quarta-feira, 1 de abril de 2009

Cadê...?

O o(r)di(n)ário, órgão para-oficial do governo dos mil patetas anunciou hoje, em sua edição(ou maldição...?)eletrônica, que a prefeita-marionete estará na alerj, para ouvir o Presidente da Petrobrás fazer uma exposição sobre futuros investimentos da empresa no Estado do Rio de Janeiro...

Acompanha a dublê de prefeita, a "quatrocentona do pântano", ex-socialite, e  atual secretária de trabalho e renda...

Até aí tudo bem, será mais uma daquelas reuniões que não dão em nada mesmo, a não ser rechear a pauta e as cabeças vazias dos assessores de imprensa, e que poderiam ser realizadas em teleconferência, com custo muito menor para o erário...

Mas uma pergunta não cala: onde está a chefe da embaixada de Campos dos G. na capital fluminense, a titular do nosso escritório de representação, que nem me recordo mais o nome...?

2 comentários:

Gayrotinho disse...

Achei uma pérola que não deve passar em branco.
na primeira página de "ordinário" do dia 31/03/2009. rodapé esquerdo.

"Somos mais eficientes quando estamos repousados. Nossas possibilidades de trabalho aumentam."
Luciane Mina

Seria essa a palavra chave para consolar os corações dos milhares de campistas desempregados e inadimplentes. Sábias Palavras.
Com isso percebemos que os prefeitos de Campos e sua turma são seguidores do Nadismo ( culto do não fazer NADA ).
É isso aí campistas o toque de ordem é : Não fazendo NADA chegaremos lá.
Saudações a todos os amigos desse blog de suma importância para Campos.

Anônimo disse...

Xacal disse...
Caro comentarista das 11:07, 01/04,

Não me culpe por que você apenas considerar discussões importantes aquelas que estiverem revestidas de um "formalismo respeitoso" que você aprendeu e acha apropriado...
Me aponte aí quantos debates "sérios", nos temas de economia, política externa, geração de energia, cultura, etc,etc,etc, que vc já nos ilustrou com seus sãbios comentários...
mas não vale mentir, porque se apresenta como anônimo e não temos como conferir...

Agora, para contrariar sua tese vou lhe dar um exemplo de forma não garante um conteúdo importante:

Meu respeitado missivista, queira permitir-me solicitar que Vossa Senhoria encaminhe seu orifício anal ao encontro de um órgão genital fálico, e possa assim, com movimentos de contrações peristálticas satisfazer seus desejos íntimos...

Viu, eu te mandei tomar no cú, com na maior classe...!

1 de Abril de 2009 11:41

Comeu a isca mané?

Olha o xacal que vcs idolatram!!!

És um desccontrolado emocional que assim que for descoberto terá que arrumar um lugar bem longe daqui para morar.

1 de Abril de 2009 16:10