sábado, 25 de abril de 2009

Pânico no México e EEUU...

Desde os mais remotos tempos da Idade Média, as pandemias assustam e assolam a Humanidade...

A peste(bubônica), transmitida pela pulga que parasitava os ratos e humanos, varíola, tuberculose, e já no início do século passado, a gripe espanhola...

No fim do século XX o flagelo da SIDA(síndrome da imunodeficiência adquirida), em inglês AIDS, com a infecção pelo vírus HIV, que permanece a devastar a África...

Ontem, os noticiários televisivos deram destaque a mais uma nova versão de vírus que assusta, dessa vez, a América do Norte...

Uma mutação de um vírus que ataca o sistema imunológico dos suínos, foi transmitida aos mexicanos...
Essa cepa de vírus transfere-se de um hospedeiro humano para outro, e já matou uma dezena de pessoas pelo menos no México, e outras tantas com os mesmos sintomas(congestão pulmonar, diarréia e náuseas)...
As autoridades sanitárias mexicanas estão em alerta máximo e suspenderam boa parte das atividades que permitam grande ajuntamento de pessoas em ambientes fechados...
Toda a atividade letiva está suspensa...

O óbito de 48 outras pessoas com os mesmos sintomas está sendo apurada, e outras 948 pessoas com os mesmos sintomas estão sendo acompanhadas...

A OMS marcou para próxima semana uma reunião de emergência para avaliar o quadro, e por enquanto determinou um alerta grau 3(de 1 a 6)para as providências de prevenção...

De acordo com os especialistas ouvidos pelo jornal El País, a preocupação se torna intensa quando os vírus são transmitidos de um humano para outro...
Há muito tempo se conhece a cepa H1N1, que tem alta taxa de mortalidade entre suínos, mas que não provoca grandes danos a saúde dos humanos que o contraiam, em contato com esses animais...
O grande risco são as mutações que sofrem, e que permitem a essa replicação interhumana...

Desde já, os especialistas afirmam que não há qualquer risco em comer carne de porco...

Resta saber se nossas autoridades sanitárias já discutiram e adotaram as medidas iniciais de prevenção a entrada de indivíduos infectados no país, e planos de contingência caso isso ocorra...


Fonte: El País. 

3 comentários:

Raskolnikov disse...

Parece que é um vírus mutante e híbrido (de origem animal e vegetal). É claro que as condições sanitárias e ambientais da cidade do México não devem ser favoráveis às defesas imunológicas dos humanos. Uma outra dúvida plausível que surge é sobre a possibilidade do vírus ser produto de algum "experimento científico" ou arma biológica. Saravá misifio

Ana Paula Motta disse...

Nossas autoridades já tomam medidas nos principais aeroportos além de já terem constituído uma comissão
( ou outro termo mais adequado que me escapa)em relação a possível pandemia.

Sérgio Provisano disse...

Raskolnikov, teorias conspiratórias à parte, a possibilidade desse vírus ter sido criado em laborátório é bem exeqüivel.

É pouco provável que esse vírus tenha mutado tão rapidamente sem uma mãozinha humana, mas eles negarão tudo, o governo negará ter conhecimento mas, a verdade está lá fora.

Nossa esperança está nas mãos de Scully e Fox Mulder.