segunda-feira, 20 de abril de 2009

Fala, Luiz Felipe....

Nosso blogueiro, advogado, ambientalista e petroleiro, Luiz Felipe Muniz de Souza nos alerta sobre a oportunidade e urgência da discussão sobre a diversificação de nossa matriz energética, com a ampliação das unidades de geração de energia elétrica por fissão nuclear...

Creio que não é possível apenas enxergar o debate pela ótica dos ecoambientalistas, muito embora esses apresentem pontos relevantes para enriquecê-lo...

Leia aí um o texto enviado pelo Luiz Felipe:

Olá Xacal,
 
penso que devemos tentar uma maior visibilidade para o que encontrei em site do Governo sobre investimentos na região e construção de usinas nucleares por aqui, veja no blog: http://luizfelipemunizdesouza.zip.net/
 
 

Litoral entre RJ e ES pode ter novas usinas nucleares

Autor(es): MARTA SALOMON
Folha de S. Paulo - 12/04/2009
 

Região foi selecionada pelo grupo que define o Programa Nuclear Brasileiro 

Segue indefinido local do depósito para o combustível queimado nas usinas, ainda radioativo; cidade escolhida pode ter prêmio financeiro 


A região entre o litoral norte do Rio de Janeiro e do Espírito Santo foi pré-selecionada pelo governo para abrigar as duas novas usinasnucleares planejadas para entrar em operação nas próximas duas décadas na região Sudeste, disse o ministro Edison Lobão (Minas e Energia), integrante do grupo que define a nova fase do Programa Nuclear Brasileiro.
"Em primeiro lugar, é preciso água, água e muita água nas proximidades", afirmou o ministro a respeito dos critérios usados na seleção, pautada em estudos da Eletronuclear, estatal responsável pela construção de Angra 3 e pela operação das duas primeirasusinas nucleares brasileiras.
Lobão disse que está descartada a construção de uma usina em São Paulo por causa da grande concentração urbana (o Estado tem aproximadamente 40 milhões de habitantes distribuídos em 645 municípios).
O ministro citou como áreas preferenciais para a instalação de usinas os municípios de Macaé e Campos, no norte fluminense, que já se destacam hoje pela exploração de petróleo.
Outras duas usinasde um pacote de quatro a serem construídas até 2030, estão planejadas para o Nordeste. Mapeamentos desatélite orientam a escolha do local, prevista para ocorrer até 2010, entre o litoral da Bahia e de Pernambuco.

 

Nenhum comentário: