sábado, 21 de fevereiro de 2009

Futebol de resultados: o fim da arte...!

Começam hoje os matches das semi-finais entre Flamengo e Resende, de um lado, e Fluminense e Botafogo, de outro...

No programa globo esporte de hoje, as matérias de sempre...Alguma alusão a memória do campeonato, destaque para alguns personagens, retrospecto, etc, etc, etc...e por fim, a palavra de Vossa Majestade: o técnico ou como gostam os mentecaptos tutelados jogadores: o "professor"...

Na reportagem com o coach do Flamengo, a reprodução de uma aberração que assola os gramados brasileiros, onde a prática do bom futebol, o extinto futebol-arte é contraposta ao que o programa esportivo denominou de pragmatismo...

As palavras do Cuca: "daqui a alguns anos, só lembrarão do campeonato invicto, não importará se o time jogou bem ou mal..."

Pobre futebol esse nosso...Sofre há anos com a degeneração imposta pela mercantilização e a "revolução dos técnicos"...

Não é à toa que o "protagonismo" dos técnicos coincide com a derrota do futebol bem jogado...

Primeiro é bom que se diga: futebol-arte e resultados não são antagônicos, e mais: deveriam ser o principal objetivo de jogadores e seus "chefes"...Nossa era mais vitoriosa no futebol mundial ainda reside no período pré-1970...
Portanto, essa premissa de jogar bem ou jogar para ganhar é mentirosa e anti-futebolística...

Ela é fruto de um processo de transição, onde o jogador foi encaixotado em esquemas táticos, rigidez prussiana e preparação física de triatleta, em detrimento de sua criatividade e capacidade de modificar o resultado pelo seu brilhantismo...
O poder do jogador, que antes era o centro do espetáculo, foi transferido para o banco de reservas, onde os técnicos passaram a rivalizar as atenções dos espectadores e da mídia em geral...
Proporcionalmente, seus salários cresceram exponencialmente...

Daí, era necessário tolher a "autonomia" e "rebeldia" dos jogadores, e justificar aos clubes, torcedores e investidores, a sua presença e tanto poder concentrado nas mãos desses treinadores...

Houve, é verdade, a possibilidade de times medíocres ameaçarem bons times...Tudo bem se fosse pelo mérito e apuro técnico desses "pequenos", que com esforço melhorassem suas performances...Mas foi o contrário...o nivelamento se deu pela piora dos grandes e outrora bons times, que tornou esses "grandes" vítimas de sua própria armadilha...

Enfim, quando o técnico do time com a maior torcida do mundo declara em rede nacional que seu time não pode coinciliar um bom jogo com a vitória, eu pergunto: você ainda paga ingresso para assistir a uma "palhaçada" dessas...?

7 comentários:

Gervásio Neto disse...

Xacal,
acho que Cuca ficou traumatizado. Nos últimos anos, quando ele esteve a frente do meu Botafogo, era sempre elogiado pelo futebol bonito e envolvente, mas quando chegava na hora H, o título não vinha. Neste campeonato, é nítido que ele não quer saber mais desses elogios. Por isso o pragmatismo do time rubro-negro. O resultado? Mesmo fazendo a melhor campanha, uma saraivada de críticas. Tenho 37 anos e ainda tenho na mente a seleção de 82. Foi meu primeiro grande trauma, e até hoje o maior em se tratando do esporte bretão. Mas continuo um romântico.Adoro ver um time jogando bonito e pra frente, mesmo que não seja campeão. Até hoje todos falam mais daquele time de 82, e não da Itália, campeã daquela copa. Uma pena Cuca ter mudado seus conceitos, mas a pressão é forte.
saudações alvinegras

Xacal disse...

mas não tenha dúvidas que ele não é uma mera vítima...

ele cede a pressões porque espera o pote de ouro no fim do arco-íris

Gervásio Neto disse...

Pois é Xacal...

O futebol de resultados de Cuca não deu certo. Depois de jogos fraquíssimos, quando conseguiu gols em cima da hora e aquela ajudazinha básica da arbitragem, o time da gávea comandado pelo Cuca acaba de amargar uma derrota de 3 a 1 para o Resende.
Será que Cuca continua???
Forte abraço e bom carnaval!!
O meu começou agora....

Anônimo disse...

Deu no que deu...

Roberto Torres disse...

Nem de resultado...

Anônimo disse...

POR FAVOR.
SALVEM UMA VIDA.
DIVULGUEM ESTA NOTA.
CADÊ FÁBIO SIQUEIRA?????

Anônimo disse...

Gente!!!!!!!!!!!!!!!!
Vocês já tiveram a oportunidade de estarem reunidos com o presidente(minúsculo propositalmente) da FUNDAÇÂO MUNICIPAL DE ESPORTES?????????
Ele é o resto dos restos no trato com as pessoas,até dizer que agora"estão todos com o CÚ apertado,porque só vai ficar quem foi 15",ele disse em REUNIÃO.
Imaginem,essa criatura,conversando com os "futuros atletas(crianças dos projetos)"e viva a EDUCAÇÃO!!!!
CARRO CHEFE DESSE GOVERNO.