quarta-feira, 4 de março de 2009

Reconciliação à vista...

Os olhares revelam que tudo ainda permanece uma tímida "paquera"...Mas para o "baile" da próxima cúpula americana, entre 17 e 19 de abril próximos em Trinidad e Tobago, espera-se que ao menos haja alguns passos para aproximar Cuba e EEUU...

E a Casa Branca sinaliza que o Brasil e o presidente Lula serão importantes parceiros para "preparar o terreno"...Há rumores que o encontro que Lula e Obama terão em Washington em 17 de março, o tema Cuba será incluído na pauta, a pedido do presidente estadunidense...

Por seu lado, Raul Castro, líder cubano ensaia movimentos de fortalecer sua posição de reaproximação com os EEUU dentro de seu próprio governo, pelo menos assim foi interpretada por ananlistas internacionais as últimas mudanças em seu ministério...

Façam suas apostas...

2 comentários:

Anônimo disse...

Eu acho que já foi um bom começo o presidente de Cuba dizer que Obama parece um bom homem, vamos torcer pra essa reconciliação.

Acho q foi digitado errado a palavra

RECONCILIAÇÃO.

Anônimo disse...

Uma parceria cujas as intrangigências podem ceder para um convívio da sabedoria e da inteligência.
Nessa conflitante cidade de poderio dos atuais coronéis que se revezam na hierarquia da queda de braço, a desvantagem sempre estará para o pobre coitado. A cidadezinha de merdalhões continuará a mesma por muitos séculos "ad eternum", com Rosita, Garozitos, Macabro, Popozão, Pundinho, e outros, a não ser que os despovoados se prevaleçam dos seus direitos libertos da escravacina permanente.