sábado, 14 de fevereiro de 2009

Incidente diplomático...mais um...!

Os últimos meses têm se notabilizado pela ocorrência de várias "querelas" internacionais, onde diversos países andam se "bicando"...

Colômbia x Equador(caso da invasão territorial/FARC); Bolívia x Brasil(gás/Petrobrás); Brasil x Itália (caso Batistti); Brasil x Espanha(caso dos turistas deportados), etc, etc, etc...

Recentemente, um suposto ataque a uma avogada brasileira na Suíça, colocou a diplomacia de ambos países em campos opostos...

Outro episódio que mereceu o destaque da imprensa internacional foi a expulsão do eurodeputado espanhol, Luis Herrero do Partido Popular(conservador) de solo venezuelano...

O parlamentar havia sido convidado pela oposição venezuelana para funcionar como observador do processo eleitoral que acontece na Venezuela, e que pode alterar a Constituição, e permitir reeleições sem limites para os mandatários daquele país...

O incidente diplomático se deu após o eurodeputado ter proferido duras críticas ao presidente Hugo Chávez, a quem chamou de ditador, em virtude de mudanças no horário de funcionamento de seções eleitorais...

As declarações polêmicas de Herrero foram transmitidas pela rede de tv globovisón, um dos grupos que fazem se destacam por uma forte oposição a Chávez...

De certo, que nesse evento, o eurodeputado Luis Herrero não estava no país como observador internacional, referendado por órgão multilaterais, como a ONU...
Logo, o cuidado em açodar ainda mais o clima de divisão interna da Venezuela deveria ser redobrado...

Por outro lado, o governo venezuelano parece disposto a aceitar toda e qualquer provocação, e reage com rara impulsividade, que não raro, beira a truculência...

O deputado Luis Herrero já se encontra em São Paulo, e foi recebido pelo vice-cônsul espanhol no Brasil...


PS: aguardemos os imbecis de sempre comentarem sobre Cuba, carros velhos, Fidel e toda a sorte de lugares comuns que entubam das páginas da veja e dos canais do pig...já, já eles aparecem...

Nenhum comentário: