segunda-feira, 16 de março de 2009

Da série poetadas da TrOlHa: bilhetes...

Bilhetes...


Adeus mundo cruel.

Chega de sofrer.

A vida não tem mais sentido.

O que é que eu estou fazendo aqui?

É o fim da linha.

Desculpem por tudo.

Não dá mais para aguentar esse fardo.

Eu tentei.

Lembrem-se que amo vocês.

Descansarei.

Nenhum comentário: