceu mesmo é da briga sindical, da luta pelos direitos da classe trabalhadora. A essa briga se juntaram alguns intelectuais, que não pretendiam ser donos da verdade revolucionária. Os que pretenderam ser donos da verdade revolucionária não foram bem recebidos pelo partido. O PT não estigmatiza os intelectuais mas rejeita os intelectuais metidos a proprietários da luta de transformação do mundo. Essa foi uma das razões fundamentais pelas quais me tornei militante nessa idade. Quando voltei da Europa, já estava filiado ao PT. Fui um dos fundadores. O Moacir Gadotti, por procuração, assinou minha filiação.

O senhor não era religioso?
Eu tive uma formação cristã-católica. E alguns comunistas estreitos me recusaram por causa dessa formação católica. E alguns católicos tão estreitos quanto esses comunistas me recusavam pela minha conivência com Marx. Eu nunca neguei a minha camaradagem com Cristo e nunca neguei a contribuição de Marx para melhorar a minha camaradagem com Cristo. Marx me ensinou a compreender melhor os Evangelhos. Quem me apresentou a Marx foi a dor do povo quando eu trabalhei no Sesi, quando eu fui menino do mundo, dos rios de Jaboatão, foi a miséria, a deterioração física, a morte. Sou um pedagogo também dessa revolta, da indignação. Fui a Marx e não descobri razão nenhuma para não continuar minha camaradagem com Cristo. Mas eu não sou um homem religioso. Sou muito mais um homem de fé do que um religioso. A minha fé se funda sobretudo na crença da existência de um Deus, que não é o "fazedor" da minha história, mas é uma presença na História dos homens e das mulheres, na minha crença de que Deus não mente, Cristo não mente. Eu estou no mundo acreditando numa transcendentalidade que eu não dicotomizo, não separo da mundanidade. No fundo, eu vivo dialeticamente a História e a Meta-História, sem jamais admitir a ruptura entre elas. É isso que eu acho que a pós-modernidade tem que aceitar. Um partido de esquerda que recusa um homem ou uma mulher, pelo fato deste não negar a sua crença numa transcendentalidade, é um partido que deve fechar. É tão pouco democrático que não tem o que fazer.

FIM DO fim.

Anônimo disse...

Quem defende Chavez, e a revolução bolivariana , ou seja o "socialismo do século XXI", deve procurar um texto de Marx, onde ele " acaba" com Simom Bolívar.
Chavez é um nacionalista burgues, que em nada melhorou a Venezuela.
Chama Bush de diabo que cheira a enxofre mas vende 80 % do petróleo venezuelano para os E.U.A. Parte da burguesia venezuelana o apoia tb.
Em nada Chavez é socialista. Lamentável os revisionistas da esquerda o idolatrem.
Saudações Marxistas

Anônimo disse...

E quem matou Celso Daniel??