sábado, 28 de fevereiro de 2009

Espaço dos leitores...




Veja aí a raridade que um dos nossos leitores trouxe para nosso blog, através do e-mail...O nome do personagem é "reizinho"...

Ele associa essa tirinha a um dos nossos personagens da política regional mais conhecidos...

Alguém se arrisca a dizer o nome do "i-no-mi-ná-vel"...

Clique nas imagens para poder ampliá-las...
Atualização às 09:00-Esse comentário de umdos nossos comentaristas/colaboradores é genial...Compartilho com vocês:
O reizinho era um GAROTINHO muito chato e mandão, ele queria mandar em todas as coisas do seu reino, fez leis absurdas como dormir de gorro na primeira quarta-feira do mês e outras tantas tolices.
O tempo todo ele mandava todo mundo calar a boca até seus conselheiros, o povo ficou com tanto medo dele que ninguém mais no reino sabia falar.
Quando todas as pessoas pararam de falar um dia ele ficou entediado, então resolveu ir ao reino vizinho procurar um sábio para fazer seu povo voltar a falar.
Este sábio explicou que, para o seu reino voltar a falar era preciso achar uma criança que soubesse falar, e esta criança quebraria a maldição. E então o reizinho mandão saiu em busca da criança e acabou por encontra-lá e ela falou: cala a boca já morreu!
Quem manda na minha boca sou eu!
Neste instante o reino voltou ao normal com todos falando e alegres, o reizinho dizem que foi embora na forma de sapo, esperando que uma princesa o encontre e o transforme em um príncipe.
Ainda resta a esperança da maldição ser quebrada, pode demorar uns 4 anos, vai saber... RS
Bom final de semana!
28 de Fevereiro de 2009 08:49

10 comentários:

Anônimo disse...

O reizinho era um GAROTINHO muito chato e mandão, ele queria mandar em todas as coisas do seu reino, fez leis absurdas como dormir de gorro na primeira quarta-feira do mês e outras tantas tolices. O tempo todo ele mandava todo mundo calar a boca até seus conselheiros, o povo ficou com tanto medo dele que ninguém mais no reino sabia falar. Quando todas as pessoas pararam de falar um dia ele ficou entediado, então resolveu ir ao reino vizinho procurar um sábio para fazer seu povo voltar a falar. Este sábio explicou que, para o seu reino voltar a falar era preciso achar uma criança que soubesse falar, e esta criança quebraria a maldição. E então o reizinho mandão saiu em busca da criança e acabou por encontra-lá e ela falou: cala a boca já morreu! Quem manda na minha boca sou eu! Neste instante o reino voltou ao normal com todos falando e alegres, o reizinho dizem que foi embora na forma de sapo, esperando que uma princesa o encontre e o transforme em um príncipe.

Ainda resta a esperança da maldição ser quebrada, pode demorar uns 4 anos, vai saber... RS

Bom final de semana!

Xacal disse...

ótimo, ótimo comentário...vai para a cabeça do post...

Anônimo disse...

Muito legal!!! rsrsrs
Precisamos de mais fábulas, nos faz rir, ter esperanças e, portanto, sonhar...
Parabéns, anônimo!

Mônica de Sousa disse...

Lembrei-me de um outro reizinho, talvez inspirado na tirinha, o do Jô Soares. Um tipinho minúsculo ( o Jô interpretava de joelhos) que perguntava: "Que que eu sê (sic), que que eu sê..."
E seus "Súditos-macacos-de-auditório" respondiam em coro:
"Sois rei, sois rei,sois rei?"
Lembram-se? Pois é,rs.

Xacal disse...

bem lembrado, Mônica...bem lembrado..

Anônimo disse...

Na verdade, copiei o texto da internet e fiz algumas pequenas adaptações!rs
Valeu Xacal!
Sua leitora diária

Xacal disse...

Grato pela idéia...uma boa cópia, às vezes, é melhor que uma idéia original ruim...

Parabéns pela honestidade intelectual em ressaltar a fonte...

um abraço...

Anônimo disse...

Esse SAPO era de BOLINHAS pelo corpo?
Essa PRINCESA vira a BRUXA MALVADA,e seu perfume fica insuportável???????
Essa Cidade,por acaso está no Estado do Rio de Janeiro?
É uma POTÊNCIA em Petróleo Nacional?
AH!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
ACHEI!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Adivinhem........................

WC de Melo Rêgo disse...

Uma pirueta, duas piruetas
Bravo! Bravo!

Anônimo disse...

"Vendi-me a um reizinho de uma ilha dos confins do mundo."


ass: WC,OC, FAMÍLIA ABUTRES