segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Futebol em bando...

Dirá o meu bom amigo, Professor Fábio Siqueira, que sou muito exigente...Pode ser...

Mas ontem à tarde, me arrisquei a assistir ao match Volta Redonda e Flamengo...Um exercício de autoflagelação e tortura diante de um péssimo espetáculo de football...

Dirá o Professor Fábio,team, um rubro-negro apaixonado, que ainda é cedo para cobrar alguma exibição convincente do team da Gávea...

Mas não é justamente a manutenção da base do  com a permanência de vários players da última season, que garantiria ao scratch flamenguista uma vantagem sobre os adversários...?

A impressão que tive, ao ver aquele evento esportivo de 15ª categoria, foi que o novo treinador tenta impor suas decisões táticas sobre o elenco, mas ao fazê-lo, descarta todo e qualquer traço do que vinha funcionando...

Assim temos um monte de gente atrás da bola, sem a mínima noção de conjunto, sem qualquer arranjo tático digno desse nome...

É possível que por ação inercial, as coisas acabem se ajustando...E que enfim, as "mudanças" surtam efeito...
A sorte é que os adversários do Flamengo apresentam um football de mesmo(péssimo)nível...
Sorte...? sorte de quem...?
Pelo jeito o azar é todo nosso, amantes do esporte bretão...!
 

3 comentários:

FÁBIO SIQUEIRA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
FÁBIO SIQUEIRA disse...

Tens toda razão Xacal!
A palavra "pelada" foi a mais repetida por meu Padrinho Fernando - que há anos me apresentou à "alegria de ser rubro-negro" e em cuja casa assiti o "match" de ontem - ao longo da partida.
Tive a mesma sensação que vc; que o Cuca tenta mudar muita coisa e não consegue fazer o "team" assimilar seus propósitos. Ao menos ele não trouxe o seu conhecido "pé-frio". Estamos ganhando os jogos, mesmo aos trancos e barrancos, nos últimos minutos dos jogos.
Espero mesmo que o time se ajuste, e que Zé Roberto possa trazer mais criatividade para a meia-cancha. Acho ainda que Obina deve ter um companheiro de ofício no ataque, e creio que o pibe Max já merece essa chance.
Ah, como consolo, pra manter minha veia otimista e não decepciona-lo, uma pragmática contatação: enfim Josiel marcou um tento com o manto sagrado!!!

Gervásio Neto disse...

Pelo menos nesta peleja não houve ajuda da arbitragem. Mas devo prevenir o amigo Fábio que o "pé frio" do Cuca ataca mais nas finais. Embora nas mesmas finais, o time da gávea tenha quase sempre uma colaboração dos homens de preto...ou amarelo...
Por essas e outras, continuo considerando o citado time como favorito.

grande abraço