quinta-feira, 19 de março de 2009

Improdutivos...

Dissemos ontem que o MST resolvera "invadir" a pmcg porque ali se encontrava o espaço "mais improdutivo" do pântano goitacá...

Não estávamos totalmente corretos, e fazemos aqui nossa mea culpa...

Existe um setor que trabalha muito naquele latifúndio de mentes fazias e patetas...A tropa de choque do marquetíngue da prefeita marionete...

Fazer propaganda do que é bom é fácil, e como diria Luís Fernanado Veríssimo em um artigo na extinta revista Bundas: "vender pão quente é fácil, agora, vender côco como pão quente é que é difícil"...

Pois é...Tecer loas a um governo competente, transparente e que respeita a sociedade civil organizada é fácil...O extenuante é ter que criar imagens e palavras para dourar um governo de merda como esse que temos...
Estão de parabéns os marqueteiros da prefeita marionete...Bem pelo menos continuam a enganar quem não pensa muito, mas já é um começo...

Façamos justiça mais uma vez...Eles contam com uma "parceria" poderosa que garante platéia para essas pirotecnias: enquanto a pateta da educação torpedear o Ensino Público teremos mais gente burra...E gente burra é gente manipulada... 

Ontem, na citada invasão, a equipe que trabalha em sinergia siamesa com sua filial, o jornal o(r)di(n)ário, tentou de todas as formas faturar em cima do movimento, e é claro, atribuindo todos os erros aos antecessores...
O problema é que falta aos sabujos do o(r)di(n)ário familiaridade com o seu principal "produto": o jornalismo...

É um acinte o pedaço de matéria(putrefata) que tentam justificar suas teses, com uma suposta fala de um integrante do movimento de nome Carlinho(será que a falta do S é uma forma de tornar o nome mais verídico, com um toque interiorano...?)...
Ora, ora, ora, imbecis de coleira, será que em meio a tantas lideranças do MST, que falam diretamente pela organização, e que estavam presentes, nenhuma quis dar uma entrevista a esse "respeitado" heddomadário...?
Não dava pelo menos para inventar mais alguns dados, como idade, há quanto tempo está no MST, etc, etc...Desses que não comprometeriam a prestidigitação, mas "enfeitariam o pavão"...? 

Leia aí o trecho desse risível texto, e se divirta...o grifo no nome do "personagem" é nosso

"Segundo informações de um dos integrantes do MST, que preferiu se identificar apenas como Carlinho, uma pauta com várias reivindicações foi criada para ser discutida junto às autoridades do governo. “Só recebemos promessas dos governos anteriores. Agora queremos uma solução da prefeita Rosinha. Existe assentamento criado há 12 anos que não recebeu melhoria até hoje, como o Zumbi dos Palmares, onde vivem 507 famílias”, desabafa."

7 comentários:

Gustavo Landim Soffiati disse...

Pois é: se há assentamento criado há 12 anos, Garotinho, que esteve na prefeitura de Campos entre 1997-1998, tem responsabilidade nisso também.

Anônimo disse...

O garotinho fez a política dele baseada nessa "teoria" da reforma agrária (falsa e improdutiva) só para conseguir votos...e conseguiu!!!

Sérgio Provisano disse...

Será que esse "Carlinho" não é o "Carlinho Cunha"?

Antonio Jorge disse...

O Diário é um jornal de merda, escrito por um bando de merdas, dirigido por outros tantos merdas, e cujo dono todos sabem que não passa de um merda, cuja mulher tá fazendo um governo de merda, graças a um bando de merdas por ela nomeado.

Resumindo: estamos vivendo um período de merda e ainda tem gente que acha motivo pra rir. Vão comer bosta nos próximos 4 anos e ainda acham graça.

Alguém poderia dar a descarga, por favor? Agradecido!

Vate Füder disse...

Boa, essa. O último que sair apaga a luz e dá descarga.

WC disse...

Fica tranquilo que até a gente sair não vai ter mais luz, lampada, fiação, vaso sanitário e nem água...mas a merda vai ficar aqui e espalhada por todo o lado.

Sérgio Provisano disse...

Pelo que vi nos comentários, há uma divisão clara entre pessimistas e otimistas em relação a como vai acabar esse governo:

De um lado os otimistas, que acham que o governo vai acabar em merda.

Do outro lado os pessimistas, que acham que a merda não vai dar para todo mundo...